Últimas histórias

  • Sobre , ,

    Enem 2024: prazo para inscrições termina nesta sexta-feira (14)

    Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Ministério da Educação pede aos candidatos que fiquem atentos ao cronograma que foi alterado de forma a garantir a participação dos estudantes do Rio Grande do Sul, prejudicados pelas enchentes que, desde o final de abril, atingem o estado.

    Para se inscrever, os estudantes devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro na conta gov.br. A taxa de inscrição é de R$ 85, e deve ser paga até 19 de junho. O Inep aplicará as provas em 3 e 10 de novembro, nas 27 unidades federativas.

    De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as solicitações de atendimento especializado e tratamento por nome social também vão até 14 de junho.

    “Com essa decisão, nós queremos ampliar ainda mais as oportunidades para que os jovens façam o Enem, que é a porta de entrada para a graduação. Estudantes do Rio Grande do Sul e de todo o Brasil agora têm mais uma semana para se inscrever, pela Página do Participante. Quem está concluindo o ensino médio em escola pública não paga taxa de inscrição”, informou, por meio de nota, o ministro da Educação, Camilo Santana.

    O Ministério da Educação divulgou balanço contabilizando que praticamente 100% dos concluintes do ensino médio da rede pública estão inscritos no Enem em estados como Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

    No Rio Grande do Sul, embora a rede de ensino ainda esteja em recuperação das enchentes, mais de 70% dos formandos da rede pública estão inscritos, segundo o MEC.

    Com informações da Agência Brasil

  • Sobre ,

    Instituto Ágora abre seleção para bolsas de ensino de Língua Alemã

    O Instituto Ágora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas para a seleção de duas vagas de bolsas de ensino de língua alemã, com início das atividades no segundo semestre deste ano.As inscrições vão até o dia 1º de junho. 

    Os Interessados em participar do processo seletivo devem enviar a documentação exigida para o e-mail wiebke.xavier@ufrn.com, conforme detalhado no edital disponível no site do CCHLA.

    Os documentos precisam ser digitalizados e anexados ao e-mail de inscrição, que deve incluir o nome completo, CPF, data de nascimento e número de matrícula na UFRN.

    A prova oral será realizada no dia 4 de junho, às 9h, na sala 20 do Instituto Ágora. Os candidatos devem entregar um plano de aula e apresentar um planejamento de 25 minutos em alemão sobre o tema da Lição 4 Menschen und Häuser, do manual didático Studio [21] A1.

    Leia aqui o edital da seleção.

  • Sobre , , , ,

    Jogo digital ajuda mulheres gestantes

    Um programa de computador representado na forma do jogo amarelinha, como um jogo educativo e instrutivo que poderá ser usado por parturientes em trabalho de parto, gestantes em pré-natal e indução, como também por puérperas. Esse foi o resultado de uma pesquisa de mestrado profissional em práticas de saúde e educação do programa de Pós-graduação em Saúde e Sociedade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que rendeu o registro junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

    O estudo contou com as contribuições de Ana Paula Ferreira de Souza, Simone Pedrosa Lima e Alexandre Jackson de Morais Gamado, trio de autores vinculados à Escola de Saúde da UFRN, e foi denominado Jogoparto. Na sua concepção, o jogo possui 10 casas e o céu, com enfoque em cinco áreas: orientações, linguagem (Cordel), lúdico (desenhos e cores), métodos não farmacológicos de alívio da dor e períodos do parto. Segundo os pesquisadores, o objetivo que norteou o desenvolvimento do programa de computador foi promover, de forma educativa, lúdica e digital, a autonomia e o protagonismo da mulher nas boas práticas do parto e nascimento.

    Para tanto, escolhas como a comunicação baseada no cordel, com uma linguagem mais coloquial e lúdica, bem como o uso propriamente, a partir do uso de botões intuitivos, demonstram a preocupação de fazer o programa acessível, independente do grau de instrução das gestantes. O jogo será acessado a partir de um link e senha em uma plataforma on-line, podendo ser utilizado em aparelhos móveis e computadores conectados a um monitor ou tela de televisão.

  • Sobre , , , ,

    Laboratório da UFRN busca voluntários para pesquisa sobre controle da asma

    O Laboratório de Avaliação e Intervenção Respiratória da UFRN (LAIRE) está em busca de voluntários que tenham entre 7 e 17 anos de idade e possuam diagnóstico de asma. Os interessados em participar vão contribuir com o desenvolvimento de uma ferramenta de controle da doença. O objetivo da pesquisa é auxiliar crianças, e seus responsáveis, na avaliação contínua do controle dessa condição médica, além de permitir acesso às informações personalizadas.

    Esta pesquisa objetiva conseguir a validação de uma nova ferramenta de avaliação, suporte e controle da asma, denominada q-ASMA e d-ASMA, atendendo às diferentes faixas etárias da população brasileira. Tal ferramenta tem o potencial de auxiliar no cuidado da doença e no controle de seus sintomas, tornando o tratamento personalizado e eficaz para todos os pacientes.

    Segundo a professora Karla Morgana, do Departamento de Fisioterapia (DFST), e coordenadora do LAIRE, existem alguns questionários para avaliar o controle dessa doença, mas nenhum deles foi desenvolvido no Brasil, apenas adaptados de outros países. “Para que a pessoa tenha uma boa qualidade de vida é imprescindível que o controle da asma seja alcançado. Destaca-se a necessidade de uma avaliação adequada, acesso ao tratamento e conhecimento do paciente para adequado manejo”, explica.

    Para participar, basta atender aos pré-requisitos, entrar em contato pelo WhatsApp (84) 99924-1048 e falar com Juliana Souza. Ao final da pesquisa, os participantes receberão um e-book contendo informações importantes a respeito da asma; um plano para a regulação da doença; e um relatório com recomendações baseadas nas avaliações durante os estudos.

    Asma

    A asma é uma doença crônica que afeta as vias respiratórias inferiores, especialmente os brônquios – canais por onde o ar passa até chegar aos pulmões – ocasionando inflamação, inchaço e produção de muco, causando dificuldade para respirar, dor no peito, tosse e respiração ofegante. Sem cura conhecida, ainda não existe uma causa para a asma, estando atribuída a fatores genéticos, histórico familiar e situações ambientais.

  • Sobre , , , ,

    Estudantes de Tibau participam da maior feira de ciência e engenharia do mundo

    Duas estudantes do município de Tibau estarão representando o Brasil e o Rio Grande do Norte na Regeneron ISEF (International Science and Engineering Fair), que acontece entre os dias 11 a 17 de maio, em Los Angeles, Califórnia (EUA), considerada a maior feira pré-universitária de ciências do mundo.

    Elas foram premiadas na Mostratec (Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia), que é considerada a maior feira de jovens pesquisadores da América Latina. 

    A Mostratec é a feira brasileira mais antiga que participa desse importante evento científico. Desde 1993, quando fez sua estreia, não deixou de comparecer no evento.

    Passados 30 anos, mais uma vez uma delegação de finalistas brasileiros, credenciados pela Mostratec, representará o país na ISEF. São 12 estudantes oriundos de diferentes Estados da federação.

    Conheça o projeto do Rio Grande no Norte que foi credenciado através da Mostratec:

    Sea Sponge

    Estudantes: Alice Keroly Diógenes Araúje (18) e Mayara Louise de Oliveira Silva (19)

    Orientadora: Yandra Thais Rocha da Mota

    Instituição: Escola Estadual Rui Barbosa

    A exploração petrolífera envolve atividades com alto índice de poluição que podem prejudicar a qualidade da água, do solo, do ar e, consequentemente, a qualidade de vida dos seres vivos. A dependência energética mundial pautada nessa indústria causa grande exposição a desastres ambientais nas áreas exploradas, o que torna urgente a intensificação das pesquisas em busca de uma solução nesse campo. Este projeto visa identificar e reduzir os índices de vazamentos de óleo no ambiente marinho, além de reduzir os números de resíduos orgânicos descartados indevidamente na cidade de Tibau-RN. Dessa forma decidiu-se produzir uma esponja com a finalidade de reter óleos encontrados no mar, e nas aguas residuais, e simultaneamente reutilizar a fibra do coco e o resíduo de camarão encontrado em nossa região costeira, ajudando o meio ambiente e a população em geral que sofre com essa catástrofe.

  • Sobre , ,

    Ceres UFRN marca o Dia dos Povos Indígenas com roda de conversa

    Discutir a ancestralidade indígena no Seridó e as retomadas de territórios ancestrais na região. Esse é o objetivo da 2ª Roda de Conversa Seridó e Território Indígena, que acontece no dia 18 de abril no anfiteatro do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), em Caicó. As inscrições serão realizadas presencialmente no evento, das 8h às 11h.

    A conversa é conduzida pela ativista Taciana Akripe Y’Wán, pelo músico Julhin de Tia Lica e pelo professor da educação básica Veranilson Santos Pereira, que debaterão a história indígena no Seridó. A ação foi organizada com o apoio de pessoas indígenas e de pesquisadores dos cursos de História, de Pedagogia e de Geografia do Ceres.

    O evento marca o Dia dos Povos Indígenas, celebrado em 19 de abril, e o Abril Indígena, um conjunto de atividades voltadas para dar visibilidade e valorizar a cultura, a história, a diversidade e a resistência dos povos indígenas do Brasil.

    Para Leandro Cavalcante, professor do Ceres e coordenador da roda de conversa, a ação é uma forma de lançar luz aos desafios na demarcação da territorialidade indígena. “O evento é importante para evidenciar a existência e a resistência das populações indígenas do Seridó, uma região marcada por séculos de opressão, violência, extermínio e invisibilização de seus povos originários”, declara.

    Já Helder Macedo, professor do Ceres que será o mediador do evento, afirma que a roda de conversa é relevante para o Seridó por ser uma região que teve sua história construída a partir do apagamento das sociedades nativas e que, recentemente, vem se atentando mais à presença indígena no território. Para o pesquisador, fatores chaves para essa mudança são as pesquisas desenvolvidas no Ceres acerca da história indígena durante o período colonial e o crescente número de pessoas autodeclaradas indígenas no Seridó.

    Para mais informações, acesse o Instagram do evento.

  • Sobre , , ,

    UFRN oferta aulas de Aikido

    Com o objetivo de aperfeiçoar habilidades dos participantes, além de ajudar na evolução pessoal dos alunos por meio de uma prática que promove experiências educativas, a UFRN oferta aulas de Aikido, arte marcial japonesa. Os encontros do grupo de treinamento acontecem nas salas de luta do Ginásio Poliesportivo da Universidade, às terças e sextas-feiras em dois horários:  das 11h às 12h30 e das 20h às 21h30; e quinta-feira, das 20h às 21h30.

    Para participar é necessário ter idade mínima de 18 anos e estar em boas condições de saúde. As inscrições são realizadas via WhatsApp pelos números: (84) 99898-5012 – Marcel Alves ou (84) 99915-1417 – Rodrigo Maia. As aulas são abertas à comunidade interna e externa à UFRN.

    O projeto é coordenado pelo professor Marcel Alves, do Departamento de Educação Física (DEFIS/UFRN). O docente, que é faixa preta 1º grau em aikido, está à frente do projeto desde 2015. Participam também a professora Isabel Mendes (DEFIS/UFRN) e membros do Complexo de Esportes e Eventos da UFRN (COESPE). O grupo de treinamento é supervisionado pelo instrutor Manoel Bisneto, faixa preta 3º grau. 

    Durante as práticas, homens e mulheres treinam juntos. Os movimentos praticados são eficientes para defesa pessoal e devem seguir sempre a orientação da não-violência, respeitando a integridade de cada um dos colegas. As aulas promovem o conhecimento e a prática do Aikido, além de beneficiar a saúde dos alunos

    Aikido é uma arte de autocontrole físico e mental que ajuda os seus praticantes (Aikidokas) a descobrirem mais sobre si. O treino da arte marcial se baseia na recepção e na anulação de ataques e não no gesto de atacar por iniciativa própria.

  • Sobre , , , ,

    Escolas da rede municipal de Macaíba recebem projeto de xadrez Check Mate

    As secretarias municipais de Esporte e de Educação de Macaíba estão desenvolvendo a extensão do projeto Check Mate nas escolas da rede municipal de ensino. A ação visa incrementar atividades complementares aos alunos e possibilitar a captação de talentos nas unidades escolares, para a disputa de torneios e campeonato por todo o Estado, e até pelo Brasil, levando o nome de Macaíba.

    O jogo de xadrez traz inúmeros benefícios aos que o praticam, ultrapassa a diversão, sendo um poderoso exercício cerebral, desenvolvendo o raciocínio matemático e o pensamento crítico, além de melhorar a imaginação, criatividade e comunicação.

    A atividade substitui uma aula de recreação pela prática do xadrez. O projeto atende mais de 1200 estudantes da rede municipal de ensino, e acontece em três escolas, sendo elas: Escola Municipal Auta de Souza e Escola Municipal Pinheiro Borges e na Escola Municipal Augusto Severo.

    “O esporte em si já traz benefícios para os alunos, seja relacionado a saúde física e mental, seja na disciplina. O xadrez mais ainda, porque envolve concentração, raciocínio lógico, entre outras capacidades, o que o torna uma ferramenta pedagógica extremamente eficaz e que inside no rendimento escolar de forma muito direta. Em 2023 todos os alunos do projeto cheque mate que fizeram a prova do IFRN, entraram na instituição”, relatou o secretário municipal de Esportes, Sócrates Garcia.

  • Sobre , , , ,

    CREF16/RN lança livro com artigos de educadores físicos de todo o Brasil

    Ficar parado não é uma opção! É com esse pensamento que os Conselhos Federal e Regionais de Educação Física promovem, pelo terceiro ano consecutivo, o Abril Verde: mês de combate ao sedentarismo. A campanha também acontece em alusão ao Dia Mundial da Atividade Física (6 de abril) e ao Dia Mundial da Saúde (7 de abril).

    Dentro da programação na capital potiguar, o Conselho Regional de Educação Física da 16ª Região (CREF16/RN) realizará no próximo dia 08 de abril, na sede do CREF16/RN, a partir das 20h, o lançamento do livro “Educação Física: Uma profissão da saúde”. A publicação reúne artigos de 25 Profissionais de Educação Física de todo Brasil, tendo como organizador o professor Doutor Leônidas de Oliveira (CREF 002514-G/RN). A obra terá distribuição gratuita e contará também com versão para dispositivos móveis.

    Abril Verde

    A campanha traz, durante todo o mês de abril, informações sobre o sedentarismo e os seus impactos em diversos aspectos da saúde física, mental, social e financeira do país. O cidadão pode acessar os conteúdos através dos perfis www.instagram.com/cref16rnoficial e www.instagram.com/confef.

    De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), associado a outros fatores de risco, o sedentarismo é causa para as Doenças Crônicas Não Transmissíveis, como diabetes, doenças cardiovasculares, cânceres e doenças respiratórias crônicas. Juntas, elas representam mais da metade das mortes no Brasil. Além disso, uma pesquisa do SESI de 2023 revelou que os problemas de saúde quase dobram entre os sedentários. Em contraponto, 72% das pessoas que se exercitam com frequência, não tiveram problemas de saúde no ano anterior em que a pesquisa foi realizada.

    O fator financeiro também é um ponto importante. Um estudo calculou que o gasto do SUS apenas com internações decorrentes do sedentarismo é de R$300 milhões ao ano. Por outro lado, investir 1 dólar por pessoa em saúde pode salvar 7 milhões de vidas até 2030, indica a OMS.

    Para o presidente do CREF16/RN, Francisco Borges de Araújo (CREF 001001 G/RN), é fundamental promover a importância de incorporar a atividade física nas rotinas diárias. “É necessário encorajar a adoção de hábitos saudáveis, como caminhar, correr, praticar esportes, ou mesmo dedicar tempo a atividades que nos movimentem. Renovamos nosso compromisso de combater o sedentarismo e promover uma cultura de movimento e saúde. Juntos, podemos criar um mundo onde todos tenham a oportunidade de viver vidas ativas, saudáveis e plenas. Mas lembrem-se: os exercícios físicos, para sua segurança, devem ser sempre acompanhados por um Profissional de Educação Física”, destacou Borges.

  • Sobre , ,

    Servidores federais de educação iniciam greve na quarta-feira (03)

    Servidores federais que atuam na área de educação iniciarão, a partir desta quarta-feira (3), uma greve nacional por tempo indeterminado que, segundo o Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), contará com a adesão de mais de 230 unidades de ensino em pelo menos 18 unidades federativas.

    Coordenador geral do Sinasefe, David Lobão diz que a greve abrangerá professores e funcionários técnico-administrativos dos Institutos federais de mais de 600 campi; Colégio Pedro II; Instituto Nacional de Educação de Surdos; Instituto Benjamin Constant; bem como colégios e escolas federais vinculadas ao Ministério da Defesa.

    Além de uma recomposição salarial que varia de 22,71% a 34,32%, dependendo da categoria, os servidores pedem também reestruturação das carreiras da área técnico-administrativa e de docentes; a revogação de “todas as normas que prejudicam a educação federal aprovadas nos governos Temer e Bolsonaro”; bem como a recomposição do orçamento e o reajuste imediato dos auxílios e bolsas dos estudantes.

    Aprovada durante rodadas de assembleias realizadas desde o dia 18 de março em 29 seções sindicais, a greve será nacional e por tempo indeterminado, conforme informado no dia 28 de março documento protocolado junto aos ministérios da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, da Defesa e da Educação, bem como ao Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).

    Governo

    O Ministério da Gestão informou que, em 2023, viabilizou, a partir de negociação com as entidades representativas dos servidores federais, reajuste linear de 9% para todos os servidores, além do aumento de 43,6% no auxílio-alimentação.

    “Esse foi o primeiro acordo para reajustes fechado entre o governo e servidores em oito anos”, destacou a pasta, ao acrescentar que, no segundo semestre de 2023, iniciou debate sobre reajuste para o ano de 2024.

    Ainda de acordo com o ministério, como parte desse processo foram abertas mesas específicas para tratar de algumas carreiras.

    “A recomposição da força de trabalho na Administração Pública Federal, para recuperar a capacidade de atuação do governo para a execução de políticas públicas, é pauta prioritária do Ministério da Gestão, que vem atuando dentro do possível e dos limites orçamentários para atender às demandas dos órgãos e entidades do Executivo Federal”, informou o ministério.

    No caso específico da carreira de técnicos-administrativos educacionais, dois ministérios (o da Gestão e o da Educação) criaram grupo de trabalho para tratar da reestruturação do plano para cargos técnico-administrativos em educação.

    No dia 27 de março, o relatório final do grupo foi entregue à ministra Esther Dweck, do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, para servir de “insumo” para a proposta de reestruturação de carreira que será apresentada na mesa de negociação.

    Com informações da Agência Brasil

  • Sobre , ,

    Sete projetos inovadores vencem o Prêmio Educador Transformador na etapa do RN

    O Sebrae no Rio Grande do Norte anunciou os vencedores da etapa potiguar do Prêmio Educador Transformador, que destaca iniciativas inovadoras na área da educação. O estado terá sete representantes concorrendo à próxima fase, que são as seletivas regionais. O prêmio, uma realização conjunta do Sebrae, Bett Brasil e Instituto Significare, visa reconhecer e divulgar projetos educacionais focados na educação empreendedora. A premiação tem o objetivo de identificar, valorizar e divulgar projetos educacionais transformadores implementados por professores de todo o Brasil, focados na educação empreendedora, implementados entre 2021 e 2023.

    “É o momento de celebrarmos o resultado da etapa estadual, pois é um reconhecimento merecido a todos aqueles que enviaram os seus projetos e que as práticas foram consideradas inovadoras”, destaca o analista técnico do Sebrae no Rio Grande do Norte e gestor da premiação no estado, Everton Lucena.

    Ao todo, o RN teve 78 projetos inscritos nesta edição do prêmio. “Chegamos a todas as regiões do estado. Agora, seguimos firmes e confiantes para a etapa regional. Queremos agradecer a todos os professores e professoras que enviaram os seus projetos”..

    Projetos vencedores

    Na categoria Educação Infantil, o projeto “Afro e Cultura”, criado pela professora Isabelly Melina Da Silva Oliveira da Escola Sesc de Macaíba, foi o grande vencedor. Este projeto se destacou por sua abordagem inovadora e seu impacto significativo na educação infantil. Veja aqui a relação completa dos projetos classificados na etapa potiguar.

    Para o Ensino Fundamental – Anos Iniciais, o projeto “Manguezal, Resistência, Racionalidade e Sustentabilidade no Contexto da Educação Ambiental: Uma Intervenção Pedagógica em Macaíba (RN)”, da professora Suely Nascimento de Melo Gonçalves, da escola municipal Educandário Venera Dantas de Medeiros, em Macaíba, conquistou o primeiro lugar. No Ensino Fundamental – Anos Finais, o projeto “Minha ideia vale um negócio”, do autor Willys Fernandes Soares Junior do colégio Salesiano São José, em Natal, foi o vencedor estadual. Este projeto incentiva o empreendedorismo e a inovação entre os estudantes.

    Na categoria Ensino Médio, o “Projeto Café Filosófico”, do professor João Paulo Gomes da Silva, da escola estadual Gilney de Souza, em São Miguel, alcançou o primeiro lugar. Este projeto promove o debate e a reflexão crítica entre os alunos. O primeiro lugar na categoria Educação Profissional foi para o “Projeto Boca da Noite: Histórias do Quilombo Capoeiras”, implementado pelo professor Eric Mateus Soares Dias, do Barreira Roxa/Senac de Natal. Este projeto valoriza a cultura e a história local.

    Na categoria Ensino Superior, o projeto “Corpo, Arte Contemporânea e Multissensorialidade: Intercâmbios na Formação Inicial e Continuada de Professores da Infância”, do professor Benevenuto de Oliveira Neto, implementado no NEI-CAp da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, foi o campeão. Este projeto destaca-se pela sua abordagem inovadora na formação de professores.

    Por fim, na categoria Educação de Jovens e Adultos, o projeto “Um estudo da Produção de Mudas de Limão por Alporquia”, do professor Josimar Araújo de Medeiros, da escola estadual Jesuíno Azevedo, em São José do Seridó, foi o vencedor. Este projeto foca na prática agrícola e no desenvolvimento sustentável.

    Os sete vencedores agora avançam para a classificatória regional e, se bem-sucedidos, participarão da etapa nacional da premiação. Este reconhecimento é um testemunho do compromisso dos educadores com a inovação e a transformação na educação do Rio Grande do Norte1. Após a divulgação dos vencedores estaduais, os projetos selecionados avançarão para a próxima fase. Os vencedores regionais serão anunciados no dia 5 de abril.

    A etapa final do prêmio culminará com a divulgação do ganhador nacional durante o evento Bett Brasil, previsto para 25 de abril. A jornada do Prêmio Educador Transformador é uma oportunidade para que professores de todo o Brasil mostrem como estão transformando a educação e inspirando seus alunos.

  • Sobre , , , , ,

    UERN: Aulas do semestre letivo 2024.1 terão início na próxima segunda-feira (1º)

    A partir da próxima segunda-feira, 1º de abril, cerca de 8.500 estudantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), entre novatos e veteranos, voltam às salas de aula nos campi de Mossoró, Assú, Caicó, Natal, Patu e Pau dos Ferros. Será dado início ao semestre 2024.1.

    Depois de longos anos, o calendário acadêmico da Uern volta a ser compatível com o calendário civil. De acordo com o calendário aprovado, o semestre 2024.1, que teve início no dia 25 de março, com a programação da Semana Pedagógica, segue até o dia 27 de julho. Já o semestre 2024.2 inicia no dia 13 de agosto e segue até o dia 21 de dezembro.

    Para recepcionar os estudantes para o semestre letivo 2024, será realizado no início do mês o Seminário de Ambientação Acadêmica (Samba). O evento, que visa promover uma acolhida aos discentes novatos e veteranos do semestre 2024.1, será realizado nos campi de Assú, Caicó, Mossoró, Natal, Pau dos Ferros e Patu, nos turnos matutino e noturno.

    Durante o evento, os estudantes poderão conhecer a estrutura geral da Uern, bem como projetos de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos em cada campus. Também serão realizadas apresentações culturais, exposição de artes e empreendedorismo, aplicação de vacinas, feira de artesanato, entre outras atividades.

    A estudante Geovanna Karina, do curso de Ciências Biológicas, afirma que está bastante otimista quanto ao retorno do semestre. “Minha expectativa pra esse volta às aulas é que seja tudo mais leve. Que a universidade esteja pronta pra nos receber calorosamente como sempre faz todo semestre”, declara.

    Para a estudante Joyce Neres, do curso de Jornalismo, o início de cada semestre representa um momento de novos aprendizados e de crescimento. “Minhas expectativas estão altíssimas. Vou iniciar o quarto período e sei que todo semestre, temos novas experiências e é também mais uma oportunidade de nos encontrarmos cada vez mais dentro do curso”, frisa.

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.