Últimas histórias

  • Sobre ,

    Governo do RN assina acordo de cooperação para asfaltar Estrada do Melão

    A governadora Fátima Bezerra assinou na terça-feira (05) o acordo de cooperação técnica com a Codevasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – para as obras de pavimentação de 15 quilômetros da “Estrada do Melão”, de fundamental importância para o escoamento da fruticultura e da produção da agricultura familiar praticada nos vários assentamentos de trabalhadores rurais da região de Mossoró e Baraúna.

    A Estrada do Melão tem 31 quilômetros e está subdividida em três trechos. O primeiro, com extensão de nove quilômetros, será asfaltado pela Codevasf, conforme ficou acertado em reunião realizada no dia 11 de março; o segundo, de seis quilômetros, será construído pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER/RN). O terceiro foi pavimentado em 2020, com recursos do empréstimo junto ao Banco Mundial, através do Governo Cidadão. 

    Esta é a segunda grande obra viária que o governo fará em 2022 para facilitar o escoamento da produção agrícola e industrial na mesorregião Oeste. A outra é a RN-233, que interliga a BR-304, na altura de Assu, até a BR-426 em Triunfo Potiguar, totalizando 40,9 quilômetros. A estrada será totalmente reconstruída para comportar o tráfego pesado de caminhões que por lá passam diariamente, inclusive transportando equipamentos para os parques de energia eólica. 

    De acordo com o projeto de reconstrução licitado, a pista de rolamento da RN-233 terá sete metros de largura – 3,5 metros em cada faixa – e área de recuo de um metro de um lado e de outro, padrão próximo das rodovias federais. Ficará mais larga, sinalizada e segura.

    O plano de recuperação de estradas do Governo do RN prevê investimentos de R$ 47,8 milhões em 2022, recursos próprios. Esse valor não inclui a RN-233, obra de R$ 73,9 milhões, financiada pelo Banco Mundial. No ano passado o DER recuperou rodovias estaduais em todas as regiões do Estado, como a da comunidade Boi Selado, em Jucurutu. Essa estrada foi construída entre 1995 e 1996 e nunca tinha recebido manutenção adequada

  • Sobre

    Campanha “Natal pela Vida” inicia arrecadação de alimentos e materiais escolares

    A Associação dos Docentes da UERN (ADUERN) iniciou ontem  (22) a campanha “Natal Pela Vida”, uma ação social para ajudar famílias que se encontram em situação de pobreza. Até o dia 20 de dezembro, sempre de 7h30 às 12h, o sindicato estará recebendo doações de alimentos e materiais escolares que serão revertidos às famílias carentes.

    A ADUERN montou uma estrutura na sede do sindicato para recepção dos alimentos e materiais escolares e vai presentear com um brinde natalino especial quem participar da iniciativa.

    Outra forma de realizar a doação é através de uma chave PIX, que estará disponível durante os dias da campanha para depósito de valores em dinheiro, que serão revertidos na compra dos mantimentos. De acordo com o Sindicato, a chave Pix será disponibilizada nas redes sociais da entidade nos próximos dias.

  • Sobre ,

    Festival Alternativo de Cinema de Mossoró tem programação neste fim de semana na Praça dos Patins

    Um marco do audiovisual mossoroense, o Festival Alternativo de Cinema de Mossoró (Facim) promove a sétima arte e valoriza as produções audiovisuais de profissionais da terra, além de promover novos talentos. A maratona de exibições, debates, exposições e oficinas já iniciou ao longo deste mês. Nos dias 20 e 21 de novembro, o Facim terá uma programação gratuita com exibição de filmes, na Praça dos Patins Sadraque Tavares. O projeto foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc, da Prefeitura de Mossoró.

    Plínio Sá, idealizador do Facim, destacou a primeira edição do festival que faz um resgate da história do cinema em Mossoró. O Festival Alternativo de Cinema de Mossoró surgiu do anseio do ator, diretor e produtor em democratizar o acesso e a produção audiovisual.

    “É um festival todo trabalhado em cima do resgate histórico do cinema mossoroense, das casas de cinema locais, tanto que todas as categorias da nossa mostra são nomes de cinemas antigos aqui de Mossoró e vai acontecer na praça pública aberta ao público totalmente gratuito”, ressaltou Plínio Sá.

    A programação será aberta ao público a partir das 17h30 e segue até as 22h nos dias 20 e 21 com intervenção artística, exibição de filmes, roda de bate-papo sobre assuntos relacionados ao cinema com produtores e produtoras de audiovisual de Mossoró. Ainda serão realizadas rodas de conversa com profissionais de audiovisuais da cidade, abrindo as noites do Festival. Evelyn Freitas, Wigna Ribeiro, Lígia Kiss, Madson Ney, Esdras Marchezan estarão presentes nos bate-papos.

    O Facim tem seis categorias de seleção de filmes, sendo que todas foram nomeadas em homenagem aos cinemas antigos da cidade: Cine Cid (categoria competitiva para filmes de ficção); Cine Imperial (categoria competitiva para a produção de documentários); Cine Rivoli (competitiva para videoclipes); Cine Pax (não-competitiva livre); Cine Caiçara (competitiva livre); e o Cine Centenário (categoria destinada à produção mossoroense).

    Festival Alternativo de Cinema de Mossoró
    Dias 20 e 21 de novembro, a partir das 17h30
    Local: Praça dos Patins Sadraque Tavares

  • Sobre

    Prefeitura de Mossoró abre inscrições para curso gratuito de panificação

    A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC), aderiu ao Programa Emprega Mais, que oferta cursos de qualificação profissional de acordo com as demandas do mercado de trabalho. O primeiro curso será sobre panificação e tem inscrições abertas de hoje (16) até a próxima sexta-feira (19).

    O objetivo do curso, com carga horária de 240 horas, é oferecer mão de obra qualificada para a indústria através de cursos de capacitação na área da panificação, com a produção de pães doces, semidoces, salgados, bolos, biscoitos, bolachas, e etc.

    As inscrições podem ser realizadas no Setor de Programas e Projetos da Secretaria de Assistência Social e Cidadania. O interessado em participar do curso deve levar xerox de RG e CPF, além de comprovante de residência e escolaridade (ensino médio). A idade mínima é de 18 anos.

  • Sobre ,

    Mossoró realiza drive-thru para coleta de materiais recicláveis neste sábado (13)

    A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB), promoverá no próximo sábado (13), às 8h, em frente ao Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, um drive-thru para coleta de materiais recicláveis.

    Resíduos como papel, papelão, metal, plástico, vidro e alumínio serão coletados e destinados às cooperativas e associações de recicladores , segundo explicou a gerente de Educação Ambiental de Mossoró, Zildenice Guedes.

    Além de receber os resíduos, as equipes do município também realizarão doações de mudas de árvores à população.

    Serviço:

    Drive-thru de recicláveis

    Coleta de materiais recicláveis

    (papel, papelão, metal, plástico, vidro)

    Data: 13/11/2011 (sábado)

    Horário: 8h às 12h

    Local: Em frente ao Teatro Municipal Dix-Huit Rosado

  • Sobre , ,

    Cia A Máscara de Teatro estreia espetáculo audiovisual “Desassossegos” nesta quinta-feira (28)

    A Companhia A Máscara de Teatro terá estreia nacional do espetáculo “Desassossego” , nesta quinta-feira (28). A partir das 20h, no canal da Máscara de Teatro no YouTube. O espetáculo audiovisual aborda o universo da reflexão do que lhe incomoda, tira do sério, perde o norte e as estribeiras. Toda inquietude vivenciada pelas pessoas na pandemia compõe o enredo de “Desassossego”.

    Uma proposta inédita para o currículo da companhia, iniciada a partir da pesquisa de construção do saber piagetiano “baseado no equilíbrio e desequilíbrio e na evolução do sujeito de um conhecimento menor para o maior, e desemboca no livro dos Desassossegos de Fernando Pessoa, um título fragmentário, sempre em estudo por parte dos críticos pessoanos, havendo interpretações diferentes sobre o modo de organizar o livro. Quer desassossego maior?”, destaca a professora e atriz Luciana Duarte.

    A montagem do espetáculo buscou no incômodo silêncio das portas fechadas, nas pessoas trancadas em casa, e no temor da contaminação pelo vírus, a efervescência necessária para ser materializada em uma peça de audiovisual, “nos suspiros animadores que encontramos com a queda dos índices de contaminação e com o avanço da vacinação do elenco e equipe de montagem, avançamos nas gravações” explicou o ator Jeyzon Leonardo.

    O ator também aponta que grande parte do trabalho acontecia de maneira remota via plataformas de videoconferência entre o elenco e o diretor Marcelo Flecha, que embora estivesse em São Luís –MA, coordenava os trabalhos com a mesma maestria de sua presença física.

    Para Marcelo Flecha, “Desassossegos” é “uma obra que apresenta as possibilidades, competências e qualidades que o coletivo tem para entregar arte nas condições impostas pela pandemia”.

    Segundo o diretor, o trabalho não está encerrado, o que será apresentado é o que o diretor chama de abertura de processo, e o espetáculo presencial é um projeto urgente para uma obra que tem a valentia “em evitar o atrito entre teatro e audiovisual, e se entregou às necessidades demandadas pela peça, sem buscar a roçadura incômoda do enquadramento, se teatro remoto, se audiovisual, se teatro gravado, se processo. Cada um de nós deve sentir a certeza da qualidade entregue, e a profunda satisfação de ter realizado um trabalho honesto, digno, e muito, muito potente”, afirma Marcelo Flecha.

    A estreia nacional de Desassossego acontecerá nesta quinta-feira (28), às 20h, no canal da Máscara de Teatro no YouTube. Após a exibição, o diretor e elenco aguardam o público para um bate-papo on-line e aberto a todos os espectadores interessados em discutir o trabalho em uma videoconferência pela plataforma Google Meet, o link será disponibilizado na descrição do vídeo.

    O projeto está sendo executado com recursos do Prêmio Fomento de Incentivo à Cultura Maurício de Oliveira 2019, da Prefeitura de Mossoró, via Secretaria Municipal de Cultura e no edital de Fomento à Cultura Potiguar 2019.

    FICHA TÉCNICA
    Direção:
     Marcelo Flecha
    Produção Executiva: Luciana Duarte
    Dramaturgia: Marcelo Flecha, Luciana Duarte e Jeyzon Leonardo
    Elenco: Luciana Duarte, Jeyzon Leonardo, Marcelo Flecha e Andreilson de Castro
    Captação de Imagens: Andreilson de Castro (Marcelo Flecha – Leitura da justificativa)
    Edição de Vídeo e Áudio: Andreilson de Castro
    Designer Gráfico: Jeyzon Leonardo
    Realização: Cia A Máscara de Teatro

  • Sobre ,

    Mossoró alcança 51% da população totalmente vacinada

    Dados do programa estadual RN Mais Vacina apontam que a cidade de Mossoró alcançou 51% da população totalmente vacinada contra a Covid-19. Segundo o levantamento, 155.350 mossoroenses já completaram o esquema vacinal com a 1ª e 2ª doses. Os números mostram resultados positivos do programa ‘Mais Vacina’, desenvolvido pela Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Saúde.

    A vacinação contra a Covid acontece diariamente no município, incluindo os dias de sábado, domingo e feriados. De segunda a sábado, a população tem acesso à vacinação da Covid no Ginásio do SESI, das 8h às 16h, e nos domingos e feriados a vacinação acontece no Ginásio de Esporte Pedro Ciarlini, também das 8h às 16h.

    A população de Mossoró que tem dificuldade de locomoção também tem acesso à vacinação da Covid nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) através do sistema de agendamento. Segundo a secretária de Saúde Morgana Dantas, a vacinação da Covid é disponibilizada também nas UBSs para atender às pessoas que não têm como se deslocar até os ginásios do Sesi ou Pedro Ciarlini. “A população que tem dificuldade de locomoção também pode ser vacinada nas Unidades Básicas de Saúde, basta que faça um agendamento”, explicou Morgana.

    VACINAÇÃO – A imunização contra a Covid continua acontecendo com a administração da 1ª dose, 2ª dose e dose de reforço para todos os profissionais de Saúde que completaram seu esquema vacinal há cinco meses e para os idosos com 60 anos acima que também completaram a vacinação há cinco meses.   

    Desde sexta-feira (22), as doses da vacina da Oxford –AstraZeneca acabaram em Mossoró, portanto, as pessoas que tomaram a primeira dose da Oxford precisam esperar a chegada de uma nova remessa. Segundo o coordenador de Imunizações do município, Etevaldo de Lima, a SESAP não deu nenhuma previsão de quando novas doses de imunizantes contra Covid chegarão a Mossoró.

  • Sobre ,

    Ópera cômica “O Empresário” estreia dia 15 em Mossoró

    Mossoró terá pela primeira vez uma ópera a partir do projeto pioneiro da Companhia Lyricus, que apresentará o espetáculo “O Empresário”, no período de 15 a 17 de outubro, no Teatro Lauro Monte Filho. O espetáculo reúne a música erudita, o teatro, a dança, a literatura e é uma livre adaptação em português da ópera em 1 ato “Der Schauspieldirektor”, de W. Amadeus Mozart. A companhia Lyricus deu um toque mossoroense à trama da montagem que entrará para a história cultural da cidade. A ópera “O Empresário” foi contemplada com recursos da Lei Aldir Blanc, da Prefeitura de Mossoró.

    Claudia Max, diretora-geral do espetáculo, destacou que mesmo sendo gênero musical e uma expressão artística existente desde o século XVII com sucesso até hoje na Europa e outras partes do mundo, incluindo o Brasil, havia uma lacuna em relação à ópera em Mossoró.

    “Por a gente não ter essa tradição da música erudita aqui em Mossoró, pelo menos nunca houve a montagem de uma ópera. Então, como eu sou educadora musical, musicista, professora de canto, trabalho com espetáculos de música popular e música erudita, eu sinto falta de um trabalho de base, de um trabalho que venha proporcionar mais uma qualidade, que venha diversificar a nossa cultura, enriquecer a nossa cultura. Então, eu pensei em fazer a montagem de uma obra que é uma coisa inédita em Mossoró, porque eu acho que em toda parte do mundo a gente precisa ter todas as vertentes de música de qualidade e a ópera é um espetáculo completo. Ela é a junção de todas as artes, da literatura, da dança, da música, do teatro. É uma riqueza muito grande que Mossoró tinha essa lacuna e a partir de agora com esse trabalho pioneiro na montagem da ópera O Empresário, que é a primeira montagem de ópera de Mossoró. Para nós é um motivo de muita alegria”, ressaltou a diretora.

    A ópera é um história que traz elementos do teatro, mas além de ser contada com elementos cênicos também é cantada. Uma das vertentes mais conhecidas atualmente é o teatro musical da Broadway, que teve origem a partir da ópera. A diferença é que a ópera tem como base a música lírica e o teatro musical envolve a música popular. “Se não fosse a ópera não existiria o teatro musical. Na verdade, o teatro musical da Broadway bebeu na fonte da ópera”, afirmou Claudia Max.

    Toque mossoroense

    Embora a obra tenha sido escrita há 235 anos e com estreia em 1786, a ópera ainda traz uma trama com enredo bastante atual, pois trata-se de uma comédia, onde um empresário apaixonado pelas artes quer montar uma ópera em sua cidade, mas está desmotivado por falta de recursos e surge um banqueiro para patrocinar e junto com ele as cantoras líricas disputando para ser a “Prima Donna” da montagem. A Companhia Lyricus fez uma adaptação dentro da nossa realidade no texto originalmente escrito em alemão, que na ópera mossoroense será na versão em português. As músicas receberam versões em português feitas por Claudia Max para melhor entendimento da história.

    “Ela fala de situações corriqueiras que acontecem nas melhores montagens de teatro e espetáculos do Brasil. Ela fala da falta de apoio, da dificuldade de se conseguir o patrocínio, ela fala do ego de artistas. A gente traz uma reflexão sobre o etarismo, a gente traz uma reflexão sobre a diferença, da importância do artista dele ser como ele é, a importância de todo mundo ter o seu lugar ao sol. Traz a discussão da questão do preconceito, da questão da discussão de gênero. Então, a gente traz tudo isso pra uma realidade atual que já acontecia nos tempos de Mozart”, destacou.

    O enredo narra a trama da montagem de uma ópera desde seus bastidores em uma comédia que envolve a vida e a relação entre os artistas com mais variados dilemas e conflitos. São seis personagens: Frank (diretor interpretado por Leo Wagner); Bufos (assistente interpretado por André de Lima); Madame Truckerre (Tatyana Xavier); Mademoiselle Pantim (Nana Sousa); Mademoiselle Dukupuar (Kleiton D’Araújo); e Hélios (banqueiro interpretado por Marcos Vinicius).

    “Na nossa adaptação a gente alterou o nome dos personagens até para melhor assimilação. A gente trabalha com a nossa linguagem, no mossoroês, digamos assim. Então, por exemplo, tem uma personagem que é muito cheia de truques, é muito cheia de artimanhas que rebatizamos de Madame Truckerre, que é cheia de truques e deu essa conotação um pouco francesa para ficar mais chique. É uma comédia, é uma ópera cômica que às vezes a gente acha que ópera é sempre uma coisa triste, é uma coisa melancólica, pesada… Essa é uma ópera leve, como se diz no linguajar musical, é uma ópera-bufa. Eu acredito que vai agradar a todo mundo”, disse Claudia Max, que também é diretora artística da ópera.

    A ópera “O Empresário” estreia às 20h da sexta-feira (15), no Teatro Lauro Monte Filho. O espetáculo será apresentado no mesmo horário e local no sábado (16) e no domingo (17). Os ingressos estão sendo vendidos a preço popular no valor de R$ 20. Os ingressos podem ser adquiridos na Escola de Artes de Mossoró, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A Secretaria Municipal de Cultura apoia a ópera e o projeto foi patrocinado no edital do chamamento público nº 005/2020 da Lei Aldir Blanc.

    Sobre a Companhia Lyricus

    A Companhia Lyricus surgiu em 2017, a partir das professoras Claudia Max e Tatyana Xavier, como estratégia de fomentar o canto lírico na cidade de Mossoró. O grupo vem desenvolvendo um trabalho tanto a vertente do canto erudito quanto a vertente da MPB e de grandes clássicos da música universal de todos os tempos. A partir desse trabalho pioneiro e de excelência, a Companhia Lyricus vem se destacando no cenário artístico-musical da cidade, já tendo realizado várias apresentações, shows, musicais, produzindo grandes espetáculos, tais como Grandes Clássicos Infantis in Concert, Passione, Cantos della terra e Árias e Canções.

    Ficha Técnica:
    Músicos instrumentistas Quarteto de Cordas Mozartianos: Keyvison Danilo (primeiro violino), Isaac Rufino (segundo violino), Lucas Almeida (viola), Jonathan Rodrigues (violoncelo);
    Pianista convidado: Heber Jamin;
    Direção artística, produção-geral e versão em português das músicas: Claudia Max;
    Direção musical e arranjo para orquestra de câmara: Kleiton D’Araújo;
    Direção cênica e livre adaptação do texto: Leo Wagner;
    Produção executiva: Manu Aires;
    Preparação vocal: Tatyana Xavier;
    Cenografia: Damásio Costa;
    Figurinos: Marcos Leonardo;
    Maquiagem: Joriana e Manu P.;
    Iluminação: Alex Peteka;
    Design das artes: Felipe Nobre.

    Serviço: “O Empresário” – ópera cômica de W . A. Mozart em 1 ato
    Data/hora: Dias 15, 16 e 17 de outubro, às 20h
    Local: Teatro Lauro Monte Filho, localizado em frente à Praça Vigário Antônio Joaquim, Centro
    Entrada: Ingresso custa R$ 20, à venda na Escola de Artes

  • Sobre ,

    Dose de reforço da Covid se estende a todos os profissionais da saúde em Mossoró

    A partir deste sábado (9) todos os profissionais da saúde que completaram o ciclo de vacinação da Covid (1ª e a 2ª) há pelo menos seis meses, podem tomar a dose de reforço (3ª dose). Baixou também a idade para os idosos. A aprtir de agora idoso com 60 anos + que tomaram a 2ª dose a pelo menos seis meses, já podem tomar a dose reforço. A vacinação no sábado acontece das 8h às 16h no Ginásio do SESI. No domingo (10), no mesmo horário, a vacinação prossegue no Ginásio Municipal Pedro Ciarlini.

    O programa “Mossoró Vacina” também segue vacinando os adolescentes com 12 anos + e administrando e também está com doses disponíveis para aplicação da 2ª dose. A secretária de Saúde, Morgana Dantas reforça a importância de buscar os locais de vacinação para ser imunizado. “Todos os profissionais da saúde que completaram o seu esquema vacinal podem procurar o Ginásio do SESI neste sábado ou o Ginásio Pedro Ciarlini no domingo para tomar a sua dose de reforço”, reforçou Morgana

    O coordenador de imunizações, Etevaldo de Lima destacou ainda que o município continua realizando a busca ativa para identificar as pessoas que estão com a segunda dose em atraso e ressalta a importância de completar o esquema vacinal. “É importante lembrar que a imunização contra a Covid só pode ser considerada concluída com a 1ª e a 2ª dose.

  • Sobre ,

    Sesc Mossoró retoma projeto Letra e Música nesta sexta-feira (8)

    O projeto Letra e Música está de volta ao Sesc Mossoró, nesta sexta-feira, 8, a partir das 19h, marcando a retomada das atividades culturais com presença de público no local, seguindo protocolos de biossegurança e com limite de 300 pessoas. O evento estava suspenso desde o início da pandemia e em seu retorno contará com atração musical de Tânia Turene e Banda AkaraJazz.

    O acesso ao local é mediante apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 e do Cartão Sesc RN, nas categorias Trabalhador do Comércio, Conveniado, Público em Geral e Empreendedor. Qualquer pessoa pode se associar com anuidade a partir de R$ 9,00. Além da música ao vivo, no local haverá serviço de bar e petiscos, e a liberação para o banho na piscina.

    A ideia do Letra e Música é oferecer ao público um espaço agradável e música de qualidade, e ao mesmo tempo proporcionar aos artistas da região um palco de apresentações de seus trabalhos. A artista Tânia Turene e Banda AkaraJazz se enquadram neste perfil pelo trabalho construído ao longo dos anos com o público mossoroense.

    As atrações culturais no Sesc Mossoró seguem ao longo do mês, com o retorno também do projeto Domingo Recreativo, previsto para acontecer no dia 31 e mais duas edições até dezembro. Já o Letra e Música, tem outro planejado para novembro.

    O projeto desta sexta-feira, 8, é especial pois marcará ainda a abertura da Unidade Móvel do Sesc Saúde Mulher, que permanece em Mossoró com a meta de realizar 912 exames preventivos e 912 exames de mamografias, gratuitos.

    Quem pode ter o Cartão Sesc?

    O Cartão Sesc conta com as seguintes categorias de sócio: Trabalhador do Comércio, Conveniado, Público em Geral e Empreendedor, com anuidade a partir de R$ 9,00. Para se associar e ter direito aos serviços e produtos, basta procurar a Central de Relacionamento em qualquer unidade do Sesc RN ou procurar o Espaço Digital no site da entidade (sescrn.com.br). Em caso de dúvida, existe ainda o contato telefônio: (84) 3133 0360.

    Serviço:

    O que? Letra e Música.

    Onde? Sesc Mossoró.

    Quando? Sexta-feira (8), a partir das 19 horas.

    Atração? Tânia Turene e Banda AkaraJazz.

    Acesso apresentando o Cartão Sesc em qualquer categoria.

  • Sobre ,

    Centro de Reabilitação de Mossoró passa a contar com neuropediatria

    Foram anos de espera e sofrimento de muitas mães mossoroenses que necessitam de serviço de saúde especializado em neuropediatria para seus filhos. Finalmente, na manhã desta quinta-feira (7), o Centro Especializado em Reabilitação (CER) Benômia Maria Rebouças, no bairro Santo Antônio, iniciou os atendimentos no setor de neuropediatria.

    A unidade conta a partir de agora com o serviço especializado de médico neuropediatra contratado pela Prefeitura de Mossoró para realizar os atendimentos na unidade. “Há quatro anos espero por este serviço aqui na cidade e me sinto realizada por poder, a partir de agora, fazer as consultas do meu filho aqui na cidade pelo SUS, por que antes só tínhamos essa especialidade na rede particular”. O relato é da funcionária pública Wilma Norte, 40 anos.

    SERVIÇOS OFERECIDOS NO CER – O Centro Especializado em Reabilitação de Mossoró atende mensalmente cerca de 300 pacientes entre crianças e adultos. A unidade começou a funcionar em fevereiro deste ano. A diretora do CER, Ilse Aragão, reforça que o centro atende a pacientes de todas as idades. Os serviços oferecidos na unidade são divididos em quatro especialidades: Intelectual, Física, Auditiva e Visual. A unidade dispõe de uma equipe de multiprofissionais que inclui: neuropediatra, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, assistentes sociais, entre outras especialidades.

    Os pacientes atendidos no CER apresentam, na maioria dos casos, sequelas de AVC, Parkinson, TDAH, TEA, entre outras patologias. “O serviço oferecido aqui é de grande importância, principalmente, para a famílias em vulnerabilidade social, porque é um serviço especializado e oferecido pelo SUS”, concluiu Ilse Aragão.

  • Sobre ,

    Mossoró inicia dose de reforço para profissionais da Saúde

    O programa “Mossoró Vacina”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), iniciou hoje (6) a vacinação de reforço (3ª dose) contra a Covid-19 para os profissionais que atuam na área da saúde no município. A imunização está acontecendo no Ginásio do SESI, onde também estão sendo vacinados outros grupos.

    Com a chegada de novas doses de vacina contra a Covid-19 em Mossoró, na noite de segunda-feira (4), o programa de imunização municipal também reduziu a idade para administração da dose de reforço para idosos, que antes estava atendendo a 70 anos ou mais e agora passa a vacinar com a 3ªdose idosos de 65 anos ou mais que completaram o esquema vacinal (tomaram a 1ª e a 2ª doses) há seis meses.

    Para ter acesso à dose de reforço, os profissionais, a exemplo dos idosos, devem ter completado o esquema vacinal da Covid-19 há seis meses e comprovar que estão trabalhando nas unidades hospitalares de Mossoró – hospitais e as UPAs. Além da comprovação de atuação no setor da saúde, os profissionais precisarão levar também documento com foto, comprovante de residência e cartão de vacina.

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.