Últimas histórias

  • Sobre

    Justiça obriga Caixa Econômica retomar obra de condomínio residencial paralisada há seis anos em Natal

    Uma decisão de um Juiz da 1ª Vara da Justiça Federal do RN permitiu o alívio de mais de 150 famílias, atendendo ao pleito dos proprietários de apartamentos do empreendimento Residencial Ponta do Mar, localizado no bairro de Ponta Negra, em Natal. A decisão judicial determina que a Caixa Econômica Federal retome a construção do empreendimento paralisado há mais de seis anos pela incorporadora JB&ATAF, que havia abandonado a obra por dificuldades financeiras, deixando os adquirentes em difícil situação.

    Em sentença de primeiro grau, o Juiz Magnus Augusto Costa Delgado, entendeu que a CAIXA possui a obrigação de substituir a construtora, gerir, fiscalizar e financiar os custos da obra até a sua conclusão de forma solidária com a incorporadora.

    A decisão judicial beneficia tanto os mutuários da CAIXA, como as pessoas que compraram unidades habitacionais no empreendimento diretamente com a incorporadora.

    Para os advogados Flávio Times e Mário Pegado, do escritório J Pegado Advogados, da assessoria jurídica da Comissão de Adquirentes do Residencial Ponta do Mar, a determinação é uma grande conquista para os proprietários. “Foi uma vitória muito importante no âmbito processual. Os adquirentes das unidades do empreendimento, que há muitos anos não tinham esperança em verem seus imóveis concluídos, devido ao abandono da obra pela incorporadora e pelas negativas da Caixa em retomar a obra, agora já vêm que há real possibilidade de receberem os seus apartamentos”, declarou Flávio Times.

  • Sobre

    STTU implanta sentido único na avenida Praia de Ponta Negra

    O novo sistema de binário de Natal envolve a avenida Praia de Ponta e a rua Cabo de São Roque, em Ponta Negra, e começa a operar a partir desta terça-feira (21). Com a mudança, o complexo viário da avenida Praia de Ponta Negra passa a ser no sentido único Feira de Artesanato/Praia Shopping e no sentido contrário, Praia Shopping/Feira de Artesanato, pela rua Cabo de São Roque, dentro da Operação Natal em Natal.

    Para implementação dos sentidos, a STTU trabalhou neste fim de semana a implantação da sinalização horizontal e vertical nas duas vias, assim como nas ruas perpendiculares que ligam os dois complexos viários. 

    O binário é composto por vias paralelas que operam entre si com sentidos opostos no fluxo de trânsito. A cidade já conta com esse sistema em outras vias como a Miguel Castro e Amintas Barros e a Capitão-Mor Gouveia e a Jerônimo Câmara. O novo sistema ajudará a melhorar a segurança viária e a mobilidade na região onde é implantado.

    Para Ponta Negra, a exemplo das experiências anteriores, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana preparou uma campanha educativa que será realizada em parceria entre os departamentos de Educação e Fiscalização da STTU. Todo o trabalho contará com os educadores e agentes de trânsito do órgão que estarão na região orientando sobre as mudanças.


  • Sobre , ,

    Natal Fest Gourmet começa nesta quinta-feira (25) em Ponta Negra

    Os próximos dias serão um prato cheio para os amantes da gastronomia. Nos dias 25, 26 e 27 de novembro acontece o Natal Fest Gourmet, em formato presencial no entorno da praça Ecológica, na Av. Praia de Ponta Negra. O clima é de retomada após quase dois anos de pandemia, mas o festival chega com fôlego para receber natalenses e turistas que estão chegando neste fim de ano a Natal. Serão disponibilizados 1 mil lugares (250 mesas) ocupando a praça e rua lateral, com estrutura para o público poder comer, beber, assistir aos shows musicais, assim como deixar a criançada em segurança no espaço Kids, ou ainda ver a final da Libertadores no sábado. 

    Na quinta-feira será das 18h às 23h, na sexta até 0h e no sábado, das 15h até 1h da manhã. Todas as noites ocorrem shows musicais e no sábado, haverá um festival dentro do festival: o “Costelasso” vai acontecer a partir das 15h do sábado para o público conhecer de perto a técnica do costelão no fogo de chão. “Uma das características do festival é compor o espaço com variada gastronomia. Tem um pouco de tudo: Assados, frutos do mar, doces, cozinha regional seridoense, drinques, cervejas e vinhos”, comentou o produtor Habib Chalita. 

    Todos os restaurantes estarão lançando pratos novos e produtos em seus estandes. São eles  Massa Fina, Brás Bar e Restaurante, Levú Drinks, Paçoca de Pilão, Grand Vinho, Rao Burguer, Espeto do Magão, Banoffes Café. No estande da Acqua Coco terá ainda uma ação atrativa: vai distribuir água de coco de graça todas as noites, das 18h às 19h. Outra novidade é que os vouchers para comprar os pratos podem ser adquiridos pelo site do festival www.natalfestgourmet.com , como forma de assim evitar as filas.

    A Massa Finna, por exemplo, está anunciando a nova fase da casa com o lançamento dos pratos que irão compor o cardápio do restaurante. Segundo Fernando Popó, no festival será lançado o “Camarão ao Pesto de Coentro”, “Risoto de Galinha Caipira” e a “Pizza Arretada”, cuja massa é à base de jerimum com recheio de carne de sol. Já o Brás Bar vai servir cinco pratos: “Croquete de cordeiro com carne desfiada, queijo coalho e hortelã”; o “Croquete de camarão com massa de moqueca”, o “Arroz de Caranguejo com Patola à milanesa”, o “Bobó de Camarão” e o “Espaguete ao pomodoro com camarão”. 

    No sábado acontecerá o “Festival Costelasso”, um festival do costelão no fogo de chão numa parceria do Natal Fest Gourmet com o Serial Griller OFC (@serialgrillerofc), perfil gastronômico do publicitário, designer e cozinheiro Fernando Liberato. Fã e estudioso dos assados, Fernando vai servir costelas bovinas e suínas que foram assadas lentamente em pé, enfileiradas sob a lenha na brasa. 

    No festival “Costelasso” os pratos serão servidos em porções individuais: Costelas bovinas inteiras assadas por 8 horas sob o calor do fogo de chão.

 E Pork Ribs Defumada, em parceria com André Rocha, que prepara as costelas suínas defumadas com lenha frutífera em um pit smoker, ao molho barbecue. Um detalhe do horário: No sábado o evento começa às 15h e será montado um telão para o público acompanhar a final da Copa Libertadores. 

    Na mesma ação, a Cervejaria Voillër irá fazer uma brincadeira durante o jogo. Se houver gol do Flamengo, quem estiver com a camisa do time, ganha 1 chopp. O mesmo com o gol do Palmeiras, 1 chopp para o torcedor com o uniforme do verdão. 

    Comandanda pelo chef Chefe Raoni Albano, a RaoBurger traz ingredientes tipicamente nordestinos apresentados com a pegada da casa. Para o festival, o chef preparou um cardápio com a Batata Fuderosa e o Burger Lá De Nóis. Outros pratos são o RaoDog, o hot-dog da casa, e o Faz o Xis, exclusivo para o festival e que tem como inspiração o clássico Cheeseburger, porém com uma versão totalmente norte-rio-grandense.

    Famosa pela mixologia arrojada, a Levú Drinks, de Ponta Negra, vai apostar nos queridinhos Gin, Vodka e Cachaça artesanal da Samanaú como base para uma explosão de sabores em receitas de drinks mais cítricos ou frutados. “Teremos uma caipifruta com uma mistura bem conterrânea com cajá laranja bahia, manjericão. Serão drinks bem refrescantes pensando no verão”, contou Luana Liz. “Serviremos a Samanaú que é de Caicó”, destacou. 

    SHOWS

    Uma festa de rua não pode passar sem música. Na quinta-feira o festival abre às 18h e encerra às 23h. O primeiro show é às 19h e começa com força total ao som de Deusa Nordestina do Forró mandando seu repertório de clássicos e músicas autorais de sua longa carreira desde As Nordestinas. Às 20h30 sobe a palco o Choro do Elefante,grupo que encampa o movimento de valorização do chorinho. O repertório de clássicos que contam a história do gênero musical e obras do potiguar K-Ximbinho. É formado por Chico Bethoven (sax e flauta), Jubileu Filho (violão de 7 cordas), Chumbinho (Cavaco) e Deo do pandeiro. Às 22h é vez do grupo Fuxico de Feira, grupo criado pelo compositor e flautista Carlos Zens, que faz um passeio pelos clássicos do samba.

    A programação da sexta-feira vai até 0h. O repentista, cantor e poeta Felipe Pereira vai receber convidados a partir das 19h para duelos de rimas e violas. Às 20h30 entra a banda Choro Bom, com um repertório composto por clássicos do choro brasileiro. Quem fecha a noite é o cantor Nailson e Banda. No sábado a arena gastronômica abre mais cedo, às 15h, para a final da Libertadores. A partir das 19h tem o forrozeiro Canelinha com um repertório dançante e pitadas de brega. Às 20h30 entra o grande sanfoneiro Zé Hilton e o encerramento será com pop rock e MPB de Eugênio Bezerra. No sábado o evento irá até 1h da manhã. 

    Realizado pela Platinum Produções, o festival conta com patrocínio da Prefeitura de Natal por meio do Programa Djalma Maranhão de Incentivos Fiscais, Unimed Natal, Kristie Resort e InterFort. A marca Acqua Coco é uma das apoiadoras e fará uma ação para distribuir água de coco para quem chegar cedo, das. Conta com o apoio cultural das Secretarias de Cultura (Secult/Funcarte) e de Turismo. 

    Serviço

    Natal Fest Gourmet

    De 25 a 27 de novembro, na Praça Ecológica de Ponta Negra (Praça dos Gringos)

    Qui, 18h às 23h | Sex, 18h à 00h | Sáb, das 15h à 1h

    Operações gastronômicas:

    Paçoca de Pilão, Espeto do Magão, Brás Bar, Rao Burguer, Levú Drinks, Grand Vinho, Banoffes Café, Acqua Coco, Serial Griller OFC, Cervejaria Voillër.

    Atrações Musicais

    *25/11*

    19h00 Deusa Nordestina do Forró 

    20h30 Choro do Elefante 

    22h00 Fuxico de Feira 

    *26/11*

    19h00 Felipe Pereira e convidados 

    20h30 Choro Bom 

    22h00 Nailson 

    *27/11* 

    19h00 Canelinha 

    20h30 Zé Hilton 

    22h00 Eugênio Bezerra

  • Sobre

    Natal Fest Gourmet acontece dias 25, 26 e 27 em Ponta Negra

    O Natal Fest Gourmet está de volta ao seu melhor formato, presencial e com um variado cardápio de sabores. A edição será realizada nos dias 25, 26 e 27 de novembro, na Praça Ecológica de Ponta Negra e em seu entorno. Na quinta das 18h às 23h, na sexta até 0h e no sábado até 1h da manhã. Cerca de 1 mil lugares serão disponibilizados para o público se acomodar e apreciar a gastronomia local e a boa música. Serão dez espaços gastronômicos servindo vários pratos da gastronomia regional, nove atrações musicais e um espaço para crianças. Para a segurança dos natalenses e turistas, o festival será delimitado, entretanto o acesso é gratuito.

    Já estão confirmados os restaurantes Brás Bar e Restaurante, Levú Drinks, Paçoca de Pilão, Kojin Restaurante, Gran Vinho, Rao Burguer, Espeto do Magão, Banoffes Café, Massa Fina Restaurante. Além do estande da água de coco All Natural Brasil, que fará uma ação inédita: vai distribuir água de coco de graça todas as noites, das 18h às 19h. Todos os restaurantes irão lançar pratos durante o festival. O local ainda terá espaço para cervejaria artesanal e vinhos.

    Outra novidade é que o voucher para degustar o cardápio do festival pode ser adquirido antes, pelo site do Natal Fest Gourmet. O valor mínimo é R $50, mas os pratos servidos terão preços entre R $15 e R $50. O acesso ao espaço é gratuito. 

    O Natal Fest Gourmet será um dos primeiros eventos a celebrar o recomeço das atividades culturais e integra o calendário do Natal em Natal. Realizado pela Platinum Produções, o festival conta com patrocínio da Prefeitura de Natal por meio do Programa Djalma Maranhão de Incentivos Fiscais, Unimed Natal e apoio cultural das Secretarias de Cultura (Secult/Funcarte) e de Turismo. 

    O produtor Habib Chalita destaca a proposta itinerante do Natal Fest Gourmet, desde suas edições em anos anteriores na Praça Augusto Severo, Ribeira, no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Natal e na Praça Pedro Velho. “Agora o festival chega à Ponta Negra de forma pioneira, como o primeiro evento gastronômico de rua no bairro. Queremos que o evento se solidifique e cresça junto com a variada gastronomia de Ponta Negra”, comentou o produtor. Ações também estão sendo planejadas para tornar o festival um local de participação de turistas e natalenses, aproveitando as melhorias implementadas pelo município, com iluminação potente e paisagismo.

    A edição presencial será em área aberta de boa circulação, respeitando todos os protocolos do combate à Covid-19. Segundo a produção do evento, totens de álcool gel serão distribuídos em vários setores de mesa e máscaras estarão disponíveis para quem esqueceu ou perdeu sua proteção. 

    Serviço

    Natal Fest Gourmet

    De 25 a 27 de novembro, na Praça Ecológica de Ponta Negra (Praça dos Gringos)

    Qui, 18h às 23h | Sex, 18h à 00h | Sáb, das 18h à 1h

    Operações gastronômicas

    Paçoca de Pilão

    Kojin Restaurante

    Espeto do Magão

    Brás Bar

    Rao Burguer

    Levú Drinks

    Grand Vinho

    Banoffes Café

    All Natural Brasil

  • Sobre ,

    Alunos da UFRN realizam mutirão de limpeza na praia de Ponta Negra neste sábado (30)

    O Rio Grande do Norte se junta a outros estados brasileiros e promove a Semana do Lixo Zero (SLZ) até o dia 31 de outubro, em Natal. A UFRN participa da programação neste sábado, 30, às 8h30, com um mutirão de limpeza na praia de Ponta Negra, juntamente com alunos de graduação dos cursos de Agronomia, Zootecnia e Engenharia Florestal. A ação de extensão é coordenada pela professora Shirlle Nunes.

    A Semana Lixo Zero em Natal é um projeto associado ao Instituto Lixo Zero Brasil, organização da sociedade civil sem fins lucrativos, pioneira na disseminação do conceito Lixo Zero no Brasil e idealizadora do projeto. O evento conta com uma vasta programação incluindo webinar, rodas de conversa e lives.

    Entre os destaques da programação, a UFRN, por meio do Programa de Educação Ambiental da Diretoria de Meio Ambiente, organiza uma mesa-redonda online com o tema Diálogo Sustentável: Consumo Responsável, Consciente e Sustentável, às 16h, no dia 29 de outubro. É possível assistir pelo Google Meet. Para mais informações ou para conferir toda a programação do evento, acesse o instagram @rnlixozero.

    Segundo a coordenação nacional do SLZ, a capacidade de repensar o consumo, enxergar valor nos resíduos e destiná-los corretamente, separando-os e limpando-os, torna-se uma forma de tratá-los com dignidade, palavra que define o tema deste ano, uma vez que gera oportunidades para a sociedade, um ambiente livre de resíduos e, ainda, renda para estimular esse tipo de atividade.

  • Sobre ,

    “Coletivo das Cores” resgata os valores culturais da Vila de Ponta Negra

    Falar sobre a Vila de Ponta Negra é considerar um local de resistência, mantendo viva a cultura e a identidade da região; é falar de um lugar onde ainda é possível encontrar a arquitetura original nas casas e nos hábitos, os pescadores tecendo suas redes e as mulheres elaborando as rendas com seus bilros. Por outro lado, esse cenário também é marcado pelo abandono e pela segregação social e econômica, o que, por muitas vezes, vitimiza seus moradores à violência e à marginalidade sociocultural. Foi nesse cenário tão diverso que surgiu o projeto “Cores da Vila” – que em parceria com artistas como Clarissa Torres, Vivi Fujiwara, Miguel Carcará, Victor Pazciência, Clara Felix, Hellen Rodrigues, e Suco, especializados em grafite e arte urbana, vem ocupando artisticamente muros e espaços públicos, tornando-os galerias a céu aberto, ganhando força e apoio de parceiras público-privadas, a fim de resgatar a originalidade e a autoestima da região.

    Em ação conjunta com o projeto Cores da Vila, a produtora cultural Nathy Passos e o produtor Miguel Carcará idealizaram o projeto “Coletivo das Cores”, selecionado pelo Edital de Economia Criativa do Sebrae 2021, que conta também com o apoio da Fundação Capitania das Artes e Prefeitura do Natal, através das Secretarias de Assistência social e da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, além de vários esforços de empreendedores da Vila de Ponta Negra.

    A Vila de Ponta Negra está localizada nas proximidades da orla da praia de Ponta Negra e da principal Avenida do bairro, por essa razão a especulação imobiliária e o tráfego de turistas na região é intenso. Entre a Vila e um dos maiores cartões postais e orgulho dos natalenses, o morro do careca, existe um caminho cheio de flores e dores, o Beco Sátiro Dias. Há décadas esquecido, o beco receberá com o projeto Coletivo das Cores uma revitalização, resgatando a história local com a arte, levando crianças e adolescentes a ter a oportunidade de retratar seus sonhos, dores, valores e cotidiano através do grafite, colorindo as ruas e afastando-os da ociosidade e da marginalização.

    Muito mais do que uma oportunidade de lazer e diversão, o projeto carrega a expressão artística em suas ações, permitindo o desenvolvimento do potencial criativo dos participantes. O maior legado de uma população é o seu território, seu lar, sua cultura e os seus costumes. Colorir um beco esquecido, com arte urbana, homenageando os Mestres da Cultura local, é mais do que um ato de resistência, é a oportunidade de resgatar a essência dos moradores desse lugar tão estigmatizado, dando voz à comunidade e tornando a região mais um ponto de experiência turística a partir da arte urbana, alcançando assim o público nacional e internacional, tendo em vista que Natal é um dos destinos mais procurados por visitantes brasileiros, latinos e europeus.

    No dia 23 de outubro será realizado o mutirão para execução dos grafites e para a colocação das cerâmicas na “Travessa Sátiro Dias”, e no dia 06 de novembro acontecerá a abertura oficial do percurso artístico “Beco das Cores e Mestres” e também da Feira Cultural na Praça do Cruzeiro, com diversas atrações artísticas, culturais e gastronômicas.

    SERVIÇO

    Projeto “Coletivo das Cores”

    Dia 23 de outubro – Mutirão de grafite “Coletivo das Cores”

    Dia 06 de novembro “Abertura Oficial do Beco das Cores” e da “Feira Cultural Coletivo das Cores”

  • Sobre , , ,

    Comissão de Finanças da Câmara debate Plano Plurianual e Ordenamento de Ponta Negra

    A Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização da Câmara Municipal de Natal se reuniu nesta quarta-feira (20) e, além de apreciar projetos de lei em pauta, debateu sobre o Plano Plurianual (PPA 2022/2025) e sobre o ordenamento da praia de Ponta Negra. Na ocasião, também foi designado relator do projeto de revisão do Plano Diretor e agendada uma audiência pública para discutir essa matéria.

    Lideranças comunitárias apontaram as necessidades de suas respectivas áreas dentro do PPA e solicitaram o encarte de emendas para garantir que ações e metas sejam realizadas nos bairros. O presidente da comissão, vereador Raniere Barbosa (Avante) é relator da matéria e disse que foi necessário abrir o debate sobre o projeto com a população porque não houve participação popular na elaboração do PPA, devido o isolamento social imposto pela pandemia da covid-19. “O PPA é uma das mais importantes leis que define ações a serem executadas pelas secretarias dentro do orçamento. Cada ação tem uma meta e cada meta um orçamento previsto. Estamos ouvindo aqui a população e a sociedade sobre as lacunas identificadas no projeto”, disse ele. 

    O encontro também propiciou um debate sobre o ordenamento da praia de Ponta Negra. Comerciantes informais compareceram para questionar, junto com os vereadores, sobre o cadastramento dos trabalhadores da praia. “É preciso que haja o controle de quem realmente trabalha para que aqueles que não merecem sejam prejudicados. Ponta Negra precisa desse ordenamento para que haja um controle do espaço, especialmente agora que está chegando a alta estação”, disse o vereador Nivaldo Bacurau (PSB).

    Dentre as preocupações, foram relatadas o critério para o cadastramento e a questão da autorização para grupos familiares trabalharem na praia. O chefe de fiscalização da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), Carlos Falcão, garantiu que os trabalhadores não serão proibidos de atuar. “Estamos concluindo hoje o cadastramento para conhecer melhor a realidade e destinar vagas a quem realmente tem direito, priorizando quem já atua na praia há muito tempo. Vamos saber o universo do comércio informal da praia e coibir aqueles que são temporários para garantir a organização e uso do espaço”, pontuou o chefe de fiscalização.

    Plano Diretor

    Durante a reunião foi definido que o vereador Robson Carvalho (PDT) será o relator do projeto de revisão do Plano Diretor na Comissão de Finanças. Além disso, uma audiência pública está agendada para a próxima reunião, no dia 27 de outubro, para tratar o assunto.

  • Sobre

    Comissão de Finanças pede esclarecimentos a secretários sobre reordenamento de Ponta Negra

    Os vereadores da Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização da Câmara Municipal de Natal, aprovaram em reunião nesta quarta-feira (6) dois requerimentos que visam cobrar explicações das Secretarias Municipais de Serviços Urbanos (Semsur) e de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) sobre o reordenamento da praia de Ponta Negra.

    No tocante ao cadastramento dos trabalhadores ambulantes da praia de Ponta Negra, a comissão aprovou um requerimento solicitando esclarecimentos à Semsur sobre como está se dando esse processo. “Estamos pedindo detalhes sobre as exigências que estão sendo feitas aos trabalhadores. Uma delas é que apenas uma pessoa de cada família poderá ser cadastrada e queremos saber como ficam aqueles que têm vários membros da família trabalhando lá. Até porque, estamos acompanhando esse processo e também somos questionados”, disse o vereador Robson Carvalho (PDT), autor do requerimento.

    A segunda solicitação sobre o assunto está sendo encaminhada à Semurb, cujos representantes estão convidados para uma reunião juntamente com a associação dos barraqueiros da praia, e a Comissão de Finanças, por sua vez, possa intermediar alguns impasses entre eles.

  • Sobre ,

    Prefeitura inicia cadastramento dos ambulantes de Ponta Negra

    A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), começa nesta quarta-feira (6), o cadastramento dos trabalhadores informais e ambulantes que atuam na orla marítima de Ponta Negra.

    O cadastro dos comerciantes será realizado desta quarta-feira (6) até a sexta-feira (8), e do dia 13 até o dia 15 deste mês, sempre das 9h às 15h, na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semurb) – localizada na Avenida Nevaldo Rocha (antiga Bernardo Vieira) nº 4665, Tirol. A Portaria determinando o cadastramento e disciplinando a atividade dos comerciantes informais foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (05). 

    Para o cadastramento serão disponibilizadas até 80 fichas de atendimento por dia. Os documentos exigidos são: CPF, RG e comprovante de residência com até três meses de expedição. Poderão se inscrever pessoas físicas e Microempreendedores Individuais (MEI).

    Encerrado o período de cadastramento, a Semsur deverá publicar no Diário Oficial do Município a relação com o nome e CPF dos cadastrados. Conforme a Portaria, os comerciantes cadastrados somente poderão atuar na faixa de areia da Orla de Ponta Negra. Considera-se comércio ambulante a atividade em logradouros públicos, sem instalação ou localização fixa.

    “A Semsur vai saber o que os comerciantes vendem, onde vendem e há quanto tempo atuam na praia. Esse cadastramento também é necessário para que a área do calçadão fique ordenada e os frequentadores de Ponta Negra consigam aproveitar ao máximo nosso principal ponto turístico”, disse o secretário Irapoã Nóbrega.

  • Sobre

    Projeto de engorda da praia de Ponta Negra nesta apresentado nesta segunda-feira (27)

    O projeto básico de reestruturação da praia de Ponta Negra, principal cartão postal de Natal, será apresentado pela Prefeitura e Ministério do Desenvolvimento Regional nesta segunda-feira (27), às 16h, em solenidade no Hotel Praiamar, em Ponta Negra. A estimativa é que mais de R$ 70 milhões sejam investidos na obra.

    A chamada engorda da praia de Ponta Negra pretende deixar a faixa de areia em 100 metros quando a maré estiver seca e 30 metros quando estiver cheia. A intervenção acontecerá da área do Morro do Careca e se estenderá até às imediações do Hotel Serhs. A complementação do enrocamento, protegendo a zona costeira, partindo do final do calçadão até um pouco depois do Serhs, também será realizada. A expectativa é que os serviços sejam realizados em 30 meses. 

  • Sobre ,

    Programa Viva+ Via Costeira volta a funcionar neste domingo

    O programa Viva+ RN: Via Costeira, que já funcionou em duas fases em 2013 e 2015, retorna neste domingo, 19, repaginado. O evento-piloto acontecerá entre 14h30 e 17h.

    A população terá à sua disposição, em uma das vistas mais bonitas da capital, a pista que segue o sentido Ponta Negra/Praia do Meio, com um percurso de 1,7 km entre a rotatória do Hotel Serhs e o antigo Vale das Cascatas.

    O Programa Viva+ RN compreende ações integradas voltadas para mobilidade sustentável e qualidade de vida que englobam o lazer, educação para o trânsito e ecoturismo. Os organizadores estudam ainda levar a ação para outros pontos estratégicos da capital em próximas edições. A inauguração do evento também faz parte da abertura da Semana Nacional do Trânsito que ocorre entre os dias 18 e 25 de setembro.

    As pessoas que forem participar terão que obrigatoriamente seguir as medidas de segurança contra a disseminação do coronavírus, como a utilização de máscaras e o distanciamento social.

    A ação é promovida pelo Governo do Estado e a Sesap se fará presente por meio dos programas Vida no Trânsito e RN + Saudável. Também são parceiros Conselho Estadual de Trânsito (Cetran/RN), Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) e Comando da Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) da Polícia Militar.