Questões sobre história da arte inspiram batalha de MC´s neste sábado (23) na Capitania das Artes

A 7a Edição do Graffiti Expo Natal apresenta no próximo sábado, dia 23 de outubro, a Batalha da Galeria, uma nova experiência em batalhas de MCs.

Se você está acostumado com as batalhas de ruas, você provavelmente conhece as famosas batalhas de sangue (objetivo de atacar o oponente, trocando farpas e ofensas), mas poucos sabem ou ouviram falar das batalhas do conhecimento.

A batalha do conhecimento é temática, normalmente o próprio evento divulga ou pede pra plateia escolher temas para os MCs desenvolverem suas rimas sobre eles. Vence o Mc que apresentar as melhores rimas, normalmente avaliados pela plateia e jurados.

Com temas que vão surgir a partir de curiosidades e informações da história da arte a Batalha da Galeria busca em sua 1ª edição valorizar e expandir o conteúdo das rimas para outros ouvir os Mc´s falando de educação, conjuntura e cultura.

A batalha acontecerá a partir das 14h na Galeria Newton Navarro, no prédio da Funcarte, Centro Histórico. A ocupação do lugar com o hip-hop não chega a ser uma novidade, o produtor Marcelo Veni realiza apresentações lá desde 2013, quando da abertura da 1ª Edição da Expo Graffiti, os MCs sempre estiveram presente.  

Mas a Batalha da Galeria será a primeira toda dedicada ao duelo de conhecimento com os Mc´s. Recentemente, no domingo dia 17, foi o Breaking, outro elemento da cultura hip-hop, que teve em destaque com a Batalha de B.Boys e B.Girls, campeonato que reuniu artistas da dança de rua do RN e da PB.

Origem da Batalha do Conhecimento: A BdC (sigla para batalha do conhecimento) foi idealizada pelo MC Marechal em contraponto ao modelo tradicional das batalhas de MC ‘s. Iniciada em 2007 no Centro Interativo de Circo (CIC), na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro – e a partir de 2010 também em São Paulo. Após 2 anos parada, voltou à cena no Museu de Arte do Rio (MAR), em 2014.

Embora essa modalidade de batalhas não seja a principal e tenha pouca visibilidade nas rodas culturais, muitas outras competições do conhecimento rolam Brasil afora.

Rap como ferramenta educacional: A batalha do conhecimento tem papel fundamental nesse tópico, pois tem sua base na troca dos saberes, saberes esses que vem de experiências, livros e expressões dos próprios artistas.

Podemos complementar que são pontos de vistas diferentes para abordagens de assuntos específicos, o que possibilita um modo de aprender e ensinar através do processo de troca de reflexões.

A 1ª edição da Batalha da Galeria tem apoio da Funcarte Lei Aldir Blanc RN, e do Sebrae RN e Potigás através dos Editais de Cultura.

A realização é em parceria com a Batalha da Esperança e com a Cooperativa Das Batalhas do RN, que representa hoje cerca de 15 batalhas que acontecem em Natal e no interior do RN.

Os 16 MC´s participantes vão concorrer ao título de 1º Lugar da Batalha e a premiação financeira e brindes especiais.

7a Edição do Graffiti Expo Natal, teve abertura em 27 de agosto, já recebeu cerca de 500 visitantes e continua aberta até o próximo dia 27 de outubro, das 09h às 14h. São mais de 60 trabalhos de artistas potiguares em exposição. 

MAIS INFORMAÇÕES

MARCELO VENI 

9.8790 1373 (WHATSAPP) 

9.9175  9870 ( CLARO)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Projeto da UFRN e MTUR abre seleção de municípios para ações de turismo e gestão das orlas

Vacina de reforço tem eficácia de 95,6%, diz Pfizer-BioNTech