Projeto Caravana Rec realiza segunda temporada

O projeto Caravana REC – uma iniciativa itinerante que busca promover a formação técnica, o estímulo profissional e empreendedor, a produção e difusão audiovisual no estado do Rio Grande do Norte – chega a sua 2ª temporada a partir do mês de abril. O público-alvo são jovens de 15 a 25 anos, das cidades contempladas:  Natal, São Gonçalo do Amarante, Apodi, Assú, Parelhas e Caicó.

Em cada cidade por onde passa o projeto desenvolve uma oficina de audiovisual, com foco na produção de curtas documentários, além de uma atividade de apreciação e formação de platéia para o cinema local, através da Mostra Itinerante Caravana REC. Nessa 2ª temporada a mostra será formatada com os filmes produzidos pelos participantes atendidos na 1ª edição do projeto, realizada em 2020 nas cidades de Mossoró, Currais Novos, Goianinha e Natal, resultando em quatro documentários feitos pelos jovens participantes, com total orientação e supervisão dos facilitadores Carito Cavalcanti e Fernando Suassuna.

Com o enfoque na experiência prática e na troca de saberes, o diferencial do Caravana REC consiste em introduzir as técnicas básicas do audiovisual para os jovens beneficiários com pouco ou nenhum acesso a esse conhecimento. A partir disso, o projeto estimula os participantes a pensarem na sua identidade cultural, na sua história e nas suas raízes, investigando símbolos, conceitos e ideias que possam ser traduzidos para a linguagem do cinema. Dessa forma, os próprios participantes tiram suas conclusões acerca da melhor estratégia para representar a essência do lugar onde vivem.

Carito fala sobre a importância da continuidade do projeto para o mercado audiovisual: “Vejo como muito importante a continuidade do Projeto Caravana REC. O mercado do audiovisual está crescendo cada vez mais e se renovando a cada dia com inúmeras possibilidades de realização. Nossa oficina tem o objetivo de trazer essas novas possibilidades de realização audiovisual para a realidade dos jovens que têm menos acesso a esse tipo de conhecimento e experiência, através de uma introdução ao cinema digital para iniciantes.”

Destaca ainda a importância social do projeto: “Entendemos que certos lugares têm menos visibilidade e o projeto ajuda a tornar mais visíveis esses lugares e essas pessoas. A inclusão social e o compartilhamento de conhecimento fazem parte das missões do projeto, como também a interiorização, a valorização da memória, da história, do indivíduo e do seu lugar no mundo. Assim, vamos capacitar os jovens e estimulá-los a descobrirem suas potencialidades cinematográficas e do seu lugar, da sua comunidade. Vamos compartilhar as nossas experiências enquanto realizadores, e todo o processo de realização de um documentário e os elementos fundamentais para a construção de um roteiro, produção, captação de imagens e som, e edição de um filme digital, tendo como resultado final a realização de um curta-metragem feito junto com eles, onde reverbere tudo isso.”

Ao final da oficina, que tem duração de 15 horas, divididas entre o eixo expositivo (teórico) e prático (produção do documentário), ao longo de cinco dias, os participantes têm a oportunidade de apreciar a criação conjunta, na forma de um curta-metragem (filme de até 15 minutos, segundo parâmetro da Ancine).

“A oficina Caravana Rec leva noções básicas de audiovisual a iniciantes e simpatizantes dessa linguagem. Com ênfase na prática – e partindo da análise de nossa própria maneira de produzir – desenvolvemos diversas atividades com os alunos. Uma semana de vivência, uma câmera na mão, muitas ideias na cabeça e a experiência de uma produção coletiva”, destaca Fernando Suassuna.

O fato de verem na tela o resultado prático de suas ideias e sugestões traz para os particpantes o reforço da identidade cultural, aumento da autoestima e um sentimento de que é possível transcender os limites da própria realidade. Além disso, o projeto também reforça a possibilidade do audiovisual se tornar um caminho de trabalho, apresentando para esses jovens um nicho de mercado que cresce exponencialmente a cada dia.

O projeto Caravana REC tem realização da Pinote Produções, com patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Neoenergia Cosern e Instituto Neoenergia, via Lei Câmara Cascudo.

SERVIÇO

CARAVANA REC 2ª TEMPORADA

PROGRAMAÇÃO:

04 a 08 de abril: Natal

18 a 22 de abril: São Gonçalo do Amarante

09 a 13 de maio: Apodi

23 a 27 de maio: Assú

06 a 10 de junho: Parelhas

27 de junho a 01 de julho: Caicó

Para saber mais, acesse: www.caravanarec.art

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Cartilha de Autodefesa da Juventude Negra é lançada na Câmara de Natal

“Cores do Nosso Samba” retorna dia 9 de abril no Natal Shopping