4ª Conferência Estadual da Juventude será realizada em abril de 2022

A Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh) lançou, nessa terça-feira (21), a 4ª Conferência Estadual de Juventude do Rio Grande do Norte. Com o tema “O Poder da Juventude na Transformação do RN”, a conferência estadual será precedida de etapas municipais e territoriais que devem ser realizadas entre janeiro e abril do próximo ano. O lançamento aconteceu em ato na Escola de Governo, no Centro Administrativo, e contou com a participação de gestores, representantes do Poder Público, entidades de juventude e movimentos sociais.

A atividade é organizada pela Subsecretaria de Juventude (Sejuv) em parceria com o Conselho Estadual de Juventude (Cejuv) e tem o objetivo de definir prioridades na construção de políticas públicas voltadas aos jovens potiguares. “Frente a um projeto nacional que desnacionaliza o Brasil e transforma em ruínas as conquistas democráticas, nosso governo estimula a participação social e que tem um olhar todo especial para a juventude. Aliás, somos um governo que permitiu a visibilidade a muitos setores invisíveis da sociedade”, avaliou o vice-governador Antenor Roberto.

A 4ª Conferência Estadual de Juventude deve ser realizada nos dias 29 e 30 de abril de 2022 e será precedida de etapas municipais e territoriais que devem se iniciar já a partir de janeiro. A ideia é promover o debate, incentivar a reflexão das diversas juventudes sobre suas realidades e construir uma agenda de políticas públicas que culmine na elaboração do Plano Estadual de Juventude. “Vivemos um momento decisivo para o nosso país, com tantos desafios, e os jovens têm um papel fundamental nesse processo”, destacou a secretária da Semjidh, Júlia Arruda.

“O maior desafio hoje para as políticas de juventude no RN é, de um lado, enfrentar o cenário de violência e crise de oportunidades em que vive a juventude e, de outro, apoiar os municípios para que priorizem as políticas públicas de juventude, incentivando a criação de órgãos gestores e conselhos municipais”, explicou o subsecretário de Juventude do RN, Gabriel Medeiros. “E isso tudo só é possível quando a gente realmente parte para uma prática de política pública que vá ao encontro do planejamento, com metas e objetivos”, completou a presidente do Conselho Estadual de Juventude, Lia Araújo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Conexão Elefante Cultural estreia documentário sobre edição 2021

Serviços de coleta de lixo serão mantidos no Natal e Ano Novo, feiras livres têm mudanças