Últimas histórias

  • Sobre ,

    Idema cria Aplicativo Comunic@ e amplia acesso à informação

    Mais uma inovação na prestação dos serviços ofertados pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema que disponibiliza, desde a quarta-feira (29), o Aplicativo Idema Comunic@, o qual possibilita aos empreendedores do Rio Grande do Norte acompanhar em tempo real o andamento dos processos de licenciamento.

    O Idema, por meio do Setor de Tecnologia de Informação, desenvolveu a nova ferramenta com o intuito de ampliar e aperfeiçoar a comunicação oficial entre o público e o Instituto Ambiental. Os empreendedores e interessados podem baixar o App Idema Comunic@ na Play Store, loja de aplicativo do Android, de forma gratuita.

    A gestão do Idema, nos últimos três anos, vem desenvolvendo ferramentas tecnológicas para ampliar o contato com empreendedores e a população. “O aplicativo potencializará a prestação de serviço do órgão. A inovação está em consonância ao que a gestão do Idema está realizando para aprimorar o licenciamento ambiental e os demais serviços buscados pela sociedade. Por intermédio do App Idema Comunic@ é possível acompanhar o andamento dos processos de forma ágil e segura, inserir fotos, arquivos em anexos e baixar licenças ambientais,por exemplo”, explicou o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar.

    A ferramenta tem por base os princípios da transparência, economicidade e segurança jurídica. Segundo o gerente de projeto de TI, Joaquim Elias, com o Idema Comunic@, o empreendedor poderá ver o status do seu processo, movimentações e documentos. “O processo de criação passou pela fase de testes interno, neste primeiro semestre, e agora está disponível para usuários de aparelhos Android. Nosso objetivo é ampliar o número e tipo de serviços disponíveis no aplicativo. A partir desta versão inicial, vamos criar outros módulos, no segundo semestre, e liberar para a plataforma Apple Store”, afirmou Elias.

    O App é uma versão atualizada da plataforma Comunic@ já em uso pelo órgão desde junho de 2020. É por meio da Comunic@ que são enviadas mensagens e documentos para os interessados, contendo, dentre outras solicitações de providências, notificações, autos de infração, declaração de inexigibilidade, disponibilidade de licenças ambientais, autorizações e atendimento às condicionantes da licença.

    O coordenador da Central de Atendimento, Geyson Galvão, afirma que, além da ferramenta ser segura, ela otimiza o trâmite do processo. “Uma das principais dificuldades do licenciamento é a comunicação de solicitação de providências e encaminhamentos aos empreendedores. São medidas necessárias no decorrer das análises e a plataforma auxilia bastante. O empreendedor não precisa se preocupar por ser uma plataforma digital, pois trabalhamos com transparência e responsabilidade nas informações”, relatou o coordenador.

    No site do Instituto, idema.rn.gov.br, o usuário pode realizar o mesmo processo na aba “Central de Serviços Online”, clicando no menu “SISLIA”. O usuário cadastrado no SISLIA utiliza a mesma senha para o aplicativo, por meio do CPF ou CNPJ.

    Denúncia

    A população pode usar a nova ferramenta para realizar denúncias, já na primeira tela do App, de uma forma simples e intuitiva, o usuário pode fazer uma queixa sobre lixões, poluição sonora, desmatamento, construções irregulares, aterros, queimadas, invasões de áreas protegidas, empreendimento irregulares, entre outras irregularidades.

    Contudo, o Instituto oferece o serviço “Alô Idema”. O contato com a equipe de fiscalização pode ser feito através do (84) 98146-6243 e também do e-mail aloidema@gmail.com.

  • Sobre

    Operação conjunta do MPRN e Polícia Civil combate pornografia infantojuvenil em Natal

    O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Civil potiguar deflagraram nesta terça-feira (28) a operação Arcanjos II. O objetivo é combater o crime de armazenamento de conteúdo pornográfico infantojuvenil, previsto no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). Ao todo, três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em três bairros de Natal.

    Dois homens e uma mulher são suspeitos de cometerem os crimes. As investigações conjuntas do MPRN e da Polícia Civil apontam que o trio baixava imagens e vídeos da internet com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. No cumprimento dos mandados, dois homens foram presos em flagrante por armazenarem material pornográfico infantojuvenis em computadores.


    Na ação, foram apreendidos aparelhos telefônicos, computadores, pen drives e todos os eletrônicos capazes de armazenar fotos, arquivos de áudio e vídeo, além de mensagens escritas. O material apreendido será encaminhado ao laboratório forense computacional do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN, para ser analisado.

    O MPRN e a Polícia Civil ainda investigam o cometimento de outros delitos pelos mesmos alvos.

  • Sobre ,

    8ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN e 13º Fórum de Turismo do RN acontecem em julho

    Belezas naturais, passeios, gastronomia, artesanato, dança, música e muita troca de experiência. Isso e muito mais reunidos nos dois principais eventos de fomento ao turismo potiguar, organizados pela Argus Eventos, sob direção de Antônio Roberto Rocha e Gustavo Porpino: a 8ª Femptur – Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN e o 13º Fórum de Turismo do RN, que acontece de 21 a 23 de julho, no Centro de Convenções de Natal, com entrada e estacionamentos gratuitos. Já o lançamento oficial, que reúne patrocinadores, expositores e imprensa, está marcado para o dia 1º de julho, a partir das 8h, no Salão Bossa Nova, do Serhs Natal Grand Hotel.

    Com temas que incluem Experiências, Sustentabilidade, Tendências, Regionalização do Turismo, dentre outros, o Fórum (21 de julho) traz em sua programação palestrantes nacionais, entre eles: Mariana Aldrigui (Fecomércio-SP), Jacqueline Gil (Ampliamundo), Ana Clévia Guerreiro (Sebrae Nacional) e Ana Carla Moura (Ministério do Turismo). Um momento de debates e informações em prol do desenvolvimento turístico do Estado.

    8ª Femptur

    Uma grande vitrine do Rio Grande do Norte, a 8ª Femptur já está com maisde 100 estandes reservados. Passeios, viagens, artesanatos, cultura, fotografias, gastronomia, agricultura familiar e negócios, tudo reunindo e evidenciando o que há de melhor em cada segmento, em um espaço amplo, representado em exposições e comercialização. Além de ambientes integrados, reservados para artistas de Natal e demais municípios do Estado, com estandes específicos do artesanato de Timbaúba dos Batistas e de Macaíba. A Agricultura Familiar também terá um local próprio na feira, com produtos de várias regiões do RN, e cooperativas de produtores locais. A Lucena – uma das maiores distribuidoras do segmento no Nordeste – terá loja montada na Femptur.

    A gastronomia e a arte se somam durante a Feira, tendo, aglutinado a praça de alimentação, um palco para apresentações culturais. Municípios como Goianinha, Senador Avelino, Lajes, Touros, Sítio Novo, Ceará-Mirim, Pedro Velho, Carnaúba dos Dantas, Serra Caiada e Timbaúba dos Batistas, estarão com seus grupos folclóricos; e mais duas orquestras de amplo reconhecimento no cenário musical: Orquestra Sanfônica de São Miguel do Gostoso e a Filarmônica de Macau se apresentarão no evento.

    Capacitação

    Uma área de capacitação, abrangente para 50 pessoas, estruturado com telão e headphones, ficará disponível durante todo o evento, para municípios que queiram apresentar (por até 30 minutos) projetos e programas no segmento do turismo do RN. Rio do Fogo, Santa Cruz, Tibau do Sul, Parnamirim, entre outros destinos, terão gestores promovendo capacitações para agentes de viagens e guias de Turismo. Demais novidades, ficarão por conta do Senac e Sebrae.

    Trocas

    Paraíba e Pernambuco terão caravanas de agentes de viagens durante a Femptur. E, cada Estado, trará 40 profissionais que trabalham com vendas de destinos. Uma oportunidade para conhecer e expandir novos produtos turísticos do RN. Outro ponto de destaque, é a presença de jornalistas de João Pessoa – PB e Recife – PE, e de influenciadores digitais de Porto Alegre – RS, Curitiba – PR, Campinas- SP, Belo Horizonte – MG, Goiânia -GO e Cuiabá-MT, a convite da Emprotur, em parceria com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

    A 8ª Femptur – Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN e o 13º Fórum de Turismo do RN têm apoio da Emprotur, Prefeitura de Natal, Sebrae, Sistema Fecomércio-RN, Banco do Nordeste e Serhs Natal Grand Hotel.

    Foto: Canindé Soares

  • Sobre ,

    RN promove dia D da vacinação contra Covid-19, Influenza e Sarampo neste sábado (25)

    Neste sábado (25) a população potiguar terá a oportunidade de garantir a proteção contra a Covid-19, influenza e Sarampo durante o Arraiá da Imunização. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) articulou junto aos  municípios do Rio Grande do Norte a manutenção dos pontos de vacinação abertos, das 8h às 17h, em mais um dia D de vacinação. A partir deste dia, a vacina contra a influenza será aberta para toda a população, a partir dos 6 meses de idade. 

    Para isto, a Sesap está distribuindo 120 mil doses da vacina contra a influenza e 100 mil doses dos imunizantes contra a Covid-19, para que a população complete seu esquema vacinal. Atualmente o segundo reforço está disponível para idosos, profissionais de saúde, imunossuprimidos e população geral acima dos 40 anos de idade. A vacina da influenza estará disponível para a população geral.

    “A Sesap reforça a importancia da necessidade das doses de reforço. Por isso estaremos chamando a população através da ampliação dos horários no dia D e outras estratégias fundamentais como a vacinação nas escolas através do projeto Minha Escola Nota 10. Os óbitos que temos no estado são, em sua maioria, de pessoas que não reforçaram sua vacinação. Por isso é preciso que a população esteja protegida”, reflete a coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap, Kelly Lima.

    De acordo com o portal RN+Vacina, 93% da população do estado já tomou pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19. Já a primeira dose do reforço atingiu metade da população, enquanto o segundo reforço está em 8%. Para a influenza, 68% do público-alvo está imunizado.

  • Sobre

    Governo convoca e nomeia 72 policiais penais aprovados em concurso público

    O Governo do Estado do Rio Grande do Norte convoca e nomeia 72 policiais penais aprovados em concurso público. A publicação será feita em Diário Oficial nesta quarta-feira (22). São 63 homens e 9 mulheres. Desde o início da atual gestão já foram realizadas 219 convocações de policiais penais.

    Estão sendo convocados os aprovados no concurso público para o provimento de cargo efetivo da carreira de Policial Penal, Nível 1, da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, obedecendo a classificação de acordo com o número de vagas. As nomeações se dão pela conclusão do III Curso Específico de Formação Profissional.

  • Sobre ,

    Inverno começa no RN com madrugadas mais frias e influência do La Niña

    Nesta terça-feira(21), às 06h14min, começou o período de inverno no Hemisfério Sul, que seguirá até 22 de setembro de 2022 às 22h04. Nessa estação ocorre a diminuição natural da incidência de luz solar nesse lado do globo. No Rio Grande do Norte, localizado na faixa equatorial, a previsão é de ocorrência de chuvas dentro da normalidade, nas regiões Leste e Agreste e em menores volumes no interior.

    Para o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, “o inverno 2022 deverá ter a influência do Fenômeno La Niña e atuação de Sistemas Meteorológicos como Ondas de Leste (instabilidades de origem oceânica) e Restos de Frentes Frias durante os meses de junho e julho, diminuindo a incidência em agosto. É também durante esse período que o Sistema de Brisas (Terrestre e Marítima), atuam com mais eficiência durante as madrugadas e início das manhãs, pois é nesse período do dia que ocorre o maior contraste térmico entre as massas de ar que chegam do oceano e as massas de ar presente sobre o continente”.

    Com relação as temperaturas, devido ao aumento de dias nublados, a temperatura deverá diminuir principalmente nas regiões Serranas que poderão registrar entre 26ºC e 34ºC no período. “Nas demais regiões do RN a diminuição da temperatura não é significativa”, comentou o meteorologista.

    Para os meses de junho, julho, agosto e setembro os volumes mínimos de chuvas esperados no Rio Grande do Norte são de 97.6mm, 78.2mm, 32.2mm e 15.8mm, respectivamente.

    Previsão da semana

    A previsão é de chuvas no Rio Grande do Norte, especialmente na região Leste Potiguar para a semana em que se comemora o Dia de São João (24/06), aponta análise do Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). Chuvas estão previstas em todos os dias da semana, especialmente, nos períodos da noite, madrugada e início da manhã nos municípios que compõem a faixa litorânea e região metropolitana de Natal.

    Segundo a Emparn, o cenário favorável a ocorrência de chuvas decorre da atuação do sistema meteorológico de leste, que são aglomerados de chuvas e que associados as condições dos oceanos estão favoráveis para a formação das precipitações sob o estado.

    21/06/22 (Terça-feira): Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuvas na região Leste e Agreste.

    22/06/22 (Quarta-feira): Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuvas na região Leste e Alto Oeste.

    23/06/22 (Quinta-feira): Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões.

    24/06/22 (Sexta-feira): Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuvas na região Leste, Agreste, Vale do Açu, Alto Oeste e Mossoró.

    25/06/22 (Sábado): Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões.

  • Sobre , ,

    Governadora abre a I Feira Nordestina da Agricultura Familiar

    Muita alegria, saberes e sabores marcaram a abertura da “Grande Festa da Colheita” nesta quarta-feira (15) à noite, no Centro de Convenções de Natal, em Ponta Negra. Com a presença das governadoras do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e do Piauí, Regina Souza, e da vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino, a solenidade reuniu expositores, representantes dos movimentos sociais, de associações e cooperativas, e gestores públicos dos nove estados do Nordeste para celebrar a “festa que brota do chão”, como afirmou o músico e ator Igor Fortunato em sua intervenção cultural.

    “Muito feliz em celebrar um momento tão emblemático para o nosso Estado. Com muito orgulho, eu posso afirmar que o Rio Grande do Norte é referência em políticas públicas voltadas para a agricultura familiar. Nós temos clareza do potencial que ela tem no contexto da segurança alimentar, trazendo alimentação saudável e, ao mesmo tempo, o apoio ao homem do campo, ao agricultor e à agricultora, para que eles possam plantar e produzir cada vez mais”, afirmou a chefe do poder executivo no Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, ao abrir a primeira edição da Feira Nordestina de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Fenafes).

    Reunindo na capital potiguar mais de 1.200 agricultores do Nordeste e 200 toneladas de alimentos, que serão comercializados desta quarta até domingo (19), a I Fenafes tem o grande objetivo de ser espaço de socialização de políticas públicas. No total, cerca de 12 mil participantes são esperados no Centro de Convenções de Natal nos cinco dias de evento.

    A governadora do RN lembrou que a realização do evento integra o Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste – PAS/NE, principal bandeira dos estados que fazem o Consórcio Nordeste, e ressaltou seu objetivo de impulsionar potenciais econômicos em comum, bem como as boas práticas de gestão e planejamento. “E é exatamente isso que fazemos aqui nesta Feira”, avaliou Fátima Bezerra.

    Reafirmando a importância do segmento para a segurança alimentar, Fátima destacou o seu papel estratégico para tirar o país da crise alimentar que recolocou o Brasil no Mapa da Fome, um cenário social que já havia sido vencido em 2013, segundo a Organização das Nações Unidas. “Somente a agricultura familiar pode acabar com a fome que voltou a assombrar as famílias brasileiras”, ressaltou.

    O Estado criou e está sendo exemplo regional na execução do Programa Estadual de Compras Governamentais. Ele estabelece que, pelo menos, 30% das compras governamentais sejam feitas à agricultura familiar. Em três anos foram investidos cerca de R$ 25 milhões na compra direta a 1.200 agricultores e agricultoras autônomos ou associados e cooperados. Mais de 260 mil famílias em todo o estado já receberam cestas de alimentos contendo produtos da agricultura familiar através desta iniciativa criada a partir da Lei Estadual nº 10.536 /2019 apresentada pela deputada Isolda Dantas.

    Para a governadora do Estado do Piauí, Regina Souza, “o Consórcio Nordeste foi uma grande sacada. Os estados se juntarem para tratar das suas identidades, das suas diferenças, das suas dificuldades. Isso foi muito bom. E a Feira vem mostrar que o Nordeste não é apenas um cantinho do país, mas o Brasil pujante, valente”.

    Da mesma forma, a vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino, avalia que o evento mostra a força dos agricultores familiares “que têm feito chegar às nossas mesas as frutas e os sabores. Muito obrigada pela força e resiliência de vocês nunca terem desistido, principalmente no momento que o Brasil está vivenciando. Quero agradecer, também, à essa companheira que tem feito uma revolução tão linda e forte no Rio Grande do Norte, que é a nossa companheira Fátima Bezerra. O Brasil é uma grande potência”.

    Josana Lima, coordenadora nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Condraf), considerou que “a feira é a prova de que homens e mulheres do campo resistem ao retrocesso, produzem e demonstram que a agricultura contribui para o desenvolvimento dos estados e do país. A presidente da Unicafes – União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária, Fátima Torres, tem avaliação semelhante, e pontuou: “construímos junto com Governo do Estado esta feira que é grande oportunidade para fortalecer o setor”.

    Soluções para saúde

    A Feira terá lugar também para o debate e estímulo à produção de plantas medicinais e fitoterapia na perspectiva agroecológica em prol de territórios saudáveis e sustentáveis. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), vai realizar a quinta edição da Feira de Soluções para a Saúde.

    “O nosso trabalho tem como referência o programa de territórios saudáveis sustentáveis. Estamos trabalhando estratégias para a agenda 2030, que tem a inovação do campo social como um dos eixos fundamentais”, explica Nísia Trindade, presidenta da Fiocruz;

    Na programação, diversas oficinas e um painel que visam estimular o diálogo e debater soluções em saúde para melhorar as condições de vida das populações que vivem no campo, nas florestas e nas águas.

    Sobre a Feira

    A I FENAFES é uma co-realização entre Governo do Estado Rio Grande do Norte e a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária do RN – UNICAFES, voltada ao fomento e à valorização da agricultura familiar nordestina.

    A iniciativa partiu da Câmara Temática da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste, coordenada pela governadora Fátima Bezerra. O objetivo principal é fortalecer iniciativas de integração de políticas públicas em torno do Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste, principal bandeira do Consórcio.

    O evento está sendo executado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar – Sedraf, em parceria com Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater-RN, Fundação José Augusto, e conta com financiamento do projeto Governo Cidadão, via acordo de empréstimo com o Banco Mundial e apoio de outros entes parceiros.

    O Rio Grande do Norte investiu no evento R$ 640 mil, obtido por meio de empréstimo junto ao Banco Mundial, e conta com a participação de 150 cooperativas e associações, e 500 expositores.

    A expectativa é que durante os cinco dias de evento, que segue até domingo (19), seja possível “colher e desenvolver para o mercado aquilo que o Nordeste está produzindo no tripé: crédito, assistência técnica e comercialização”, explica De Assis Diniz, ex-presidente da Câmara Técnica da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste e coordenador do Fórum Regional dos Secretários da Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, que idealizou o tema para a I Fenafes.

    Atrações Culturais e Festival Gastronômico

    Mais do que espaço de comércio e empreendimento, a feira tem ainda o caráter de reafirmação da identidade cultural nordestina. E isso por meio de saberes e sabores que caracterizam o seu povo nordestino, que constam da programação, como o “Sabores da Terra” e o Festival Gastronômico.

    Renata Aguiar, representando o Goodala Burger, uma empresa local, localizada em Ponta Negra comemorou a presença no evento. “Tudo vegano, com uma ideologia muito massa, inserido num cenário cultural daqui de Natal, e está participando da Feira é muito importante pra gente”.

    Apesar da cultura do comer hambúrguer não ser brasileira, um levantamento da plataforma de entregas iFood apontou o hambúrguer como a comida mais pedida pelos brasileiros em 2021. E se a Feira traz o conceito de alimentação saudável, o estabelecimento é o único do tipo em Natal que trabalha com ingredientes totalmente livres de origem animal. A proposta é oferecer uma boa comida e experiência. No evento, a Hamburgueria Artesanal Vegana está oferecendo Hot-Dog vegano e outras delícias veganas.

    Há ainda shows de artistas de destaque regional e nacional que tem atraído a população potiguar e turistas.

    Ademilde, de Taubaté, São Paulo, está conhecendo a capital potiguar e foi ao primeiro dia de evento. “Estamos curtindo aqui o Rio Grande do Norte e soubemos da Feira, nos interessamos pelas atrações culturais e viemos mais cedo para conhecer também o que está sendo exposto e comercializado aqui”, disse.

  • Sobre ,

    Flor de Cactos: projeto realiza oficinas musicais em ONGs de Natal

    O projeto Flor de Cactos realiza, a partir deste mês de junho, oficinas musicais em ONGs da capital potiguar.  As oficinas têm como objetivo estimular que outras crianças conheçam os processos de composição musical vivenciados pelas crianças do GACC RN, que culminaram na criação do álbum Flor de Cactos, com 10 faixas de músicas compostas pelas crianças atendidas pelo GACC RN.

    As oficinas serão um encontro entre crianças atendidas por ONGs que desenvolvem trabalho de educação musical e as crianças compositoras do álbum Flor de Cactos. Os facilitadores de cada oficina irão compartilhar suas experiências em canto, ritmo e poesia e as crianças do GACC RN irão apresentar suas composições. O encontro promete ser uma vivência especial na vida dos participantes.

    O projeto Flor de Cactos é uma parceria entre o GACC-RN e a Mapa Realizações Culturais, inspirado no trabalho de musicalização desenvolvido pela artista Rafaela Brito no GACC- RN. Conta com o patrocínio da Neoenergia Cosern e Governo do Estado do Rio Grande do Norte, numa iniciativa do Instituto Neoenergia através do Edital Transformando Energia em Cultura e do Programa Câmara Cascudo.

    Programação das oficinas

    – 15/06 (quarta) às 9h – Ilha de Música – Coordenação: Inês La Torraca
    Oficina de canto com Sabrina Fernandes

    – 18/06 (sábado) às 9h – Movimento Cultural Nossos Valores – Coordenação Miguel Carcará
    Oficina de percussão e ritmo com Rafaela Brito

    – 30/06 (quinta) às 9h – ONG Atitude Cooperação – Coordenação Socorro Nogueira

    Oficina de percussão e ritmo com Rafaela Brito

    – 22/07 (sexta) às 15h – Escola de Música de Mãe Luiza – Coordenação Padre Robério Camilo e Ion Garcia
    Oficina de poesia com Miguel Carcará

  • Sobre

    Gasto médio para Dia dos Namorados aumenta no RN

    Além dos festejos juninos, o comércio no mês de junho é movimentado pelo Dia dos Namorados. Para entender como o comércio potiguar irá se comportar no dia 12 de junho, o Instituto Fecomércio RN realizou uma pesquisa de intenção de consumo e gastos para a data, que registraram números superiores aos do ano passado.  

    Entre os consumidores natalenses, 48,7% irão às compras para comemorar a data. O índice é superior ao registrado nos últimos dois anos – 2020 (33,4%) e 2021 (45,7%). 51,3% não tem intenção de realizar compras nesta data comemorativa. 

    Os consumidores de Natal pretendem gastar, em média, R$ 128,06, aumento nominal de 4,6% em relação ao ano passado. Em 2021, o valor médio foi de R$ 122,45 e, em 2020, foi de R$ 109,16. 

    Os homens são a maioria dos que vão fazer compras para comemorar o Dia dos Namorados, presenteando esposas (64,3%), namoradas (30,6%) e noivas (2,7%). Os produtos mais procurados pelos consumidores serão peças de vestuário, com 50,9% da preferência, seguido por perfumes e cosméticos com 25%; joias, relógios ou acessórios com 14,3%; calçados com 9,8%; alimentos, cestas e chocolates com 9,4%. Mais de 80% (84,2%) devem adquirir apenas um item para presentear a pessoa amada, aumento de 4,3 pontos percentuais na comparação com o ano passado, quando 79,9% diziam que iriam comprar somente um produto.  

    O que irá determinar a escolha dos presentes, de acordo com os entrevistados, são as ofertas e promoções (42,8%), marca dos produtos (38,4%) e formas de pagamento (8,6%). Além disso, dois em cada três consumidores (64,5%) irão pesquisar os preços dos produtos e a compra deve acontecer esta semana para cerca de 80% dos compradores.  

    Além da compra do presente, 42,6% pretendem fazer uma comemoração especial, seja um almoço ou jantar em casa (23,3%) ou fazer uma das refeições em restaurantes (15,3%).  

    Mossoró 

    Quase 45% (44,4%) dos mossoroenses irão presentear os amados no dia 12 de junho. O dado teve uma queda de 1,4 ponto percentual em comparação a 2021 (45,8%). Mesmo com a redução, o ticket médio em Mossoró é maior do que em Natal. Na capital do Oeste, o valor gasto para a data é de R$ 131,05, um aumento de 7,9% em relação ao de 2021 que foi de R$ 121,51. 

    A intenção é de comprar um único presente (84,4%), e os produtos mais procurados são: roupas (25%); perfumes e cosméticos (19,2%); calçados e bolsas (16,1%); joias, relógios e acessórios (12,9%). O que irá garantir a compra são as ofertas e promoções (43,7%) e a marca do produto (28,4%).  

    Como bom brasileiro, cerca de sete em cada dez (69,2%) dos compradores pretendem buscar o presente na semana que antecede a data comemorativa e 71,9% dos mossoroenses irão pesquisar os preços antes de efetuar a compra.  

    Em Mossoró, 75,4% dos entrevistados relataram que não pretendem fazer comemoração especial no Dia dos Namorados deste ano. 

    As duas pesquisas do Instituto Fecomércio têm índice de confiança de 95% e um erro amostral de aproximadamente 4%. 

  • Sobre

    Barragem de Pau dos Ferros chega a 78,17% e atinge seu maior volume desde 2011

    O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais indica que a barragem de Pau dos Ferros continua recebendo águas e já acumula, nesta segunda-feira (06), 42.872.381 m³, correspondentes a 78,17% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. A última vez que o manancial atingiu este volume foi em 25 de junho de 2011. No mesmo período de 2021, o reservatório estava com 30.531.260 m³, equivalentes a 55,67% da sua capacidade total. 

    As reservas hídricas superficiais totais do RN somam, nesta segunda-feira (06), 2.310.012.068 m³, percentualmente, 52,78% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No dia 06 de junho de 2021, as reservas hídricas estavam com 2.218.651.707 m³, correspondentes a 50,69% da sua capacidade total. 

    No último final de semana o açude Morcego, localizado em Campo Grande, atingiu 100% da sua capacidade, que é de 6.708.331 m³. No mesmo período de 2021, o reservatório estava com 3.894.306 m³, percentualmente, 58,05% da sua capacidade total. 

    A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.482.518.359 m³, equivalentes a 62,47% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No mesmo período do ano passado, o manancial estava com 1.414.795.969 m³, correspondentes a 59,62% da sua capacidade total. 

    A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior manancial do RN, acumula 263.251.630 m³, percentualmente, 43,9% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. A última vez que a barragem atingiu esse nível foi no dia 21 de outubro de 2014. No dia 06 de junho de 2021, o reservatório estava com 256.505.870 m³, correspondentes a 42,77% da sua capacidade total.

    O açude público de Cruzeta acumula 8.044.530 m³, equivalentes a 34,17% da sua capacidade total, que é de 23.545.745 m³. A última vez que o reservatório atingiu este volume foi em 01 de agosto de 2012. No mesmo período do ano passado, o manancial estava com 2.392.785 m³, correspondentes a 10,16% da sua capacidade total.  

    O açude Dourado, localizado em Currais Novos, acumula 1.607.442 m³, equivalentes a 15,57% da sua capacidade total, que é de 10.321.600 m³. No relatório divulgado no último dia 31 de maio, o reservatório estava com 631.028 m³, correspondentes a 6,11% da sua capacidade total. Já em comparativo com o ano de 2021, no mesmo período, ele estava com 3.672.144 m³, percentualmente, 35,58% da sua capacidade. 

    Atualmente, os reservatórios monitorados pelo Igarn, que permanecem com 100% da sua capacidade, são: Santana, localizado em Rafael Fernandes; Flechas, localizado em José da Penha; o açude público de Marcelino Vieira; Apanha Peixe, localizado em Caraúbas; Morcego, localizado em Campo Grande; o açude público de Encanto; Beldroega, localizado em Paraú; e Pataxó, localizado em Ipanguaçu. 

    Permanecem com mais de 90%, os seguintes mananciais: Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes, com 99,72%; Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz, com 99,86%; e Malhada Vermelha, localizado em Severiano Melo, com 97,37% da sua capacidade total. 

    Para saber sobre os volumes de outras barragens do RN acesse: http://sistemas.searh.rn.gov.br/monitoramentovolumetrico.

    Situação das lagoas

    A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, acumula 10.873.912 m³, equivalentes a 98,68% da sua capacidade total, que é de 11.019.525 m³. No último relatório divulgado, a lagoa estava com 10.546.283 m³, equivalentes a 95,71% da sua capacidade total.

    Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 39.426.664 m³, percentualmente, 46,79% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³. No dia 31 de maio, a lagoa estava com 39.078.343 m³, equivalentes a 46,37% da sua capacidade total. 

    A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, permanece cheia com 11.074.800 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade. 

  • Sobre ,

    Peças de arte sacra mostram “A fé que une o nosso povo” em Assú

    Até o dia 24 de junho os assuenses e turistas poderão conferir a exposição artística “A fé que une o nosso povo”, de autoria da artista Iveli Gondin, no Cine Teatro Dr. Pedro Amorim.

    A mostra reúne obras e diversas peças em esculturas sobre a vida do padroeiro do Assú, São João Batista. A ideia é proporcionar através da arte sacra uma conexão e diálogo sutil e evocativo dentro da temática sugerida, associando ao período em que a cidade celebra os festejos do seu padroeiro.

    A exposição é uma inciativa da Prefeitura Municipal de Assú promovida pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

  • Sobre ,

    Projeto Conexão Elefante Cultural chega a 7ª edição

    Em 2022, o projeto Conexão Elefante Cultural chega a sua 7ª edição, desta vez apostando ainda mais forte na formação dos artistas do interior do Estado. Sob o comando de Diana Fontes, uma equipe de profissionais irá fomentar o cenário artístico de 8 municípios.
     
    Estão previstas formações e mentorias, de forma online e presencial, para artistas e educadores das cidades selecionadas, nas áreas de arte-comunidade, cena, música, reuso de material e audiovisual.

    A ação pretende realizar ainda oficinas artísticas para crianças e adolescentes da rede pública e projetos sociais, palestras sobre empreendedorismo cultural e elaboração de projetos, intervenções urbanas através da criação de mural artístico e instalação cênica em praça pública.

    O projeto já está em execução e deve iniciar o trabalho de formação com os municípios a partir de junho. Entre os profissionais que devem levar conhecimento para essas cidades estão Diana Fontes (cena), Danilo Guanais (música), Jhoão Junnior (arte-comunidade), André Rosa (audiovisual) e  Leonardo Prata (customização plástica).

    O Conexão Elefante Cultural tem patrocínio master da NEOENERGIA COSERN, Instituto Neoenergia e patrocínio da Interjato Soluções através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado. A  realização é de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.