Adolescente aluna da EMUFRN ganha prêmio internacional para pianistas

Aos 15 anos, Isadora Rezende, aluna do Curso Técnico em Música da Escola de Música da UFRN (EMUFRN), alcançou o primeiro lugar na categoria Niños y Adolescentes do Concurso Internacional Parnassus de la Música. O evento foi promovido na modalidade virtual, no período de 8 a 12 de novembro, e direcionado para pianistas da América Latina com idades entre 5 e 25 anos. A iniciativa foi da Universidade Nacional de Música, no Peru, em parceria com a Associação Parnassus de Música e a Sociedade homônima.

Isadora carrega no sangue o amor e a afinidade pela arte. Fernanda Ferreira, mãe da pianista e bacharel em Música, explica que sua família é formada por ex-alunos da EMUFRN e, por isso, a filha teve desde pequena a oportunidade de frequentar concertos e conhecer o universo da musicalidade. “Quando começou a estudar piano, tocar era a primeira e a última atividade do seu dia. Acordava cedinho e corria para o piano; chegava da escola e ia tocar piano; antes de dormir, tocava mais um pouco. Certamente, o piano foi seu ‘brinquedo’ preferido na infância”, conta Fernanda.

A trajetória de Isadora na EMUFRN teve início aos seis anos, quando ingressou no Curso de Iniciação Artística (Ciart), e hoje ela conta com quase 10 anos de atuação na Escola. Fernanda guarda boas recordações dos primeiros passos da filha e afirma que eles foram essenciais para que a jovem conhecesse a música de forma lúdica, afetiva e sólida. “Uma história linda com a instituição, que verdadeiramente a formou como musicista”, complementa.

O concurso Parnassus de la Música foi informado à Isadora por meio de uma amiga da classe de piano, e Fernanda esclarece que a seleção significou um verdadeiro desafio. “Ele era composto de três etapas com repertórios distintos. Cada etapa implicava o envio de gravações da performance do candidato. Nas duas últimas etapas, semifinal e final, o vídeo deveria ser contínuo, sem cortes, como acontece num recital. O primeiro com 15 minutos, o segundo com 25 minutos. E, claro, não são aceitas edições de nenhuma natureza”, explica a musicista.

Para se preparar para o evento, Isadora contou com a ajuda de Guilherme Rodrigues, professor desde 1995 na EMUFRN que vem acompanhando sua trajetória há oito anos na instituição. De acordo com Rodrigues, a conquista da aluna é motivo de muita felicidade e reflete o trabalho da Escola de Música em busca da aprendizagem eficiente. “A Escola tem apoiado toda a manifestação do ensino, seja na parte teórica, seja na parte da performance. A Escola é um universo que está sempre atento para se atualizar com o mundo da música não só dentro dos seus muros, mas também fora deles”, ressalta o professor.

Além da primeira colocação, Isadora foi a única de sua categoria a ganhar o Prêmio BECA FGCU, que concedeu a alguns candidatos uma bolsa integral de graduação Bower School of Music & the Arts da Florida Gulf Coast University. Fernanda afirma que Isadora ficou muito feliz com a conquista e seus esforços sempre buscam honrar a música da melhor forma possível. Na ótica de Guilherme Rodrigues, o êxito da aluna e o trabalho desenvolvido pela EMUFRN trazem grande satisfação. “Eu espero que a Escola continue nesse caminho, pois, assim como Isadora Rezende, há muitos valores no corpo geral da Escola de Música que vão nos trazer muita alegria e orgulho”, complementa.

Fernanda reforça que o trabalho de Isadora é fruto de muito estudo, dedicação e superação, cujo resultado é avaliado por professores experientes e músicos sensíveis. “Então ter a chancela de seu trabalho, de sua dedicação, é certamente o melhor prêmio. Uma sensação de estar construindo um caminho bonito, de beleza e música. Mas, claro, as premiações são bem-vindas, em especial as que possibilitam caminhos de crescimento e mais estudo. São conquistas que a aproximam do sonho de ser uma ótima pianista”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Semana da Consciência Negra em Natal tem programação até sábado (20) no Espaço Ruy Pereira

Conexão Elefante Cultural realiza mostra de vídeos curtos nesta quinta-feira (18)