Últimas histórias

  • Sobre , ,

    Cinesolar chega neste sábado (22) na Cidade da Esperança

    A magia do cinema movida à energia solar é a proposta do projeto Cinesolar. Após exibições no interior do estado no mês de dezembro, o projeto retorna ao Rio Grande do Norte no mês de janeiro realizando atividades em Natal, no dia 22, na Cidade da Esperança, com exibição de curtas-metragens brasileiros e do longa Cine Holliúdy.

    Lançado em 2013, o projeto Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido à energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura. Além das sessões de cinema, o projeto contempla a Oficinema Solar – uma oficina de vídeo para crianças e jovens sobre sustentabilidade. Como resultado dessa atividade, um filme é produzido com os participantes e exibido durante a sessão de cinema para comunidade local.

    Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, as exibições seguirão todos os protocolos de segurança. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos, haverá controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras; além disso, o uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

    O Cinesolar – circuito Natal é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocinio do Banco Votorantim e realizado pela Brazucah Produções e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

    PROGRAMAÇÃO:

    Natal – Data: 22/01 – Sábado

    14h30 às 17h – Oficinema solar

    18h Sessão Curtas e 19h Filme Cine Holliúdy
    Local: Praça da Igreja Nossa Sra. da Esperança – Praça Matriz
    Endereço: Rua Adolfo Gordo, s/n – Cidade da Esperança – Natal

    Local em caso de chuva: Rua da Campina Grande com Rua das Cajazeiras

  • Sobre , ,

    Projeto “Passos do Morro” leva dança e música à escadaria de Mãe Luíza

    Nesta quinta-feira (13), a Escadaria de Mãe Luíza recebe o projeto cultural “Passos do Morro”, que vai reunir 30 dançarinos, B Boys e B Girls utilizando o vão livre do espaço urbano ao som do Dj Samir e Mc Amem Ore. O projeto começa às 16h30 e a entrada é gratuita. A realização é da Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte).

    A apresentação vai passear pelos diversos estilos de dança de rua e uma viagem musical organizada por Dj Samir e MC Amem Ore. “O projeto é um marco que envolve a comunidade de forma contributiva em um equipamento urbano que hoje é referência em arte urbana, visual e também ponto turístico”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

    A revitalização com mosaicos é uma realização da Prefeitura do Natal e tem a assinatura dos mosaicistas Gildeci Pereira, Liana Diógenes, João Batista de Lima, Rosangela Rocha e Wendell Eduardo. A área revestida tem 133 espelhos de 15cm de altura por 4m de largura, com dois arcos medindo 30m². 

    Na Escadaria ainda estão grafites de artistas potiguares tornando o espaço o maior painel de Arte Naif do RN. O painel cerâmico envolve a identidade do Rio Grande do Norte (Cajueiro, Fauna, Flora e a própria Mãe Luiza, além de um casario retratando a arquitetura do bairro). 

    Projeto Passos do Morro
    Quinta-feira, 13
    Horário: 16h30
    Atrações: Dançarinos, B Boys e B Girls
    Dj Samir e MC Amem Ore
    Entrada gratuita
    Realização: Prefeitura do Natal (Secult/Funcarte)

  • Sobre ,

    Companhia Giradança estreia filme “Economia da Encarnação” e lança o livro “Zona Dissoluta”

    O filmedança Economia da Encarnação retrata a dança de corpos mitológicos, criando lendas e referências sobre si mesmos, e é a mais nova estreia da Companhia Giradança que acontece no dia 13 de janeiro. Já o lançamento do livro Zona Dissoluta, que mescla imagens e um diário de bordo da obra inédita, será feito pela Companhia no dia 14. Os dois lançamentos foram contemplados pelo Rumos Itaú Cultural 2019-2020 e acontecem através da plataforma Zoom, sempre às 20h, com distribuição gratuita de ingressos pelo Sympla.

    Uma obra que possui erotismo, não no sentido sexual, mas um erotismo no sentido de fundir corpos e dissolver fronteiras. Assim podemos definir o filmedança Economia da Encarnação, que reflete sobre a automitologia da fêmea – termo que amplia o ser feminino e suas possibilidades de narrativa – e a oportunidade de atribuir ao corpo múltiplas possibilidades.

    Para Alexandre Américo, diretor artístico do Giradança, o filmedança revela um espetáculo que não tem tempo nem lugar definidos. “Pensamos em uma direção de vídeo que captasse imagens em um espaço sem contexto, para dar ênfase a esses corpos. Trabalhamos a pintura corporal nas fêmeas, observando como elas dançam, como se apresentam as automitologias”.

    A peça é um encontro entre as três bailarinas da companhia Giradança, Jania Santos, Joselma Soares e Ana Carolina Vieira, com a coreógrafa convidada do espetáculo, Elisabete Finger. 

    “Queria criar com essas fêmeas uma coreografia que fosse não uma representação de histórias, mas uma encarnação delas: as que ouvimos, as que contamos, as que inventamos, as que reescrevemos. Se mitologias são formas de narrativas que transmitem determinados saberes, fizemos nessa peça nossas automitologias”, explica a coreógrafa.

    Elisabete Finger é performer e coreógrafa. Desenvolve trabalhos que perseguem uma ‘lógica de sensações’ e se ocupam de um erotismo da matéria: um corpo-matéria que se funde, colide e atravessa outras matérias.

    Zona Dissoluta

    Zona Dissoluta é o segundo livro escrito e organizado por Alexandre Américo e trata sobre a tentativa de dissolução da imagem da deficiência que permeia a Companhia Giradança, deixando que a arte seja o tema principal, emancipando os corpos com ou sem deficiência. 

    Considerado um experimento político-estético, com projeto gráfico de Vinícius Dantas e fotos da artista Guesc, o livrodança fala sobre o que foi e o que pretende ser o Giradança, através de vários escritos, fotos e cadernos de artistas – diário de bordo de cada artista que participa da obra Economia da Encarnação.

    “Compartilho, sem nenhum pudor, esses cadernos com erros, urgências e rasuras”, revela Alexandre Américo.

    O livrodança é cheio de cores, texturas e conduções, através de hiperlinks, com uma incrível surpresa no final. Ele ficará disponível para leitura online e para download a partir do dia 14. No mesmo dia, logo em seguida, acontece a reexibição do filmedança Economia da Encarnação.

    O filmedança  Economia da Encarnação e o livrodança Zona Dissoluta têm o apoio do Rumos Itaú Cultural 2019-2020.

    Serviço

    Lançamento do filmedança  Economia da Encarnação e do livrodança Zona Dissoluta 

    Dias 13 e 14 de janeiro, às 20h

    Através da plataforma Zoom

    Reserva de ingressos: https://www.sympla.com.br/evento-online/filmedanca-economia-da-encarnacao–e-book-zona-dissoluta/1452807

    Classificação indicativa: 16 anos

  • Sobre ,

    Festival 27° Fiart Cultural abre inscrições e divulga regulamento

    A 27ª Feira Internacional de Artesanato – FIART vai acontecer de 28 de janeiro a 06 de fevereiro, no Centro de Convenções de Natal. Além dos estandes comerciais, a FIART oferece diariamente uma gama de ações artísticas para o público visitante, através do Festival 27º FIART Cultural, com a programação da Mostra de Cultura contendo cortejos, danças, poesia, música, além dos Festivais de Cordel e Bandas, do Seminário de Folclore, da exibição da Websérie de Artesanato e do Festival Parafolclore, que acontece de 02 a 05 de fevereiro de 2022.

    O regulamento, com as normas para a participação dos Grupos Parafolclóricos na mostra competitiva de parafolclore do festival, já está disponível e as inscrições abertas até o dia 30 de janeiro de 2022.

    O Festival Parafolclore tem como objetivo promover a cultura popular natalense, potiguar e nordestina, estimulando o espírito criativo; além de valorizar a diversidade etnocultural das representações populares natalenses, potiguares e nordestinas e reger a disputa nas premiações de Júri Oficial e Votação Popular.

    Para concorrer aos prêmios do Júri Oficial será obrigatória a apresentação presencial do grupo. Os grupos inscritos passarão pela fase de seleção e apenas os grupos selecionados concorrerão na categoria Júri Oficial.

    As inscrições podem ser feitas através do formulário oficial de inscrição disponibilizado por meio do link: https://forms.gle/5Mp1q3D3Hyiwwak57

    A divulgação dos habilitados será no dia 1º de fevereiro. A semifinal acontece no período de 02 a 04 de fevereiro, no Centro de Convenções de Natal. A votação popular será no sistema online de 02 a 05 de fevereiro. A final e anúncio dos vencedores no dia 05 de fevereiro, com transmissão ao vivo pelo Instagram @FeiraFiart .

    Serão premiados os grupos que alcançarem a maior soma dos votos gerais da comissão julgadora, sendo o prêmio de R$ 3 mil para o primeiro colocado, R$ 2 mil para o segundo colocado e R$ 1 mil para o terceiro colocado. Também será premiado o grupo que alcançar a maior quantidade de votos do público com o prêmio de R$ 1 mil reais.

    O Festival 27ª FIART Cultural é realizado através da Lei de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão. A Feira Internacional de Artesanato – FIART é uma realização da Espacial Eventos e conta com o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, da Prefeitura do Natal e do Sebrae/RN.

  • Sobre , ,

    Festival DoSol é adiado para os dias 10 e 23 de abril

    Devido a insegurança sanitária e logística causada pelo aumento de casos de síndrome gripal e Covid 19, as datas do Festival DoSol foram adiadas para os dias 10 e 23 de abril de 2022. O local permanece o Jardim DoSol, pátio externo da Funcarte, Ribeira.

    Os ingressos adquiridos para os dias 15 e 22 de janeiro de 2022 continuam válidos para o dia 10 de abril de 2022. Já os bilhetes de entrada para o dia 29 de janeiro serão válidos para o dia 23 de abril. Quem quiser solicitar cancelamento do seu ingresso é só mandar mensagem através da Sympla.

    Confira como fica a programação:

    Domingo, 10/04/2022 – Abertura dos portões às 15h30

    – Àttooxxá (BA) – Academia da Berlinda (PE) – Seu Pereira e Coletivo 401 (PB) – Orquestra Greiosa & Felipe Cordeiro (RN/PA) – Luísa e os Alquimistas (RN) – Félix Robatto (PA) – Skarimbó (RN) – Bia e os Becks (PI)

    Sábado, 23/04/2022 – Abertura dos portões às 15h30

    – Marina Sena (MG) – Ferve & Bixarte (RN/PB) – Coisaluz (RN) – Fortunato e os Jovens de Ontem (RN) – Aiyra (RN) – Luana Flores (PB) – Carol Porto (RN)

  • Sobre

    Sax in the House lança o clipe “Just For You” nesta quarta-feira (12)

    O último lançamento do “SAX IN THE HOUSE”, a música “Just For You” – collab com o artista RAiK, será lançada em clipe no próximo dia 12, no canal do projeto no YouTube.

    A música foi composta por Ruud van Schaik (RAiK), cantor holandês, participante do “The Voice Holanda”. Em 2019, em uma visita ao Brasil, o artista foi apresentado ao Sax in the House e na ocasião veio a ideia de gravarem algo juntos.

    Após algumas alterações na composição e a substituição do refrão original pelo solo do saxofone, acrescentado as batidas que já fazem parte da identidade musical do Sax in the House, nasceu “Just For You”.

    Com gravação da Megalume Filmes, o clipe protagonizado pela atriz Natália Souza, tem cenas gravadas em Roterdã (cenas de RAiK), Marinas Resort (Tibau do Sul), Goianinha, e Natal.

    O clipe “Just For You” tem o patrocínio da Lei Aldir Blanc, através Governo do Estado Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

    SERVIÇO

    Sax In The House – Clipe “Just For You”

    Lançamento: Dia 12 de janeiro, a partir das 11h

    Canal: https://www.youtube.com/c/SaxintheHouse

    OUÇA “Just For You”: https://onerpm.lnk.to/JustforYou

  • Sobre ,

    Inscrições para o ciclo de debates em Economia Política do Audiovisual vão até dia 12

    Estão abertas até 12 de janeiro de 2022 as inscrições para a 3ª edição do Ciclo de Debates em Economia Política do Audiovisual, realizado pelo Departamento de Comunicação Social da UFRN (Decom). O evento de extensão acontece respectivamente nos dias 13, 20 e 27 de janeiro de 2022, remotamente, pela plataforma Google Meet. As inscrições podem ser realizadas no Sigaa.

    Trata-se de uma atividade gratuita e aberta ao público mediante prévia inscrição. Ao todo, serão ofertadas 60 vagas, sendo 45 para estudantes do curso de Comunicação Social – Audiovisual e 15 para demais interessados.

    Nesta edição, o ciclo reunirá pesquisadoras de diferentes instituições brasileiras que apresentarão resultados de investigações científicas sobre políticas públicas para o audiovisual, contemplando os projetos da Ancinav, experiências nacionais e estrangeiras de fomento às políticas de exibição cinematográficas e a diversidade cultural no cinema brasileiro.

    A atividade é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa em Economia Política do Audiovisual (EPA!) e integra o conteúdo programático da disciplina de mesmo nome do curso de Comunicação Social – Audiovisual. Mais informações no site do evento ou no Instagram @epaufrn.

    Programação

    13 de janeiro de 2022, às 19h

    Políticas Públicas para o Audiovisual: o caso Ancinav

    Marina Rossato

    Mestre no Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som na linha de História e Políticas do Audiovisual pela Universidade Federal de São Carlos. Graduada no curso de Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos. É autora do livro Políticas Públicas para o Audiovisual: o caso Ancinav (2016).

    20 de janeiro de 2022, às 19h

    Políticas de Exibição Cinematográfica

    Gabriela Andrieta

    Doutoranda em Artes pela Unesp, mestra em Estudos Culturais pela USP e graduada em Relações Internacionais pela Facamp.

    27 de janeiro de 2022, às 19h

    Diversidade Cultural no Cinema Brasileiro

    Vivianne Lindsay

    Doutora em Comunicação na Unesp. Graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Integra o Lecotec – Laboratório de Estudos em Comunicação, Tecnologia e Educação Cidadã/Unesp.

  • Sobre ,

    “Parelhas mostra Parelhas” começa nesta terça-feira (11)

    Exposições fotográficas, lançamentos de livros, palestras, degustação de culinária local, contação de estórias, cordel, poesias, teatro, sarau, apresentações audiovisuais e muito mais no evento “Parelhas mostra Parelhas”, que começa nesta terça-feira (11) e vai até 20 de janeiro, dia de São Sebastião, padroeiro do município.

    “Parelhas mostra Parelhas” acontece na Biblioteca Municipal Dr. Antõnio Pereira de Macêdo e é uma realização da Prefeitura de Municipal de Parelhas junto com os projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc, do Governo Federal.

    Confira a programação:

    Dia 11 – Exposição Fotográfica “Pássaros do Sertão – Um olhar fotográfico”, de Ronaldo de Lima

    Dia 14 – Contação de estórias e lançamento do livro infantil “A Menina que Falava com as Mãos”, de Ana Gabriela

    – Musical e lançamento do livro “O Conto das Bonecas”, de Maria José de Souza Araújo

    Dia 15 – Lançamento dos livros:  Vida e obra de Tertuliano Pereira, de Laíse Sebastiana, e Ensaio Literário “As Filhas de Pompeia”, de Tertuliano Pereira

    Dia 17 – Contação de estórias e lançamentos do livro infantil “Quem Escreve e Conta Seus Males Espanta”, de Gisele Freitas

    – Lançamento do livro “Versos e poesias” de Terezinha Tavares

    Dia 18 – Exposição Fotográfica “Identidade sertaneja para além das tradições”, de Damião Almeida

    Dia 19 – Exposição de audiovisual: “Casas antigas, curiosidades e relatos do nosso povo”, de Hélio Viturino

    – Lançamento do livro “O Tesouro da Culinária Parelhense – Sítio Cidade”, conversa sobre as nossas raízes e degustação da culinária local, de Maria das Graças Silva Oliveira

    Dia 20 – Exposição Dr. Graciliano Lordão e Maternidade de Parelhas – 70 Anos de História

  • Sobre ,

    Camomila Chá, Skarimbó e Tiquinha Rodrigues lançam “Cantos Sagrados” em plataformas digitais

    Camomila Chá, Skarimbó e Tiquinha Rodrigues se unem no show “Cantos Sagrados”, lançado em todas as plataformas digitais como uma celebração do sagrado da vida, trazendo em seu repertório músicas de conexão, meditação e elevação unindo um pouco dos repertórios das três bandas.

    Em um momento mágico cheio de força e energia o público é convidado a entrar em contato com seu interior, refletir seu potencial e celebrar a vida com gratidão. Com concepção e direção musical de Camila Pedrassoli e entrelaçado pela condução de meditações e poesias de Juliana Furtado, o show chega com uma proposta contemplativa, devocional aos elementos da natureza, ao mesmo passo que a mistura de ritmos das três bandas traz energia e movimento ao corpo.

    “A ideia de reunir as três bandas partiu da vontade de compartilhar o sagrado que nos une através da música. Dos diferentes ritmos e crenças, enquanto realizamos nossos trabalhos artísticos individuais, nos encontramos no sagrado de cada um. Cada música foi escolhida com a ideia de compartilhar a visão das 3 bandas na manifestação do divino que habita em nós.”

    A gravação do show foi realizada no projeto Ecopraça 2021, na Gamboa do Jaguaribe, sítio histórico de atividades indígenas no bairro Salinas, zona norte de Natal. O Ecopraça foi realizado pelo Instituto Ancestral e contou com o patrocínio da Prefeitura do Natal, através do programa Djalma Maranhão e o incentivo da Unimed Natal e da Arena das Dunas.

    A pós-produção foi realizada nos Estúdios Megafone e o lançamento e a distribuição do disco é uma parceria entre o selo Pólen, a Guria Produtora, o Instituto Ancestral e o projeto Ecopraça. A ação faz parte de uma série de lançamentos que virão dos conteúdos produzidos pelo Instituto Ancestral, o Ecopraça e a Guria Produtora com o objetivo de divulgar ainda mais o que está sendo produzido pelos artistas que participam dos projetos.

    OUÇA AGORA: https://onerpm.link/119601823913

  • Sobre ,

    Bar do Pedrinho e Lama Bar são temas do Papo de Fogão Raiz 2022

    Quase uma autarquia cultural do centro boêmio, o Bar do Pedrinho está ativo na Cidade Alta há 51 anos. É parada para quem deseja encontrar pessoas da cultura, bebericar ou apreciar petiscos e pratos da cozinha regional e litorânea. O folclórico herdeiro deste reduto do Vigário Bartolomeu, Nélio Pedro da Costa, prepara pratos como o “Baião do Mar”, receita que abre o programa Papo de Fogão Raiz em 2022. 

    No episódio que vai ao ar dia 1º de janeiro, Fernando Amaral conversa com Nélio sobre histórias, causos e a receita que concorreu ao recente Festival Pratodomundo – Festival Gastronômico do Beco da Lama. O prato leva camarão, queijo coalho, nata, feijão verde e segredos do cozinheiro. “Comida bem feita começa pela escolha dos ingredientes, e aqui o Nélio trouxe o melhor que Natal tem a oferecer”, comentou o apresentador.

    No mesmo episódio, o programa atravessa a rua Ulisses Caldas e chega ao mais novo point do Beco da Lama, o Lama Bar. O programa mostra como ficou a via pública que passou por obras de requalificação através da prefeitura local e apresenta ao público a cozinha comandada por Cláudio Abdon do Lama Bar. Ele prepara a sua especialidade, “Moela ao Molho com farofa de ovos”. O local também tem uma exposição de fotos e uma carta de bebidas.  

    A temporada de “Papo de Fogão Raiz” conta com patrocínios da Prefeitura de Natal através do Programa Djalma Maranhão, Unimed Natal, DNA Center e Hospital do Coração. Ao todo são dez programas, um a cada mês, onde o espectador conhece a história de cada cozinheiro convidado e os pratos que ele prepara há vários anos em ambientes populares da capital. O episódio 6 vai ao ar pelo canal https://www.youtube.com/c/PapodeFogao e Band Nordeste aos sábados: Alagoas (7h) e Maranhão (10h30); TV Correio/Record da Paraíba (13h30) e aos domingos na TV Tropical do RN (10h). Quem quiser acompanhar os episódios anteriores, basta acessar o canal do Youtube. 

    SERVIÇO

    “Papo de Fogão Raiz – Feiras Livres, Mercados e Ruas’

    6º episódio, dias 1 e 2 de janeiro

    Pelo canal do Youtube do Papo de Fogão https://www.youtube.com/c/PapodeFogao e TV aberta. 

    Band Nordeste aos sábados: Alagoas (7h) e Maranhão (10h30);

    TV Correio/Record da Paraíba (13h30) e aos domingos na TV Tropical do RN (10h).

    FICHA TÉCNICA

    Criação e apresentação: Fernando Amaral

    Direção: Augusto Lula

    Produção Executiva: Danielle Brito e Alda Macêdo

    Produção: Raquel Lucena

     Direção de fotografia: Carlos Augusto e Edmilson Santos

    Câmaras: Edmilson Santos e Lucas Veloso

    Operador de Áudio: Danilo Medeiros

    Edição: Flávio Alysson

    Produtora: Praia Filmes

    Assessoria de imprensa: Cinthia Lopes

  • Sobre ,

    Exposição “A arte bruta e naif de Iaperi Araújo” começa hoje (29) na Pinacoteca do Estado

    A exposição de pinturas “A arte bruta e naif de Iaperi Araújo” tem vernissage nesta quarta-feira, 29, a partir das 19h, na Pinacoteca do Estado.

    Presidente do Conselho Estadual de Cultura do RN, Iaperi Araújo é desenhista, médico, artista plástico, crítico de arte, poeta e pintor.

    No início, seus trabalhos focalizavam temas e costumes do Nordeste, retratando as festas do povo, suas fantasias e alegorias. Posteriormente, ligou-se aos movimentos vanguardistas do Rio Grande do Norte. Participou do movimento de renovação das artes plásticas do RN a partir da década de 60 integrando o grupo dos Novissimos com Carlos José, Dailor Varela, Marcos Silva, Walter Varela, Marcos Sá e Olavo Medeiros.

    Pintor naif realizou mais de 40 exposições individuais e cerca de 700 exposições coletivas a partir de 1963 na Galeria de Artes da Prefeitura na praça André de Albuquerque. Foi premiado em Salões do Estado e nacionais, sendo inclusive destaque da Bienal Naif de Piracicaba em 1994 no módulo “Mestres do Brasil”.

    A exposição “A arte bruta e naif de Iaperi Araújo” fica na Pinacoteca até o dia 31 de janeiro.

  • Sobre ,

    Clientes festejam dia do “caloteiro” e “roubadas” no Bar do Pedrinho

    Cefas Carvalho, do Típico Local

    A modernidade trazida pela internet com formas automáticas de lançar a conta e de possibilitar pagamento com cartão por aproximação e sistema Pix afetaram tradições lendárias da relação entre donos de bares e clientes antigos, como o hábito de ‘beber fiado’, ‘fazer um prego’ ou seja consumir para depois pagar. Mas especificamente no Bar do Pedrinho (também conhecido como Bar do Nélio, nome do atual dono do estabelecimento) esse comportamento não apenas é cotidiano e aceitado como domina as relações entre fregueses e proprietário. Mais que isso: Frequentadores do bar farão duas festas nesta reta final de ano tanto para celebrar a fama de Nélio Costa de supostamente errar as contas (sempre para mais, segundo eles) como para reunir os devedores e devedoras do bar numa confraternização de ‘caloteiros’ que tentarão dar cabo do caderno onde as dívidas estão anotadas.

    Banners divertidos contam com participação de clientes “fieis”

    “Começou como uma brincadeira. Eu e um grupo de frequentadores do Bar do Pedrinho dissemos que faria uma festa no dia 30 para reunir os devedores, aí começamos a fazer artes e vídeos bem humorados para brincar com as supostas dívidas e resolvemos contatar Manu de Olinda, que aceitou fazer um show. Convencemos Nélio a aceitar a festa desde que fosse na parte da tarde. Às 15h da quinta-feira, portanto teremos essa confraternização de amigos e amigas, tudo com música e bom humor”, explica Tárcio Fontenele, assessor sindical e frequentador do bar há vinte e cinco anos. 

    Segundo Tárcio, o formato será um palco improvisado com apresentação musical e as confrarias que frequentam o local preparam camisetas para sortear e distribuir, além de possíveis surpresas envolvendo Nélio.

    “Ele já está preparando a promoção Cerveja Clonada, na qual você bebe uma e ele anota duas para você pagar”, diverte-se Tárcio. Ele registra que muita gente vem participando da brincadeira gravando vídeos ´indignados` com Nélio. Entre eles o artista plástico Espedito Assis, o cantor e compositor Babal, o multiartista Cabrito, além de jornalistas e profissionais liberais. Para a programação do dia 30 a atração é o cantor Manu de Olinda tocando grandes clássicos da MPB e do rock. 

    Nélio e alguns “devedores” de sua implacável caderneta dos fiados. Revanche será em dose dupla

    Já na quarta dia 29, o evento é organizado pelos produtores Dorian Lima e Raquel Lucena e tem o nome de “A última roubada do ano”, fazendo menção justamente à fama de Nélio de, digamos, majorar as contas.  

    “O evento em si é na realidade a Festa de Confraternização com os artistas e os Curadores e produtores da exposição Em Torno do Beco, recentemente realizada na Funcarte, mas, que é aberta a participação de qualquer pessoa”, assinala Raquel. Também haverá sorteio de obras e surpresas com o dinheiro revertido para o sambista Zorro, que está precisando no momento. O show ficará a cargo de Herik e The Invisible Band.

    FIQUE LIGADO

    Quarta dia 29: Confraternização da equipe do Em Torno do Beco e encontros dos que se sentem roubados por Nélio.Horário: Das 14h às 20Show: Herik e The Invisible Band.


    Quinta dia 30: Encontro dos Devedores e Devedoras de Nélio  Horário: Das 15h às 20h. Show: Manu de Olinda

    Onde fica: Rua Vigário Bartolomeu, 540 – Cidade Alta, Natal (ao lado do Camelódromo)

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.