Últimas histórias

  • Sobre ,

    Mossoró alcança 51% da população totalmente vacinada

    Dados do programa estadual RN Mais Vacina apontam que a cidade de Mossoró alcançou 51% da população totalmente vacinada contra a Covid-19. Segundo o levantamento, 155.350 mossoroenses já completaram o esquema vacinal com a 1ª e 2ª doses. Os números mostram resultados positivos do programa ‘Mais Vacina’, desenvolvido pela Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Saúde.

    A vacinação contra a Covid acontece diariamente no município, incluindo os dias de sábado, domingo e feriados. De segunda a sábado, a população tem acesso à vacinação da Covid no Ginásio do SESI, das 8h às 16h, e nos domingos e feriados a vacinação acontece no Ginásio de Esporte Pedro Ciarlini, também das 8h às 16h.

    A população de Mossoró que tem dificuldade de locomoção também tem acesso à vacinação da Covid nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) através do sistema de agendamento. Segundo a secretária de Saúde Morgana Dantas, a vacinação da Covid é disponibilizada também nas UBSs para atender às pessoas que não têm como se deslocar até os ginásios do Sesi ou Pedro Ciarlini. “A população que tem dificuldade de locomoção também pode ser vacinada nas Unidades Básicas de Saúde, basta que faça um agendamento”, explicou Morgana.

    VACINAÇÃO – A imunização contra a Covid continua acontecendo com a administração da 1ª dose, 2ª dose e dose de reforço para todos os profissionais de Saúde que completaram seu esquema vacinal há cinco meses e para os idosos com 60 anos acima que também completaram a vacinação há cinco meses.   

    Desde sexta-feira (22), as doses da vacina da Oxford –AstraZeneca acabaram em Mossoró, portanto, as pessoas que tomaram a primeira dose da Oxford precisam esperar a chegada de uma nova remessa. Segundo o coordenador de Imunizações do município, Etevaldo de Lima, a SESAP não deu nenhuma previsão de quando novas doses de imunizantes contra Covid chegarão a Mossoró.

  • Sobre , ,

    Cia Pão Doce conquista cinco prêmios em festival nacional de teatro

    A Cia Pão Doce de Teatro foi premiada no Festival Nacional de Teatro de Congonhas-MG (PROFEST 2021) realizado pelo grupo Terceiro Sinal, sendo vencedora de cinco categorias com a versão online do espetáculo “A casatoria c’a Defunta”, que recebeu 11 indicações no total.

    A companhia mossoroense conquistou os prêmios de Melhor Maquiagem; Melhor Figurino (Marcos Leonardo); Melhor trilha sonora (Romero Oliveira); Melhor atriz coadjuvante (Lígia Kiss); e Melhor ator coadjuvante (Raull Davyson).

    A atriz Lígia Kiss destacou que além de conquistar as cinco premiações, a Cia Pão Doce ficou em 2⁰ lugar na categoria de Melhor Espetáculo Digital escolhido pelo público e júri técnico. A artista agradeceu a todos que colaboram com essa trajetória de sucesso da companhia.

    Lígia Kiss recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante

    “A arte e a alegria nunca foram tão necessárias e importantes para nos mantermos de pé. É um dos meus objetivos como artista e cidadã, trabalhar para compartilhar positividade. Receber uma premiação me faz refletir mais e mais com atenção e responsabilidade artística. A Cia Pão Doce existe há 19 anos, muitos dos artistas aqui da cidade colaboraram ou colaboram para essa existência. Desde 2014 com a estreia da ‘Casatoria c’a defunta’ nós seguimos conquistando em festivais, editais, mostras de cultura, premiações. Isso tudo é dedicação, foco e gratidão aos parceiros que somam conosco nessa caminhada”, declarou.

    A Cia Pão Doce de Teatro desenvolve desde 2002 projetos na área de artes cênicas, música, audiovisual e dramaturgia e atualmente está em cartaz virtualmente com o espetáculo “Canções daqui, contos do mundo”. Esse foi o primeiro projeto disponibilizado no canal oficial da Prefeitura de Mossoró no YouTube. O espetáculo é um dos projetos realizados com recursos do Prêmio Fomento de Incentivo à Cultura Maurício de Oliveira 2019.

  • Sobre ,

    “Mossoró Verde”: Prefeitura planta mudas em canteiros do bairro Barrocas

    Na manhã desta quarta-feira (13), a Prefeitura de Mossoró promoveu ações de plantio de mudas em canteiros do bairro Barrocas. A iniciativa faz parte do programa “Mossoró Verde”, que visa a arborização do munícipio. A meta do programa é em até 4 anos, dotar os canteiros centrais da cidade de vegetação nativa.

    O programa também mobiliza a população ao título de “Amigo Verde”. Trata-se de pessoa física ou jurídica, ou grupo da sociedade civil que ficará responsável pelas ações e iniciativas de manutenção dos plantios e instalações feitas.

    Produção e distribuição

    O Programa “Mossoró Verde” tem o objetivo de tornar Mossoró mais arborizada, ocupando áreas verdes e oportunizando alcançar uma cidade sustentável. O programa da Prefeitura de Mossoró prevê a produção de 25 mil mudas ao ano, com distribuição de 10 mil mudas à população.

    A distribuição de mudas à população acontece semanalmente, todas as sextas-feiras e sábados, das 8h às 11h, no Parque Municipal Professor Maurício de Oliveira, no bairro Centro.

  • Sobre ,

    Ópera cômica “O Empresário” estreia dia 15 em Mossoró

    Mossoró terá pela primeira vez uma ópera a partir do projeto pioneiro da Companhia Lyricus, que apresentará o espetáculo “O Empresário”, no período de 15 a 17 de outubro, no Teatro Lauro Monte Filho. O espetáculo reúne a música erudita, o teatro, a dança, a literatura e é uma livre adaptação em português da ópera em 1 ato “Der Schauspieldirektor”, de W. Amadeus Mozart. A companhia Lyricus deu um toque mossoroense à trama da montagem que entrará para a história cultural da cidade. A ópera “O Empresário” foi contemplada com recursos da Lei Aldir Blanc, da Prefeitura de Mossoró.

    Claudia Max, diretora-geral do espetáculo, destacou que mesmo sendo gênero musical e uma expressão artística existente desde o século XVII com sucesso até hoje na Europa e outras partes do mundo, incluindo o Brasil, havia uma lacuna em relação à ópera em Mossoró.

    “Por a gente não ter essa tradição da música erudita aqui em Mossoró, pelo menos nunca houve a montagem de uma ópera. Então, como eu sou educadora musical, musicista, professora de canto, trabalho com espetáculos de música popular e música erudita, eu sinto falta de um trabalho de base, de um trabalho que venha proporcionar mais uma qualidade, que venha diversificar a nossa cultura, enriquecer a nossa cultura. Então, eu pensei em fazer a montagem de uma obra que é uma coisa inédita em Mossoró, porque eu acho que em toda parte do mundo a gente precisa ter todas as vertentes de música de qualidade e a ópera é um espetáculo completo. Ela é a junção de todas as artes, da literatura, da dança, da música, do teatro. É uma riqueza muito grande que Mossoró tinha essa lacuna e a partir de agora com esse trabalho pioneiro na montagem da ópera O Empresário, que é a primeira montagem de ópera de Mossoró. Para nós é um motivo de muita alegria”, ressaltou a diretora.

    A ópera é um história que traz elementos do teatro, mas além de ser contada com elementos cênicos também é cantada. Uma das vertentes mais conhecidas atualmente é o teatro musical da Broadway, que teve origem a partir da ópera. A diferença é que a ópera tem como base a música lírica e o teatro musical envolve a música popular. “Se não fosse a ópera não existiria o teatro musical. Na verdade, o teatro musical da Broadway bebeu na fonte da ópera”, afirmou Claudia Max.

    Toque mossoroense

    Embora a obra tenha sido escrita há 235 anos e com estreia em 1786, a ópera ainda traz uma trama com enredo bastante atual, pois trata-se de uma comédia, onde um empresário apaixonado pelas artes quer montar uma ópera em sua cidade, mas está desmotivado por falta de recursos e surge um banqueiro para patrocinar e junto com ele as cantoras líricas disputando para ser a “Prima Donna” da montagem. A Companhia Lyricus fez uma adaptação dentro da nossa realidade no texto originalmente escrito em alemão, que na ópera mossoroense será na versão em português. As músicas receberam versões em português feitas por Claudia Max para melhor entendimento da história.

    “Ela fala de situações corriqueiras que acontecem nas melhores montagens de teatro e espetáculos do Brasil. Ela fala da falta de apoio, da dificuldade de se conseguir o patrocínio, ela fala do ego de artistas. A gente traz uma reflexão sobre o etarismo, a gente traz uma reflexão sobre a diferença, da importância do artista dele ser como ele é, a importância de todo mundo ter o seu lugar ao sol. Traz a discussão da questão do preconceito, da questão da discussão de gênero. Então, a gente traz tudo isso pra uma realidade atual que já acontecia nos tempos de Mozart”, destacou.

    O enredo narra a trama da montagem de uma ópera desde seus bastidores em uma comédia que envolve a vida e a relação entre os artistas com mais variados dilemas e conflitos. São seis personagens: Frank (diretor interpretado por Leo Wagner); Bufos (assistente interpretado por André de Lima); Madame Truckerre (Tatyana Xavier); Mademoiselle Pantim (Nana Sousa); Mademoiselle Dukupuar (Kleiton D’Araújo); e Hélios (banqueiro interpretado por Marcos Vinicius).

    “Na nossa adaptação a gente alterou o nome dos personagens até para melhor assimilação. A gente trabalha com a nossa linguagem, no mossoroês, digamos assim. Então, por exemplo, tem uma personagem que é muito cheia de truques, é muito cheia de artimanhas que rebatizamos de Madame Truckerre, que é cheia de truques e deu essa conotação um pouco francesa para ficar mais chique. É uma comédia, é uma ópera cômica que às vezes a gente acha que ópera é sempre uma coisa triste, é uma coisa melancólica, pesada… Essa é uma ópera leve, como se diz no linguajar musical, é uma ópera-bufa. Eu acredito que vai agradar a todo mundo”, disse Claudia Max, que também é diretora artística da ópera.

    A ópera “O Empresário” estreia às 20h da sexta-feira (15), no Teatro Lauro Monte Filho. O espetáculo será apresentado no mesmo horário e local no sábado (16) e no domingo (17). Os ingressos estão sendo vendidos a preço popular no valor de R$ 20. Os ingressos podem ser adquiridos na Escola de Artes de Mossoró, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A Secretaria Municipal de Cultura apoia a ópera e o projeto foi patrocinado no edital do chamamento público nº 005/2020 da Lei Aldir Blanc.

    Sobre a Companhia Lyricus

    A Companhia Lyricus surgiu em 2017, a partir das professoras Claudia Max e Tatyana Xavier, como estratégia de fomentar o canto lírico na cidade de Mossoró. O grupo vem desenvolvendo um trabalho tanto a vertente do canto erudito quanto a vertente da MPB e de grandes clássicos da música universal de todos os tempos. A partir desse trabalho pioneiro e de excelência, a Companhia Lyricus vem se destacando no cenário artístico-musical da cidade, já tendo realizado várias apresentações, shows, musicais, produzindo grandes espetáculos, tais como Grandes Clássicos Infantis in Concert, Passione, Cantos della terra e Árias e Canções.

    Ficha Técnica:
    Músicos instrumentistas Quarteto de Cordas Mozartianos: Keyvison Danilo (primeiro violino), Isaac Rufino (segundo violino), Lucas Almeida (viola), Jonathan Rodrigues (violoncelo);
    Pianista convidado: Heber Jamin;
    Direção artística, produção-geral e versão em português das músicas: Claudia Max;
    Direção musical e arranjo para orquestra de câmara: Kleiton D’Araújo;
    Direção cênica e livre adaptação do texto: Leo Wagner;
    Produção executiva: Manu Aires;
    Preparação vocal: Tatyana Xavier;
    Cenografia: Damásio Costa;
    Figurinos: Marcos Leonardo;
    Maquiagem: Joriana e Manu P.;
    Iluminação: Alex Peteka;
    Design das artes: Felipe Nobre.

    Serviço: “O Empresário” – ópera cômica de W . A. Mozart em 1 ato
    Data/hora: Dias 15, 16 e 17 de outubro, às 20h
    Local: Teatro Lauro Monte Filho, localizado em frente à Praça Vigário Antônio Joaquim, Centro
    Entrada: Ingresso custa R$ 20, à venda na Escola de Artes

  • Sobre ,

    Dose de reforço da Covid se estende a todos os profissionais da saúde em Mossoró

    A partir deste sábado (9) todos os profissionais da saúde que completaram o ciclo de vacinação da Covid (1ª e a 2ª) há pelo menos seis meses, podem tomar a dose de reforço (3ª dose). Baixou também a idade para os idosos. A aprtir de agora idoso com 60 anos + que tomaram a 2ª dose a pelo menos seis meses, já podem tomar a dose reforço. A vacinação no sábado acontece das 8h às 16h no Ginásio do SESI. No domingo (10), no mesmo horário, a vacinação prossegue no Ginásio Municipal Pedro Ciarlini.

    O programa “Mossoró Vacina” também segue vacinando os adolescentes com 12 anos + e administrando e também está com doses disponíveis para aplicação da 2ª dose. A secretária de Saúde, Morgana Dantas reforça a importância de buscar os locais de vacinação para ser imunizado. “Todos os profissionais da saúde que completaram o seu esquema vacinal podem procurar o Ginásio do SESI neste sábado ou o Ginásio Pedro Ciarlini no domingo para tomar a sua dose de reforço”, reforçou Morgana

    O coordenador de imunizações, Etevaldo de Lima destacou ainda que o município continua realizando a busca ativa para identificar as pessoas que estão com a segunda dose em atraso e ressalta a importância de completar o esquema vacinal. “É importante lembrar que a imunização contra a Covid só pode ser considerada concluída com a 1ª e a 2ª dose.

  • Sobre ,

    Cirurgias eletivas ginecológicas são retomadas em Mossoró

    Mossoró retomou hoje o serviço de cirurgias eletivas ginecológicas no Hospital Maternidade Almeida Castro. O serviço que estava paralisado ocasionou uma fila de espera que se aproxima de 800 mulheres aguardando a oportunidade de realizar procedimentos cirúrgicos no setor de ginecologia.

    A retomada do serviço foi possível a partir de uma parceria com a Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM). Segundo registro do hospital, já estão agendados 60 procedimentos cirúrgicos no setor de ginecologia para serem realizados neste mês.

  • Sobre ,

    Sesc Mossoró retoma projeto Letra e Música nesta sexta-feira (8)

    O projeto Letra e Música está de volta ao Sesc Mossoró, nesta sexta-feira, 8, a partir das 19h, marcando a retomada das atividades culturais com presença de público no local, seguindo protocolos de biossegurança e com limite de 300 pessoas. O evento estava suspenso desde o início da pandemia e em seu retorno contará com atração musical de Tânia Turene e Banda AkaraJazz.

    O acesso ao local é mediante apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 e do Cartão Sesc RN, nas categorias Trabalhador do Comércio, Conveniado, Público em Geral e Empreendedor. Qualquer pessoa pode se associar com anuidade a partir de R$ 9,00. Além da música ao vivo, no local haverá serviço de bar e petiscos, e a liberação para o banho na piscina.

    A ideia do Letra e Música é oferecer ao público um espaço agradável e música de qualidade, e ao mesmo tempo proporcionar aos artistas da região um palco de apresentações de seus trabalhos. A artista Tânia Turene e Banda AkaraJazz se enquadram neste perfil pelo trabalho construído ao longo dos anos com o público mossoroense.

    As atrações culturais no Sesc Mossoró seguem ao longo do mês, com o retorno também do projeto Domingo Recreativo, previsto para acontecer no dia 31 e mais duas edições até dezembro. Já o Letra e Música, tem outro planejado para novembro.

    O projeto desta sexta-feira, 8, é especial pois marcará ainda a abertura da Unidade Móvel do Sesc Saúde Mulher, que permanece em Mossoró com a meta de realizar 912 exames preventivos e 912 exames de mamografias, gratuitos.

    Quem pode ter o Cartão Sesc?

    O Cartão Sesc conta com as seguintes categorias de sócio: Trabalhador do Comércio, Conveniado, Público em Geral e Empreendedor, com anuidade a partir de R$ 9,00. Para se associar e ter direito aos serviços e produtos, basta procurar a Central de Relacionamento em qualquer unidade do Sesc RN ou procurar o Espaço Digital no site da entidade (sescrn.com.br). Em caso de dúvida, existe ainda o contato telefônio: (84) 3133 0360.

    Serviço:

    O que? Letra e Música.

    Onde? Sesc Mossoró.

    Quando? Sexta-feira (8), a partir das 19 horas.

    Atração? Tânia Turene e Banda AkaraJazz.

    Acesso apresentando o Cartão Sesc em qualquer categoria.

  • Sobre ,

    Centro de Reabilitação de Mossoró passa a contar com neuropediatria

    Foram anos de espera e sofrimento de muitas mães mossoroenses que necessitam de serviço de saúde especializado em neuropediatria para seus filhos. Finalmente, na manhã desta quinta-feira (7), o Centro Especializado em Reabilitação (CER) Benômia Maria Rebouças, no bairro Santo Antônio, iniciou os atendimentos no setor de neuropediatria.

    A unidade conta a partir de agora com o serviço especializado de médico neuropediatra contratado pela Prefeitura de Mossoró para realizar os atendimentos na unidade. “Há quatro anos espero por este serviço aqui na cidade e me sinto realizada por poder, a partir de agora, fazer as consultas do meu filho aqui na cidade pelo SUS, por que antes só tínhamos essa especialidade na rede particular”. O relato é da funcionária pública Wilma Norte, 40 anos.

    SERVIÇOS OFERECIDOS NO CER – O Centro Especializado em Reabilitação de Mossoró atende mensalmente cerca de 300 pacientes entre crianças e adultos. A unidade começou a funcionar em fevereiro deste ano. A diretora do CER, Ilse Aragão, reforça que o centro atende a pacientes de todas as idades. Os serviços oferecidos na unidade são divididos em quatro especialidades: Intelectual, Física, Auditiva e Visual. A unidade dispõe de uma equipe de multiprofissionais que inclui: neuropediatra, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, assistentes sociais, entre outras especialidades.

    Os pacientes atendidos no CER apresentam, na maioria dos casos, sequelas de AVC, Parkinson, TDAH, TEA, entre outras patologias. “O serviço oferecido aqui é de grande importância, principalmente, para a famílias em vulnerabilidade social, porque é um serviço especializado e oferecido pelo SUS”, concluiu Ilse Aragão.

  • Sobre ,

    Mossoró inicia dose de reforço para profissionais da Saúde

    O programa “Mossoró Vacina”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), iniciou hoje (6) a vacinação de reforço (3ª dose) contra a Covid-19 para os profissionais que atuam na área da saúde no município. A imunização está acontecendo no Ginásio do SESI, onde também estão sendo vacinados outros grupos.

    Com a chegada de novas doses de vacina contra a Covid-19 em Mossoró, na noite de segunda-feira (4), o programa de imunização municipal também reduziu a idade para administração da dose de reforço para idosos, que antes estava atendendo a 70 anos ou mais e agora passa a vacinar com a 3ªdose idosos de 65 anos ou mais que completaram o esquema vacinal (tomaram a 1ª e a 2ª doses) há seis meses.

    Para ter acesso à dose de reforço, os profissionais, a exemplo dos idosos, devem ter completado o esquema vacinal da Covid-19 há seis meses e comprovar que estão trabalhando nas unidades hospitalares de Mossoró – hospitais e as UPAs. Além da comprovação de atuação no setor da saúde, os profissionais precisarão levar também documento com foto, comprovante de residência e cartão de vacina.

  • Sobre ,

    UPAs de Mossoró recebem treinamento para atender pacientes psiquiátricos

    A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Mossoró, através da Coordenação de Saúde Mental, vai realizar treinamentos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para profissionais que atuam no setor de urgência e emergência das unidades. A capacitação tem como objetivo preparar os trabalhadores da saúde para ofertar um acolhimento especializado e humanizado aos pacientes de saúde mental.

    O programa de capacitação começa nesta terça-feira, 05, na UPA do bairro Santo Antônio com um treinamento intensivo para a equipe de enfermagem, maqueiros e demais profissionais interessados.

    Na quarta-feira (6), a capacitação será destinada às equipes do Serviço Social, SAME, coordenação, direção e demais profissionais interessados.

  • Sobre ,

    “Mossoró Verde” distribui mudas de árvores neste sábado de manhã

    A distribuição de mudas à população é uma das ações previstas no programa “Mossoró Verde”, visa à arborização da cidade para proporcionar melhorias nas dimensões ambiental e climática. A ação é realizada todas as sextas-feiras e sábados, das 8h às 11h, no Parque Municipal Professor Maurício de Oliveira.

    O programa “Mossoró Verde” tem a meta de produção de 25 mil mudas por ano. “Deste total serão distribuídas 10 mil mudas à população e o plantio de 15 mil mudas por toda cidade. É um trabalho muito importante em parceria com a população. Desde que lançamos o programa nós estamos tendo o retorno da população que quer uma cidade verde, arborizada, que seja uma referência”, explicou Zildenice Guedes, gerente de Educação Ambiental.

    “Nós temos espécies disponíveis para o plantio em quintais, calçadas. Iremos orientar as pessoas no ato da distribuição das mudas”, acrescentou Zildenice Guedes.

    A distribuição acontece mediante um simples cadastro realizado. “O cadastro funciona da seguinte forma: nós anotamos nome completo, endereço, telefone para contato e o tipo de muda entregue”, explicou Dayanne Vieira, estagiária.

  • Sobre

    Inscrições abertas para a Corrida de Santa Luzia

    A largada da 14ª corrida de Santa Luzia vai ser realizada às5h30 do dia 5 de dezembro em frente à Catedral de Mossoró. Quem quiser participar, as inscrições estão abertas a partir desta sexta-feira, dia 01, e seguem até o dia 05 de novembro, pelo site www.tesportes.com.br.

    Segundo a empresa Tesportes, parceira da Paróquia de Santa Luzia e responsável pela organização da tradicional prova, várias novidades estão programadas para este ano, como a criação da categoria Kids, crianças de 05 a 13 anos, além da interdição de todo o percurso da corrida, garantido mais segurança aos competidores e ampliação dos dias para entrega dos kits de participação.

    “Será exigido dos participantes pelo menos a primeira dose da vacina contra Covid-19 e estaremos cumprindo as exigências das autoridades sanitárias como a utilização da máscara, só retirando na hora da largada, além da utilização do álcool e gel”, informou Sebastião Lucena, mais conhecido como Tião da Tesportes.

    Conforme o regulamento da corrida, o percurso terá duas distâncias: 5 km e 10 km, com participação de pessoas de ambos os sexos. A idade mínima para participação é de 14 anos (5 km) e 18 anos (10 Km).

    A organização está comercializando o primeiro lote, com inscrição no valor de R$ 80.

    Na corrida Kids podem participar crianças dos 5 aos 13 anos. Esse grupo fará um percurso de 50 a 200 metros, não havendo premiação, mas, sim, medalhas como forma de incentivo à prática esportiva.

    Os atletas inscritos terão duas opções de Kits: Kit completo (camiseta, número no peito, chip, sacola e medalha) e o Kit medalha (número no peito, chip, sacola e medalha).

    Regulamento, informações e a própria inscrição no site da Tesportes.

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.