Últimas histórias

  • Sobre

    Projeto “Peixe Popular” começa nesta quarta (13) em Mossoró

    Com foco na tradição da Semana Santa, a venda de peixes a um preço acessível para famílias de baixa renda começa nesta quarta-feira (13), por meio do projeto “Peixe Popular”, iniciativa do Município em parceria com o Abatedouro Frigorífico Industrial de Mossoró (AFIM).    

    Ao todo, a iniciativa disponibilizará 14 toneladas do peixe corvina. Cada quilo custará R$ 10,00, possibilitando um preço mais acessível para as famílias de baixa renda.  As vendas acontecerão em sete pontos da cidade: parada de ônibus do bairro Nova Vida, na BR-304; proximidades da delegacia do Alto de São Manoel; Cobal; UEI Tereza Néo, no bairro Santo Antônio; praça do bairro Santa Delmira (ao lado do Supermercado Queiroz); Centro Comercial do bairro Abolição II; e Praça da Pirâmide no bairro Belo Horizonte.

    Os pontos de venda vão funcionar das 7h às 12h e das 14h às 17h30.

    Foto: Walmir Alves – PMM

  • Sobre

    Mercado do Peixe de Natal tem horário ampliado para a Semana Santa

    Com a aproximação da Semana Santa, o mais tradicional ponto de venda de pescados de Natal, o Mercado do Peixe, localizado no bairro das Rocas, terá horário de funcionamento ampliado a partir desta segunda-feira (4). Na semana que antecede o feriado de páscoa, o Mercado funcionará com horário estendido de 7 às 18h. Já na Semana Santa, o horário será das 7h às 18h de segunda a quinta-feira (14). Na sexta-feira da Paixão (15) e no sábado de Aleluia (16), o equipamento funcionará das 7h até as 17h. Já no domingo de Páscoa, o Mercado do Peixe irá fechar mais cedo, às 14h.

    De acordo com o chefe do Setor de Mercados da Semsur, Tarcísio Gonçalves, o novo horário oferece mais opções de comparecimento à clientela, evitando aglomerações, formação de filas e mais conforto aos consumidores. Devido à ampla reforma realizada pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) em 2021, o Mercado possui condições sanitárias e de segurança mais adequadas em função do aumento da demanda.

    Inaugurado há 13 anos com o propósito de impulsionar o pequeno comércio de pescados, o Mercado do Peixe de Natal é uma das principais opções dos natalenses na Semana Santa. Administrado pela Semsur, o mercado tem 24 boxes, sendo a maior parte de venda exclusiva de peixes e outros frutos do mar, no andar superior fica a praça de alimentação, comercializando os pratos prontos com os pescados.

    Fotos: Roberto Galhardo/SEMSUR