Grêmio da Rampa inaugura espaço com programação cultural

A partir do próximo sábado, 2 de abril, o antigo Grêmio Beneficente dos Pescadores de Natal, em Santos Reis, abre espaço para a arte, cultura e educação com a inauguração do Grêmio da Rampa. A iniciativa visa integrar o projeto de ocupação artística do Complexo Cultural Rampa com os moradores dos bairros do entorno.

A programação do evento inicia às 15h, com a concentração do Grupo Folia de Rua Potiguar na praça da igreja de Santos Reis. A partir das 16h, o grupo percorre em cortejo as ruas do bairro até o Grêmio da Rampa. Em seguida, haverá apresentação da Bateria “Verde e Rosa” da Escola de Samba Balanço do Morro. Às 19h30 tem início a apresentação do Grupo D’Mestre com samba de mesa. 

“Dentro do conceito museu-paisagem, precisamos considerar todo o território. E isso deve acontecer antes mesmo da inauguração do espaço, com intuito de envolver os moradores do entorno e também despertar neles o sentimento de pertencimento. Além disso, há a possibilidade da produção de artesanato, mobiliário e artefatos que poderão ser vendidos no Complexo, gerando renda para as comunidades”, explica Gustavo Wanderley, um dos curadores do projeto Rampa – arte museu paisagem.

Durante o evento de abertura, o espaço do Grêmio vai contar também com a vernissage da exposição Ribeilinhas (Ribeira em Linhas), do fotógrafo Henrique José, do Mercado da Foto. O ensaio reúne imagens sobre Natal e a Ribeira, registradas ao longo de 10 anos pelo artista e transitam entre a fotografia de rua e a fotografia contemplativa.

“Com esse fazer, entendi que a riqueza mora nos detalhes. Por isso, considerei a inclusão das cores e suas combinações tonais. Na composição, trabalhei as linhas e formas geométricas como elementos de uma brincadeira visual,  que provoca uma parada para perceber a realidade recortada, fragmentada, um clique no tempo e no espaço da cidade, capturado em seu tecido arquitetônico. Outro aspecto que realço nas imagens é o registro e a passagem do tempo, inerente ao fazer fotográfico. Busco nas imagens trazer estas marcas deixadas na arquitetura da Ribeira, remetendo à constante mudança e à luta permanente entre a memória e o esquecimento”, conta Henrique. 

A exposição Ribeilinhas fica em cartaz no espaço até o dia 22 de abril, com visitação das 14h às 17h.Toda a programação é gratuita e o Grêmio da Rampa fica localizado na Rua João Carlos, 312, Santos Reis. 

OFICINA GRATUITA DE FOTOGRAFIA

Entre os dias 11 e 27 de abril, o Grêmio da Rampa recebe sua primeira atividade educativa,  a oficina “Fotografia com o celular”, que será ministrada pelo professor e fotógrafo Henrique José. O curso tem duração de 30 horas e é voltado para pessoas a partir dos 12 anos, moradores dos bairros de Santos Reis, Rocas e Ribeira.

Para além do compartilhamento de conteúdo e técnicas afins à fotografia, a ideia é trabalhar com metodologias participativas num viés freiriano, que possa trazer um diagnóstico socioterritorial dos participantes a partir de duas provocações: “Que lugar lhe faz sorrir?” e “Que lugar lhe faz sonhar”. 

O período de inscrição para a oficina de fotografia será de 04 à 08 de abril, das 14h às 17h, presencialmente no Grêmio da Rampa. A oficina é gratuita.

COMPLEXO CULTURAL RAMPA

O Complexo Cultural Rampa é um equipamento do Governo do Estado do RN. O projeto de ocupação artística do espaço, Rampa – arte museu paisagem está sob responsabilidade da Casa da Ribeira. A produção executiva é da House Cultura, com benefícios da Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura, Fundação José Augusto e Governo do RN.

SERVIÇO

INAUGURAÇÃO DO GRÊMIO DA RAMPA
Sábado, 2 de abril. Rua João Carlos, 312, Santos Reis. Entrada gratuita.

Programação

15h – Concentração do Grupo Folia de Rua Potiguar na praça da igreja de Santos Reis
16h – Cortejo do Grupo Folia de Rua Potiguar pelas ruas do bairro de Santos Reis, até o Grêmio da Rampa
17h30 – Apresentação da Bateria “Verde e Rosa” da Escola de Samba Balanço do Morro
19h30 – Apresentação do Grupo D” Mestre – mesa de samba

OFICINA “FOTOGRAFIA COM O CELULAR”
De  11 e 22 de abril. Inscrições gratuitas de 04 à 8 de abril, das 14h às 17h, presencialmente no Grêmio da Rampa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Série “Vozes do Semiárido” vai contar as histórias de homens e mulheres da Agricultura Familiar

Pinacoteca do Estado mostra a arte da cantoria de viola nesta quinta (31)