Últimas histórias

  • Sobre ,

    Trio Calidris apresenta recital na EMUFRN no dia 02 de julho

    O trio de música Calidris, composto por três professores da UFRN, apresenta recital na Escola de Música (EMUFRN). Formado por Lourenço de Nardin Budó, no violino, Frederico Nable, no violoncelo, e Joana Holanda, no piano, o grupo apresenta obras do repertório de Música de Câmara e um prelúdio das Cinco Miniaturas Brasileiras de Edmundo Villani-Cortês. O evento acontece no dia 2 de julho, às 14h30, com entrada gratuita.

    O grupo, que tem o nome do gênero de aves migratórias e que viajam pelo litoral do Brasil, é formado por uma brasiliense, Joana, um mineiro, Frederico, e um gaúcho, Lourenço. O nome foi escolhido para representar a multi-regionalidade do grupo, como revelado pelo violinista. Lourenço dedica-se à atuação na Música de Câmara, além de ensino e pesquisa sobre técnicas contemporâneas no violino. Frederico é professor de violoncelo, sendo coordenador da Orquestra Infanto-juvenil da UFRN, e Joana atua como pianista e camerista.

    O evento se inicia com a apresentação da composição de Edmundo Villani-Côrtes, Cinco Miniaturas Brasileiras, prelúdio que será a abertura do recital e que se trata de uma adaptação para trio. Após a introdução, a primeira obra a ser apresentada é o Trio Op. 70, em Ré maior, de Beethoven. Lourenço conta que a composição é conhecida como Fantasma, pois há o contraste do movimento intermediário com os outros que fazem parte da obra. “Nós entendemos que o motivo dessa alcunha é justamente aquele segundo movimento que é muito lento, muito estático e tem um contraste gigantesco com os outros dois movimentos”, afirma.

    A segunda obra apresentada é Las Cuatro Estaciones Porteñas, de Astor Piazzola. A composição foi originalmente feita para formação de quinteto com bandoneón, instrumento que produz som a partir de palhetas. O trio fará a apresentação com o arranjo para violino, violoncelo e piano do programa de José Bragato, violoncelista italiano que tocou com Piazzola. 

    “Nesse arranjo, nós adicionamos alguns elementos, porque são vários efeitos, várias coisas que se fazem na música do tango argentino em geral”, o violinista explica. Ele adiciona que as composições de Piazzola tinham características de improvisação, com efeitos que não estavam prescritos ou anotados, enfatizando a diferença com obras de Beethoven.

    As composições apresentadas têm características distintas, Budó descreve Piazzola como alguém que revolucionou as harmonias do tango, havendo uma grande inspiração. “Diferentemente de Beethoven, que tem uma música muito fluida, orgânica, muito escrita e prescrita, as partes e as justificações, principalmente de dinâmica pros três instrumentos, interagem muito, mas de forma equilibrada”, argumenta.

    Programação:

    Edmundo Vilani – Cortês (n.1930)

    – Cinco Miniaturas Brasileiras – Prelúdio

    L.v. Beethoven (1770-1827)

    Trio Op. 70 – Allegro vivace e con brio

    – Largo assai ed Expressivo

    – Presto

    Astor Piazzola (1921-1992) – Cuatro Estaciones Porteñas

    – Primavera

    – Verão

    – Outono

    – Inverno

  • Sobre ,

    Câmara de Natal aprova criação de Biblioteca Digital Municipal

    Na sessão ordinária dessa terça-feira (21), os vereadores de Natal aprovaram projeto de lei de autoria de Érico Jácome (MDB), que cria a Biblioteca Digital Municipal, para disponibilizar livros e outras publicações de domínio público, para leitura online através de dispositivos como celulares, tablets e notebooks.

    O PL prevê que a criação da biblioteca digital seja criada usando mão de obra já existente nos quadros da Secretaria Municipal de Educação (SME) e  que seja vinculada à Biblioteca Pública Municipal Professor Esmeraldo Siqueira, pela qual também poderá divulgar os títulos do acervo físico, bem como disponibilizar consulta sobre as obras disponíveis para empréstimos.

    Para o autor do projeto de lei, além de promover o estímulo à leitura, a Biblioteca Digital pode amenizar a eventual ausência de biblioteca física em escolas públicas municipais, nas quais a Prefeitura deverá manter meios para acesso dela. “As bibliotecas digitais surgem para a democratização do acesso à leitura e à informação. Elas derrubam barreiras geográficas e físicas, uma vez que  o conteúdo delas pode ser acessado a qualquer tempo e em qualquer local, não só por estudantes da rede de ensino municipal, mas por todo e qualquer cidadão natalense”, justificou o propositor.

    Na mesma sessão, os vereadores também aprovaram Projeto de Lei do vereador Milklei Leite (PV), que regulamenta  o reconhecimento do animal comunitário, como aquele que apesar de não ter proprietário definido e único, terá por ele mantenedores que se declarem responsáveis pela alimentação, abrigo e cuidados, mediante assinatura de termo de responsabilidade também por identificação, castração, e provimento de assistência médica veterinária para o animal. “Além de garantir o suprimento das necessidades básicas e bem-estar deles, esse projeto é de suma importância para a redução e controle da população dos animais de rua”, lembrou o autor do PL.

    Em segunda discussão também passou o Projeto de Lei do vereador Aroldo Alves (PSDB), que torna obrigatória a formação ou contratação de podólogos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da instituição do Programa de Acesso ao  Tratamento de Podologia. “Com esse PL pretendemos garantir o atendimento multiprofissional aos natalenses. O podólogo estuda profundamente a anatomia, a fisiologia e a biomecânica do pé e do tornozelo, assim como as enfermidades que os atingem, sendo essencial para o cuidado de diabéticos e portadores de doenças vasculares, reumáticas e neurológicas”, justificou Alves.

    Ilustração: Freepik

  • Sobre ,

    Escola de Música da UFRN promove Arraiá da Jerimum nesta terça (21)

    A Escola de Música da UFRN (EMUFRN) realiza nesta terça-feira, 21, o Arraiá da Jerimum. O evento, programado para começar às 19h30, no Auditório Onofre Lopes da EMUFRN, conta com a participação das bandas Big Band Jovem e Big Band Jerimum Jazz, além da presença do músico potiguar Jarbas do Acordeon.

    Uma das atrações da noite, a Big Band Jerimum Jazz foi criada em 1988 e é um grupo permanente da UFRN, que, em sua trajetória, se apresentou para as mais diversificadas plateias da capital potiguar e de outras cidades da região. O projeto musical, idealizado pelos professores Ranilson Farias e Germanna Cunha, oferece prática instrumental aos estudantes envolvidos, que abrange desde a música internacional até a música brasileira.

    O grupo, que é composto por 28 músicos, tem como objetivo realizar concertos de cunho artístico e didático, nos quais apresenta ao público importantes personagens da história da música popular. A Big Band Jerimum Jazz contribui ainda com a formação de novas platéias, com a divulgação de compositores e arranjadores da região e também com a formação e consolidação da música brasileira. Já a Band Jovem da EMUFRN, criada em 2005, é um projeto que funciona como laboratório musical voltado para os alunos dos cursos de instrumento da Escola de Música.

    O repertório do Arraiá da Jerimum, segundo o professor Ranilson Farias, será composto apenas por músicas juninas de compositores consagrados como Elino Julião, Luiz Gonzaga e Zé Dantas. “A nossa ideia é tocar não só as músicas das Big Bands, mas em especial, a música brasileira, e principalmente a música nordestina, juntando o nosso Jerimum com o jazz”, explica o músico. A entrada para o evento é gratuita e pode ser adquirida, até o dia do evento, 21 de junho, por meio do link.

  • Sobre ,

    Ingressos para Festival MPB 84 começam a ser vendidos

    Os ingressos para o Festival MPB 84 começaram a ser vendidos. O evento será realizado nos dias 19 e 20 de agosto, na Arena das Dunas, em Natal. Em um único fim de semana, 12 bandas potiguares – selecionadas a partir de edital – participarão de um concurso cultural e o grande vencedor terá a oportunidade de se apresentar em um super show que terá entre as atrações grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho; Fagner; Waldonys e Geraldo Azevedo com Chico Cesar, no projeto Violivoz. Os ingressos podem ser adquiridos através do site oficial da Outgo.

    O projeto, com patrocínio via incentivo fiscal da Lei Djalma Maranhão pela Prefeitura do Natal, da Arena das Dunas e Holliday Inn Natal; e via incentivo fiscal da Lei Câmara Cascudo pelo Governo do RN, da Sadio Temperos e Tanlux, tem o objetivo de incentivar a cultura e o surgimento de novos talentos no cenário musical brasileiro, além de fomentar as atividades culturais no Estado do Rio Grande do Norte. Um festival inédito no Estado e que vai fazer os potiguares cantarem e se encantarem, afinal de contas a MPB é a música preferida dos brasileiros.

    O evento terá ingressos a preços populares, a partir de R$ 40,00, seguindo o formato de festival com a democratização do acesso. Além de pista, o espaço comportará lounge e mesas, para o público que optar por mais conforto e comodidade. No dia 19 será realizado um concurso de música e no dia 20 todos os shows em uma só noite. “Nunca se reuniu tantos artistas renomados em um só festival no Rio Grande do Norte”, comemora Jarbas Filho, diretor da Viva. Em breve será lançado e divulgado o edital para o Festival de Música que compõe o MPB84.

    O projeto é uma realização FF Entretenimento e tem produção cultural da Viva Entretenimento. Mais informações: @festivalmpb84 e whatsapp da Viva: 84 9601-9329.

    Serviço:

    Festival MPB 84

    Dias: 19 e 20 de agosto

    Local: Arena das Dunas

    Atrações: Elba Ramalho, Fagner, Waldonys, e Geraldo Azevedo com Chico Cesar, no projeto Violivoz.

    Vendas: Site Outgo

    Informações: 84 9601-9329 (whatsapp)

  • Sobre ,

    Nova turnê de Chico Buarque terá shows em Natal nos dias 9 e 10 de setembro

    O cantor, compositor, poeta e autor brasileiro Chico Buarque anunciou um novo single e o retorno aos palcos ainda em 2022. O artista disponibiliza, na próxima sexta (17), nas plataformas digitais, a canção Que tal um samba?. A música dá nome à nova turnê de Chico pelo Brasil, que chega a Natal nos dias 09 e 10 de setembro, no Teatro Riachuelo. Os ingressos começam a ser vendidos dia 22 de junho (quarta-feira), às 10h, na bilheteria do teatro (de terça a sábado, das 14h às 20h) e no site uhuu.com.

    Chico Buarque propõe um samba para tempos melhores com o novo single. Com uma levada mais alegre, o cantor fala sobre a busca de dias melhores e um ambiente mais solar. A faixa conta com o bandolinista Hamilton de Hollanda como participação especial. A levada dos novos tempos inspira a turnê, que começa em João Pessoa nos dias 6 e 7 de setembro e termina apenas em abril de 2023. A série de apresentações tem passagem por 11 cidades confirmadas. Além de Natal, João Pessoa, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Porto Alegre, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro fazem parte do itinerário.

    A turnê ainda conta com a participação da cantora Mônica Salmaso, artista que já gravou dois discos em homenagem a Buarque. Ela terá números solo e duetos com o artista durante todos os shows. Agora os dois invertem os papéis: na pandemia, Chico foi convidado de Mônica Salmaso em uma de suas lives no Instagram – ela já gravou dois discos dedicados à obra do compositor. A equipe de criação do show traz Daniela Thomas no cenário, Maneco Quinderé na iluminação, Cao Albuquerque nos figurinos e maestro Luiz Cláudio Ramos na direção musical e arranjos.

    O show em Natal é uma realização da Viva Entretenimento e Multi Entretenimento. Mais informações: @vivapromocoes e whatsapp da Viva: 84 9601-9329.

    Serviço:

    Turnê “Que tal um samba?” em Natal

    Atrações: Chico Buarque e participação de Mônica Salmaso

    Local: Teatro Riachuelo

    Dias: 09 e 10 de setembro (sexta e sábado)

    Horário: 21h (abertura dos portões – 19h30)

    Abertura das vendas: 22 de junho (quarta-feira), às 10h

    Preços:

    Plateia A: R$ 700,00 (inteira) / R$ 350,00 (meia)

    Plateia B: – R$ 560,00 (inteira) / R$ 280,00 (meia)

    Camarote: R$ 500,00 (preço único)

    Balcão: R$ 400,00 (inteira) / R$ 200,00 (meia)

    Frisa 1 e 2: R$ 360,00 (inteira) / R$ 180,00 (meia)

    Frisa 3 e 4: R$ 320,00 (inteira) / R$ 160,00 (meia)

    Frisa 5 e 6: R$ 280,00 (inteira) / R$ 140,00 (meia) Ingressos: bilheteria do teatro (de terça a sábado, das 14h às 20h) e no site uhuu.com

  • Sobre ,

    São João de Natal tem programação variada

    A programação dos Festejos Juninos da Prefeitura do Natal está variada, para todos os gostos e estilos, valorizando a tradição de São João e os artistas potiguares, arraiás, quadrilhas, concursos, feirinha de artesanato, apresentação circense e muito mais. 

    Os Festejos Juninos promovidos pela Prefeitura do Natal seguem neste fim de semana com a realização da 5ª edição da Feirinha da Árvore, em Mirassol. A programação começa nesta sexta-feira (17), com espetáculo circense de Cebolinha e Yuri (19h) e show de legítimo forró com Selminha, às 21h. 

    No sábado, dia 18 de junho, tem o palhaço Maçaroca (17h), João da Banda, Ryan o Mágico (18h) e shows de Nailson (19h) e Panka de Bakana às 21h. No domingo, 19, a festa começa com os palhaços Cebolinha e Yuri (17h), João da Banda e shows de Kanelinha (19h) e Trancilin (21h).  

    Na segunda-feira (20), a Feirinha da Árvore segue com shows de Papel Gomes (19h) e Nara Costa (21h). E na terça-feira (21) sobe ao palco Cida Lobo, fechando a quinta edição da tradicional Feirinha da Árvore em ritmo de São João.

    ARENA DAS DUNAS

    Na Arena das Dunas, quarta dia 22, tem Festival Gastronômico Junino e o Festival “Faz Mais Elino 2022”, com shows de Leão Neto (18h30), Concurso de Marchinhas com os finalistas (20h), Ivando Monte, Léo Namanha, Rodolfo Amaral (21h) e Padre Caio às 22h.

    Na quinta dia 23 de junho tem shows de Nailson (18h), Rodolfo Lopes (19h30) e Jaina Elne (21h). Na sexta-feira, dia 24, é a vez de Bira Santos (18h), Roberto do Acordeon (19h), Yrahn Barreto (22h) e Forró Namanha às 0h. 

    No sábado (25) sobem ao palco Zé Hilton (18h), banda Forraço (19h), Luizinho Nobre (22h) e Khrystal às 0h. E no domingo (26) shows de Deusa do Forró (18h), Hugo & Heitor (20h) e Circuito Musical às 21h30. 

    FAZ MAIS ELINO 2022

    No 4º Concurso de Marchinhas Juninas se apresentam a partir das 18h, no dia 22, na Arena das Dunas: Beija Flor de Mandacaru (Du7, Chico Sete e Rauzito), Festa de São João (de Francisco Lima e Cláudio Saraiva); Festa Todo Dia (Ney César Freitas); Junto com Você (Yrahn Barreto), Preces de Esperança (Luiz Antônio e Jubileu Filho); Sanfoninha Choradeira (Alexandre Moreira); São João do Centro Histórico (Jamilly Mendonça); São João do Meu Nordeste (Selminha Ferrari); São João Voltou (Beto Cunha); Sobe Balão (Selminha Ferrari e Henrique Compositor); Sou Quadrilheiro (Fernanda Azevedo e Jaciel Duarte) e Viva o Nosso São João (Gilson Cavalcante da Silva).
        
    FESTIVAL DE QUADRILHAS

    A Prefeitura do Natal lançou seleções públicas voltadas para os Festejos Juninos num investimento total de R$ 517 mil (quinhentos e dezessete mil reais)  para atender arraiás de rua e quadrilhas juninas. 

    O edital apoia financeiramente Quadrilhas Juninas de Natal e região metropolitana em diversas categorias para participar do XXXI Festival de Quadrilhas Juninas, que começa no dia 22, na área externa da Arena das Dunas. 

    Foram selecionadas as quadrilhas Balão Dourado, Quadrilha Junina Rei do Baião, Quadrilha Arrocha o Milho; Quadrilha Tradicional Padre Piná, Associação Cultural Encanta São João, Arraiá Tradicional Brilho Matuto, Arraiá Zé Matuto, Junina Luar Alegre, Junina K Pra Nós, Quadrilha Junina Estrela Matutina, Associação Cultural e Social Arraial Coração Nordestino; Quadrilha Junina Flor do Sertão, Grupo Junino Vice e Versa e “As Bibas de Santos”.
     
    “O Festival de Quadrilhas Juninas é uma tradição que leva mais de três décadas. Atende o segmento e brinda uma super estrutura para apresentação no pátio da Arena das Dunas”, comenta o Secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

    ARRAIÁS DE RUA

    A outra seleção pública é voltada para apoiar Arraiás de rua em Natal. Cada selecionado irá receber R$ 5 mil de apoio financeiro para poder realizar o festejos na rua do seu bairro. Os arraiás selecionados deverão acontecer no período de 15 de junho até 30 de julho de 2022.

    Arraiá da Balanço do Morro, Arraiá do Vida Nova, Arraiá da Tiradentes, Arraiá Faz Mais Elino, Arraiá da Jacutinga, Arraiá da Zona Leste, Arraiá do Zé Roqueiro, Arraiá da Imperatriz, Arraiá Vim pra Ficar, Arraiá da São Luiz, Arraiá Potiguar de Morro Branco, Arraiá Preta Pretinha, Arraial dos Amigos, Arraiá do Bairro Nordeste, Arraiá da Antonieta, Arraia dos Amigos da rua do Ferro, Arraia da Coronel, Arraia do Arroxono , Arraia da Fran , Arraial de Nós , Arraia do Gami,  Arraia do seu nascimento, Arraiá do Parque Floresta, Arraia Bom ki Só, Aarraiá Pordosol, Arraiá do Girassol, Luar do Sertão, Arraiá dos Priziakas, Arraiá das Comadres e dos Compadres, Arraiá Santa Clara, Arraiá do Peba, Arraiá do Didi, Arraia São Rafael, Arraia da colheita, Arraia do Redlley e  Arraia de rua Vice e Versa.

  • Sobre ,

    Abertura do São João de Assú tem público recorde de mais 70 mil pessoas e grandes shows

    A noite do dia 14 de junho, terça-feira, em Assú, foi marcada pela abertura oficial do São João 2022. A praça São João Batista foi palco do grande evento que contou com um público de mais de 70 mil pessoas, segundo dados da Polícia Militar. Abrindo a solenidade, o prefeito Gustavo Soares destacou o momento de retomada dos festejos juninos após dois anos de pandemia.

    “Neste momento, nós temos muito a comemorar e muito a agradecer também. A Deus, a São João Batista, a toda a equipe que está trabalhando para a nossa festa acontecer e ao povo da nossa cidade. Essa é uma festa do povo, para o povo. É o São João Mais Antigo do Mundo, o da Terra da Poesia.”, enfatizou o chefe do executivo assuense.

    Com o tema “Fé, Tradição e Alegria Típicas da Gente”, a noite contou com shows dos cantores Xand Avião, João Gomes e Artoni Gleibson. Nesta quarta-feira (15), será a vez de Raí Saia Rodada, Núzio Medeiros e Lucas Santos. Até o dia 25 de junho a cidade ainda receberá grandes nomes da música como Zezé Di Camargo e Luciano, Zé Neto e Cristiano, Wesley Safadão e muito mais.

    Confira a programação:

    15 de junho
    Raí Saia Rodada, Núzio Medeiros e Lucas Santos.

    16 de junho
    Tarcísio do Acordeon, Henry Freitas e Forró Emoções.

    17 de junho
    Zé Vaqueiro, Fádja Lorena e Alinne Reis.

    18 de junho
    Taty Girl, Circuito Musical e Xodó Nordestino.

    19 de junho
    Zezé di Camargo e Luciano, Litto Lins e Forró da Tradição.

    21 de junho
    Wesley Safadão, Art do Samba e Forró Resenha.

    22 de junho
    Zé Neto e Cristiano, Priscyla Arrazo e Werick Mendes.

    23 de junho
    A Furiosa do Vale, Flávio Pisada Quente e Pode Balançar.

    24 de junho
    Thiago Brado (show religioso)
    Bonde do Brasil, Chrys e Elly e Bruno Martins.

    25 de junho
    Zé Cantor, Babado Novo e Rafinha no Comando.

  • Sobre ,

    Divulgadas as primeiras atrações do Fest Bossa & Jazz – Pipa 2022

    Apresentações musicais de alto nível e estilos variados no melhor destino turístico da região Nordeste. É o que o Fest Bossa & Jazz 2022 oferece ao público na Praia da Pipa-RN, de 18 a 21 de agosto. Uma verdadeira maré de boa música no paraíso, de forma totalmente gratuita, que marca um retorno presencial memorável, cheio de surpresas e que já conta com grandes nomes da música confirmados em sua line-up. Uma mistura rítmica que une vários estados do país em uma vibe única.

    O Fest Bossa & Jazz vai realizar 48 pocket shows com 27 atrações locais, regionais, nacionais e internacionais. Todas as apresentações acontecem em cinco (05) polos noturnos, localizados ao longo da Av. Baía dos Golfinhos, e em três polos diurnos em restaurantes/bares na Praia do Centro. Como já é tradição – principalmente desde a alteração do formato, com a descentralização dos shows – o festival traz uma programação repleta com apresentações de alta qualidade nos segmentos do Jazz, Bossa Nova, Blues, Música Instrumental, Chorinho, Soul, Rock e outros.

    Dentre as primeiras atrações confirmadas pela organização, estão: a maior revelação do jazz brasileiro nos últimos anos, o pianista pernambucano Amaro Freitas que, vindo de mais uma turnê pela Europa, fará apresentação no Festival com seu trio; a cantora paulista e um dos grandes talentos da nova geração da música brasileira, Vanessa Moreno que, além do show, irá ministrar oficina gratuita para cantoras, cantores e estudantes; o Duo potiguar formado pelos incríveis Sérgio Groove e Khrystal; um dos grandes nomes do blues nacional, o guitarrista cearense Felipe Cazaux; o grupo de Rockabilly potiguar, Dasta & The Smoking Snakes, que segue para shows na Áustria logo após o Festival e, encerrando este primeiro bloco de atrações, um grupo de jazz instrumental com a cara da Pipa, o PotiJazz formado por músicos do RN, PB e Chile.

    O Fest Bossa & Jazz – Pipa 2022 tem o patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através da Lei Câmara Cascudo, Coca-Cola e Prefeitura de Tibau do Sul, com apoios da SETUR-RN, Secretaria de Turismo de Tibau do Sul, Multimídia Design Studio e Café Santa Clara; a realização é da Juçara Figueiredo Produções. Consolidado no calendário potiguar, o Festival, realizado por Juçara Figueiredo Produções, surgiu em 2010 e já promoveu edições em quatro cidades do Rio Grande do Norte (Natal, Pipa, São do Miguel do Gostoso e Mossoró), somando mais de 200 atrações nacionais e internacionais do jazz, bossa e blues

    Música, animação e reencontros. Marque na agenda, de 18 a 21 de agosto, em Pipa. Para mais informações e para ficar por dentro das novidades, acesse o site www.festbossajazz.com.br e as redes sociais @festbossajazz. Se quiser relembrar alguns dos nomes que já passaram pelo Festival, veja o www.youtube.com/c/FestBossaJazz.

    Fest Bossa & Jazz e você!

    Fest Bossa & Jazz – Pipa 2022 quer saber um pouco mais sobre você, que forma o nosso público. Por isso, disponibiliza no site www.festbossajazz.com.br um formulário criado especialmente para interagir e receber sugestões.

  • Sobre ,

    Flor de Cactos: projeto realiza oficinas musicais em ONGs de Natal

    O projeto Flor de Cactos realiza, a partir deste mês de junho, oficinas musicais em ONGs da capital potiguar.  As oficinas têm como objetivo estimular que outras crianças conheçam os processos de composição musical vivenciados pelas crianças do GACC RN, que culminaram na criação do álbum Flor de Cactos, com 10 faixas de músicas compostas pelas crianças atendidas pelo GACC RN.

    As oficinas serão um encontro entre crianças atendidas por ONGs que desenvolvem trabalho de educação musical e as crianças compositoras do álbum Flor de Cactos. Os facilitadores de cada oficina irão compartilhar suas experiências em canto, ritmo e poesia e as crianças do GACC RN irão apresentar suas composições. O encontro promete ser uma vivência especial na vida dos participantes.

    O projeto Flor de Cactos é uma parceria entre o GACC-RN e a Mapa Realizações Culturais, inspirado no trabalho de musicalização desenvolvido pela artista Rafaela Brito no GACC- RN. Conta com o patrocínio da Neoenergia Cosern e Governo do Estado do Rio Grande do Norte, numa iniciativa do Instituto Neoenergia através do Edital Transformando Energia em Cultura e do Programa Câmara Cascudo.

    Programação das oficinas

    – 15/06 (quarta) às 9h – Ilha de Música – Coordenação: Inês La Torraca
    Oficina de canto com Sabrina Fernandes

    – 18/06 (sábado) às 9h – Movimento Cultural Nossos Valores – Coordenação Miguel Carcará
    Oficina de percussão e ritmo com Rafaela Brito

    – 30/06 (quinta) às 9h – ONG Atitude Cooperação – Coordenação Socorro Nogueira

    Oficina de percussão e ritmo com Rafaela Brito

    – 22/07 (sexta) às 15h – Escola de Música de Mãe Luiza – Coordenação Padre Robério Camilo e Ion Garcia
    Oficina de poesia com Miguel Carcará

  • Sobre , ,

    Frente Parlamentar da Mulher homenageia Sociedade dos Poetas Vivos e Afins

    A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara Municipal de Natal realizou nesta sexta-feira (10) uma solenidade em homenagem aos 25 anos da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte (SPVA/RN). A solenidade foi proposta pela vereadora Divaneide Basílio (PT).

    “A SPVA está na segunda gestão consecutiva com mulheres na cadeira da presidência, e é muito simbólico que nesses 25 anos mulheres tenham estado à frente dessa instituição e queremos ressaltar isso, o papel das mulheres na arte na literatura e na poesia. Esse é um momento de prestar todas as honras a quem acalma nosso coração com tanta arte, luz e alegria”, explicou a vereadora Divaneide. 

    Foram 20 homenageados que receberam um diploma outorgado pelo Legislativo Municipal em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à cidade do Natal em comemoração aos 25 anos de trabalho. 

    Adélia Costa, presidente da SPVA, explica que a instituição tem por objetivo possibilitar a divulgação dos trabalhos dos autores do Rio Grande do Norte. “No dia 12 de junho a SPVA completa 25 anos, e o nosso propósito é de fomentar a cultura e literatura local, por isso que o nome é Sociedade dos Poetas e Afins, pois nesse ‘Afins’ entram as mais variadas modalidades artísticas”, declarou.

    Para a vereadora Júlia Arruda (PCdoB), que também é presidente da Frente, a Sociedade tem grande importância para a literatura potiguar. “A SPVA faz tanto pela cultura e literatura do estado, e essa homenagem é direcionada aos que fizeram, fazem e aos que farão parte desse espaço tão importante que dá esperança a todos através da literatura e da cultura”, afirmou a vereadora.

  • Sobre , ,

    Orquestra Filarmônica da UFRN realiza apresentações em São Paulo

    Depois que precisou trocar os palcos por apresentações virtuais durante o período mais crítico da pandemia de covid-19, a Orquestra Filarmônica da UFRN (FIL) retornou aos poucos suas apresentações presenciais desde a flexibilização das restrições, sempre arrastando público considerável. Para marcar esse retorno também fora do RN, a FIL se prepara para duas apresentações de grande relevância. Nos dias 23 e 24 de julho, será recebida, respectivamente, na Sala São Paulo e no Festival de Campos do Jordão. 

    “O convite para o evento em Campos veio do diretor artístico do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o violonista Fábio Zanon, que no ano passado atuou como nosso solista e ficou bem impactado com a qualidade da Filarmônica UFRN”, diz André Muniz, professor e maestro da orquestra. Um dos maiores violonistas brasileiros de todos os tempos e um dos mais influentes da atualidade, continua Muniz, Fábio Zanon representa para os violonistas clássicos brasileiros a epítome da música erudita de corda.

    Buscando enfatizar a produção erudita da região Nordeste, a Filarmônica vai explorar produções regionais em ambas as apresentações. De acordo com André Muniz, serão duas apresentações e ambas têm um repertório focado em compositores nordestinos ou que contribuíram para a edificação de composições nessa região, como é o caso de Guerra-Peixe. O maestro também destaca a première de uma obra especialmente composta pelo professor Caio Facó para ser estreada na Sala São Paulo.

    Foto: Anastácia Vaz – Agecom/UFRN

    A Sala São Paulo é o berço da música clássica no Brasil, inaugurada no dia 9 de julho de 1999, foi a primeira sala de concertos do Brasil, considerada uma das melhores do mundo desde a sua concepção. O Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão é reconhecido como o maior evento de música clássica da América Latina. 

    Com 12 anos em atividade, a Filarmônica UFRN é formada exclusivamente por alunos da Universidade e tem sido um laboratório orquestral de projeção de músicos para o mercado nacional e internacional. Em sua história, a Filarmônica coleciona prêmios e participações em grandes eventos. Foi o primeiro conjunto orquestral do Rio Grande do Norte a realizar uma turnê pela Alemanha, em projeto de parceria entre a UFRN e o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD). Outro momento auge foi o concerto, em 2019, para o Papa Francisco, no Vaticano, com apresentação de obras inéditas de compositores potiguares.

  • Sobre

    Festival MPB 84 terá concurso cultural e shows de Elba Ramalho, Fagner, Waldonys, Geraldo Azevedo e Chico Cesar

    Natal vai ganhar nos dias 19 e 20 de agosto um evento que celebra a Música Popular Brasileira, o Festival MPB 84. Em um único fim de semana, 12 bandas potiguares – selecionadas a partir de edital – participarão de um concurso cultural e o grande vencedor terá a oportunidade de se apresentar em um super show que terá entre as atrações grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho; Fagner; Waldonys e Geraldo Azevedo com Chico Cesar, no projeto Violivoz.

    O projeto, com patrocínio via incentivo fiscal da Lei Djalma Maranhão pela Prefeitura do Natal, da Arena das Dunas e Holliday Inn Natal; e via incentivo fiscal da Lei Câmara Cascudo pelo Governo do RN, da Sadio Temperos e Tanlux, tem o objetivo de incentivar a cultura e o surgimento de novos talentos no cenário musical brasileiro, além de fomentar as atividades culturais no Estado do Rio Grande do Norte. Um festival inédito no Estado e que vai fazer os potiguares cantarem e se encantarem, afinal de contas a MPB é a música preferida dos brasileiros.

    O evento será na Arena das Dunas e terá ingressos a preços populares, a partir de R$ 40,00, seguindo o formato de festival com a democratização do acesso. Além de pista, o espaço comportará lounge e mesas, para o público que optar por mais conforto e comodidade. No dia 19 será realizado um concurso de música e no dia 20 todos os shows em uma só noite. “Nunca se reuniu tantos artistas renomados em um só festival no Rio Grande do Norte”, comemora Jarbas Filho, diretor da Viva.

    Em breve será lançado e divulgado o edital para o Festival de Música que compõe o MPB84. O projeto é uma realização FF Entretenimento e tem produção cultural da Viva Entretenimento. Mais informações: @festivalmpb84 e whatsapp da Viva: 84 9601-9329.

    Mais sobre o “Violivoz”:

    Dois dos maiores cantautores da música popular brasileira revisitam suas obras, compõem juntos e lançam o espetáculo “Violivoz”. O novo show da dupla promove um mergulho coletivo na genialidade destes dois grandes compositores nordestinos, mostrando a força de suas canções. O repertório passeia por grandes sucessos autorais, clássicos da dupla e algumas surpresas.

    “Violivoz é mais que um show para mim. É como se fosse uma espécie de portal em que entro para realizar meus sonhos de adolescente do sertão paraibano. Geraldo Azevedo é um mestre que me dá a oportunidade desse encontro”, conta Chico.

    “Tão importante quanto tentar aprender algumas de suas canções, que o público de todo o Brasil canta aos brados, é observá-lo abrir-se para apreender as minhas e nos misturarmo-nos. A minha música deriva incondicionalmente da dele. Não seria de outra maneira”, finaliza.

    A admiração e o respeito que Geraldo Azevedo e Chico César têm um pelo outro tornam-se evidentes quando eles se encontram para tocar e falar de música. Os ensaios para a nova turnê têm sido de pura diversão e cumplicidade – o que, com certeza, vai se refletir no palco.

    “Tenho grande admiração por esse artista e por essa pessoa linda que é Chico César. Os primeiros encontros que tivemos para os ensaios foram surpreendentes e eu confirmei o grande músico que ele é. Nossa interação no palco vai ser fantástica, porque nós dois gostamos muito de tocar. Adoro a música de Chico e vejo que ele também tem uma relação muito grande com o meu trabalho”, comenta Geraldo.

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.