Últimas histórias

  • Programa Saúde Mulher SESC chega a Mossoró

    Na primeira semana de outubro, o programa Saúde Mulher SESC chega a Mossoró com ações voltadas para atenção à saúde da mulher. O projeto será desenvolvido no município em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, através do setor de Atenção Integral à Saúde. As ações irão disponibilizar, gratuitamente, exames preventivos, mamografias e orientações sobre saúde sexual.

    Os exames disponibilizados pelo programa Saúde Mulher SESC serão destinados a mulheres na faixa etária de 25 a 69 anos de idade. Os preventivos contemplarão as mulheres de 25 a 65 anos e as mamografias serão destinadas a mulheres de 50 a 69 anos. Para ter acesso ao programa é necessário fazer um agendamento antecipado na Secretaria Municipal de Saúde, localizada no Centro Administrativo, bairro Aeroporto.

    A unidade móvel Saúde Mulher SESC é um projeto que vem sendo desenvolvido desde 2012 e já percorreu várias cidades do Rio Grande do Norte. Entre as cidades já contempladas com o programa estão: Extremoz, Natal, Angicos, Fernando Pedroza, Santana do Matos, Lajes do Cabugi, Parelhas, Caicó, Currais Novos, São José do Campestre, etc.

    Para fazer o agendamento e ter acesso aos exames é preciso levar cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. A coordenadora de Saúde da Mulher da SMS, Suiann Costa, reforça que é preciso comparecer à Secretaria de Saúde no Centro Administrativo, para fazer o cadastro para participar do programa.

  • Setembro Vermelho: conheça os fatores de risco e como prevenir doenças cardiovasculares

    O mês de setembro é nacionalmente conhecido por ser o mês de combate às doenças cardiovasculares e as ações de conscientização se tornam cada vez mais importantes, afinal, patologias relacionadas ao coração são as que mais matam no mundo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) estima que são mais de 1100 óbitos por dia no país, cerca de 46 por hora e 1 morte a cada 90 segundos.

    O Dr. José da Silva Leitão, cirurgião cardiovascular do Sistema Hapvida, afirma que é possível prevenir o aparecimento das doenças cardiovasculares com a adoção de hábitos saudáveis e que é preciso, sobretudo, atuar na prevenção.

    Entendendo os fatores de risco

    Doença cardiovascular é um termo genérico utilizado para designar patologias que afetam o coração e/ou os vasos sanguíneos. “Existem vários tipos de doenças cardiovasculares, mas as mais comuns são a hipertensão arterial sistêmica, o infarto agudo do miocárdio, o acidente vascular cerebral, a doença arterial obstrutiva periférica e a insuficiência cardíaca”, explica o médico.

    Os sintomas podem variar de acordo com cada paciente, mas os mais comuns são falta de ar, dor no peito, palpitações, tontura e cansaço excessivo sem causa aparente.

    A maioria das doenças, segundo o Dr. Leitão, pode ser prevenida. Para isso, é preciso ficar atento e conhecer os principais fatores de risco. “São eles: obesidade, sedentarismo, tabagismo, estresse e colesterol alto”.

    O médico também recomenda evitar o consumo de carboidratos e alimentos enlatados, com níveis elevados de sódio, e aumentar a ingestão de frutas e vegetais.

    O papel da genética

    O especialista alerta, também, para a genética, normalmente interligada ao histórico de morte súbita na família. “Neste caso, é preciso redobrar a atenção e ficar ainda mais atento, exigindo, mesmo em pessoas muito jovens ou em atletas, por exemplo, avaliação cardiológica periódica”.

    As principais doenças cardiovasculares de origem genética são as cardiomiopatias, condição que se refere ao desgaste progressivo da estrutura e das paredes musculares do coração; as arritmias, caracterizadas pela frequência cardíaca anormal; as doenças da aorta, como o aneurisma; e a hipercolesterolemia familiar, disfunção que causa a elevação significativa do colesterol.

  • Conexão Elefante Cultural retoma espetáculos presenciais a partir desta quarta-feira

    Depois de um ano de atividades remotas e adaptações, a Edição 2021 do projeto Conexão Elefante Cultural volta a ocupar as ruas e cidades do interior do Rio Grande do Norte. Começa nesta quarta-feira, 22, a primeira etapa de circulação da Trupe da Luz, que irá levar arte, educação e cidadania a 7 municípios do estado.Monte Alegre, Poço Branco, Passagem, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Serra Caiada e Brejinho são as primeiras cidades a receber as atividades presenciais do projeto, que chega a sua 6ª edição.

    Durante a turnê, serão realizadas oficinas gratuitas de teatro, reciclagem e audiovisual, uma intervenção visual urbana, além de intercâmbio com grupos artísticos locais. Para fechar a programação, haverá ainda uma apresentação pública da Trupe da Luz, com a participação dos artistas de cada cidade.

    “Foi muito importante a articulação e interesse dos municípios, para que pudéssemos voltar para a estrada. Com apoio local, conseguimos divulgar as oficinas para crianças e adultos e vamos poder realizá-las com todas as orientações sanitárias que o momento ainda pede. O mesmo deve acontecer com as apresentações da Trupe em praça pública”, explica Diana Fontes, idealizadora do projeto.

    A segunda etapa de circulação do Conexão deve acontecer em outubro, passando por mais 7 cidades. O projeto é patrocinado pela COSERN, Instituto Neoenergia, através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado, com realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

    TRUPE DA LUZ

    Este ano a Trupe da Luz é formada por 5 artistas independentes ligados ao audiovisual, dança, circo, teatro, contação de histórias e customização plástica, sob a coordenação de Diana Fontes e Joana Patino. Participam do grupo André Rosa, Cissa Cortez, Giovanna Araújo, Joriana Pontes e Rodrigo Bico.

    SERVIÇO
    CONEXÃO ELEFANTE CULTURAL 2021
    22 A 29 DE SETEMBRO
    APRESENTAÇÃO TRUPE DA LUZ

    22/09 | Quarta-feira
    Monte Alegre
    19h – Praça Pedro Alves

    23/09 | Quinta-feira
    Poço Branco
    19h – Praça do Sagrado Coração de Jesus

    24/09 | Sexta-feira
    Passagem
    19h – Praça Senador Dinarte Mariz

    25/09 | Sábado
    Monte das Gameleiras
    19h – Praça Luiz Teixeira Pinheiro

    26/09 | Domingo
    Serra de São Bento
    19h – Praça do Turista

    27/09 | Segunda
    Serra Caiada
    19h – Praça de Eventos ao lado do Hospital

    28/09 | Terça
    Brejinho
    19h – Ginásio Poliesportivo Avelino Matias Xavier

  • Francisco do PT ressalta comemoração pelos 100 anos de Paulo Freire

    O deputado Francisco do PT usou o tempo das lideranças parlamentares na sessão desta terça-feira (21), para destacar a data considerada importante para a Educação do povo brasileiro e do povo do Rio Grande do Norte. Ele se referiu ao centenário do educador Paulo Freire, comemorado no último domingo (19).
     
    O parlamentar lembrou a importância de Paulo Freire pela sua “pedagogia libertadora através da experiência das 40 horas de Angicos”, nos anos 60, quando ele alfabetizou 300 adultos do município de Angicos em apenas 40 horas. “Experiência realizada no Rio Grande do Norte no Governo de Aluízio Alves”, afirmou Francisco do PT, lembrando que o RN também está vivenciando o centenário do ex-governador.
     

    Deputado Francisco do PT enaltece centenário de Paulo Freire – Foto ALRN/João Gilberto

    Francisco do PT enalteceu o evento realizado no domingo em Angicos, quando o Governo do Estado inaugurou uma escultura em homenagem a Paulo Freire, assinada pelo artista Guaraci Gabriel, e instalada às margens da BR-304. “Um monumento para eternizar e lembrar sempre a importância de Paulo Freire para a educação do nosso País”, afirmou o deputado, comentando sobre o que a educação identifica como ‘pedagogia freiriana’.
     
    O deputado lembrou da prisão de Paulo Freire, pouco tempo depois do marco das 40 horas, quando se deu o golpe de 1964. “O ato realizado em Angicos diz muito de nossa gratidão ao Patrono da educação brasileira”. Francisco do PT enalteceu ainda em seu pronunciamento, o lançamento do Programa Nova Escola Potiguar, para contribuir com a erradicação do analfabetismo no Rio Grande do Norte, onde o Governo do Estado vai investir R$ 400 milhões na construção de institutos estaduais de educação.
     
    O parlamentar também comentou sobre o Projeto de Lei que transforma o ano de 2021, ano do centenário de nascimento do educador, no ‘Ano Paulo Freire da Educação Potiguar’, conforme lei aprovada pela Assembleia, e já sancionada pela governadora Fátima Bezerra. O deputado encerrou o pronunciamento comentando a participação na solenidade de aniversário de 112 anos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). “Vida longa aos que acreditam na Educação como instrumento de transformação social”, encerrou o deputado Francisco.

  • Câmara de Natal tem Sessão Ordinária Inclusiva

    Quase 30% da população potiguar tem algum tipo de deficiência. Mas essas pessoas ainda ocupam poucos espaços de poder na sociedade, menos ainda na política. Na Câmara de Vereadores da capital, por exemplo, dos 29 vereadores, apenas um é cadeirante. Tércio Tinoco, administrador de 34 anos, está em seu primeiro mandato, e é a primeira pessoa nessa condição a assumir uma vaga na história da Casa.

    Mas a Sessão Ordinária desta terça-feira (21) vai ser completamente diferente. No lugar dos 29 vereadores, estarão 29 pessoas com algum tipo de deficiência. Cada uma foi indicada pelos parlamentares oficiais da Câmara. A Sessão Ordinária Inclusiva, é uma iniciativa do vereador Tércio, faz parte das ações do Setembro Verde e vai marcar o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência.

    A Sessão Ordinária Inclusiva vai acontecer dentro do regimento normal da Câmara, dentro do horário do pequeno expediente, entre 14h e 15h. Cada “vereador” vai ter cerca de 2 minutos para falar no Plenário.

    SERVIÇO
    Sessão Ordinária Inclusiva
    Câmara de Vereadores de Natal
    Terça, 21/09 – 14h às 15h

  • Câmara Municipal de Mossoró homenageia os 53 anos da UERN

    A Câmara Municipal de Mossoró vai realizar uma sessão solene em homenagem aos 53 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, na quinta-feira, 23, às 9h da manhã. Na ocasião, os vereadores e vereadoras vão homenagear com medalhas, troféus e títulos de cidadão mossoroense 22 pessoas que contribuem ou contribuíram com a instituição de ensino ao longo dos anos.

    Além dos 22 homenageados, a reitora em exercício, professora Fátima Raquel, o reitor licenciado professor Pedro Fernandes, a reitora eleita para o quadriênio 2021/2025, professora Cicília Maia e o vice-reitor eleito professor Chico Dantas receberão menção honrosa em nome dos vereadores da Casa.

    A solenidade é uma proposição do vereador professor Francisco Carlos em reconhecimento aos relevantes serviços que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte realizou e realiza em Mossoró e região. A instituição é responsável por realizar pesquisas acadêmicas em diversas áreas como educação, saúde e cultura e pela formação de estudantes que se tornam professores, enfermeiros, médicos, advogados, turismólogos, comunicadores entre outras importantes profissões que enriquecem o mercado de trabalho e estimulam o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte.

  • Governo anuncia criação do Departamento de Proteção a Grupos em Situação de Vulnerabilidade

    O Governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta segunda-feira (20) a criação do Departamento de Proteção a Grupos em Situação de Vulnerabilidade (DPGV) dentro da estrutura organizacional da Polícia Civil. O departamento será criado através de Projeto de Lei Complementar (PLC) elaborado pelo Executivo e enviado para apreciação e votação na Assembleia Legislativa.

    O novo departamento é um avanço na política de segurança pública, com foco no indivíduo, voltado a pessoas em vulnerabilidade e exclusão social determinada por fatores como idade, gênero, raça, cor, etnia, orientação sexual e condições físicas.

    “Estamos dando hoje um passo muito importante. Estamos dizendo não à barbárie e sim à civilização.  Eu, como governadora, e vocês, como agentes públicos, temos o dever de zelar pela Constituição e pelos direitos nela escritos”, afirmou a governadora professora Fátima Bezerra, no auditório da Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), em Natal.

    A criação do DPGV coloca o Rio Grande do Norte ao lado de outros quatro Estados que também criaram departamentos em defesa das pessoas em vulnerabilidade: Rio Grande do Sul, Sergipe, Pará e Ceará. O novo setor também vai fortalecer as políticas públicas de proteção referentes ao acolhimento, à resolutividade e à geração de dados sobre a violência.

    A delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, disse que o DPGV vai permitir fazer o trabalho policial com mais cidadania e promover a pacificação social. “Cada vez mais vamos combater o crime com firmeza, mas também com cidadania e sensibilidade”, afirmou. A delegada Paoula Maués, que vai coordenar o DPGV, lembrou que o novo departamento surge da necessidade de tratar segmentos da população em situação de vulnerabilidade no contexto da violência e que este trabalho será feito de forma integrada com outros órgãos do Governo e da sociedade, inclusive com as universidades.

    Titular da Secretaria de Estado da Mulher, da Juventude, do Idoso e dos Direitos Humanos (Semjidh), Júlia Arruda disse que o DPVG “representa grande avanço com foco no indivíduo. A violência é uma realidade na vida de muitas pessoas, seja ela movida pelo ódio ou pela intolerância. Hoje, o único estado governado por uma mulher, mostra que não aceita a intolerância e vai passar a atuar com várias delegacias na defesa dos direitos das pessoas, de suas histórias, de suas vidas”.

    “Demonstração de preocupação com o próximo”. A definição é do deputado federal Rafael Motta que completou: “este departamento dá voz às pessoas em vulnerabilidade”. Representante do Conselho Estadual Direitos Humanos, a delegada Rossana Vieira destacou a importância da construção de políticas públicas para promover os direitos humanos e a cidadania das pessoas em vulnerabilidade, assim como a capacitação dos agentes públicos para combater a violência institucional. “Somos parceiros para esta construção e que ela realmente seja eficaz e cresça atingindo seus objetivos”.

    Morador de rua por 27 anos, hoje coordenador do Movimento em Defesa da População de Rua, Vanilson Torres afirmou que o DPGV é “muito importante por haver muita gente sofrendo violência nas ruas, inclusive muitas mulheres. Somos vistos como descartados urbanos. Em nome dos movimentos de população de rua no estado e nacional, defendemos políticas públicas estruturantes como esta para que seja exercido o direito de existir”.

    Como vai funcionar:

    Caberá ao DPGV: 

    – Oferecer atendimento humanizado e qualificado 24h;

    – Integrar as políticas públicas voltadas aos grupos em situação de vulnerabilidade;

    – Padronizar os procedimentos policiais; estabelecer fluxos de atendimento, oferecendo celeridade e segurança jurídica;

    – Produzir dados estatísticos precisos e confiáveis; contribuir para a efetivação dos direitos humanos.

    Atuação das especializadas:

    – No Atendimento à Mulher – DEAM;

    – Na Proteção da Criança e Adolescente – DPCA;

    – No Atendimento à Pessoa Idosa – DEPI;

    – No Enfrentamento a Crimes Raciais, Intolerância e Discriminação – DCRID;

    – Na Proteção de Pessoas com Deficiência – DEPPD;

    – Pronto Atendimento a Grupo em Situação de Vulnerabilidade – DPPA (as três últimas serão criadas junto com o DPGV).

  • Câmara de Natal ganha Frente Parlamentar da Cidadania LGBTQIA+

    A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal aprovou, em reunião nesta segunda-feira (20), a criação da Frente Parlamentar de Promoção e Defesa da Cidadania das Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis, no âmbito do Legislativo natalense. Além deste, outros 20 projetos foram apreciados, mas metade deles teve a tramitação prejudicada, seja pela similaridade com outras propostas protocoladas anteriormente ou com leis já sancionadas.

    “A Comissão de Justiça tem esse caráter de avaliar a legalidade, constitucionalidade e de averiguar se já existe similaridade com leis em vigor ou outros projetos e temos recebido um montante muito grande de projetos, mas boa parte tem sido prejudicada por essa razão”, disse o vereador Kleber Fernandes (PSDB), presidente da Comissão.

    Algumas das propostas aprovadas estão relacionadas à igualdade de direitos. Uma destas é de autoria da vereadora Brisa Bracchi (PT), com a finalidade de debater, acompanhar e elaborar proposições e políticas públicas destinadas à população  LGBTQIA+, através de uma Frente Parlamentar. “Toda Frente Parlamentar que venha a ser criada na Câmara é importante para que haja um fórum permanente de debate sobre determinado assunto, o que torna esse parlamento ainda mais plural, que se preocupa com a individualidade de cada tema”, declarou o vereador Preto Aquino (PSD).

    Também foi aprovado o Projeto de Lei nº 99/2021, da vereadora Divaneide Basílio (PT), que inclui no Calendário Oficial do Município o Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política contra Mulheres Negras, LGBTQIA+ e periféricas, a ser comemorado anualmente no dia 14 de Março; e o Projeto de Lei nº 423/2021, do vereador Raniere Barbosa (Avante), também incluindo no calendário a “Semana da Tulipa Vermelha”, visando conscientizar a população sobre a Doença de Parkinson. Já o Projeto de Lei nº 19/2021, do vereador Herberth Sena (PL), assegura à criança e ao adolescente, cujos pais ou responsáveis sejam idosos ou tenham alguma deficiência, a prioridade de vaga na escola/creche mais próxima de sua residência.

  • Abertas inscrições para a Escola Municipal de Esportes de Parnamirim

    A Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, abriu nesta segunda-feira (20) as inscrições para alunos do município, de escolas públicas ou privadas, para a Escola Municipal de Esportes de Parnamirim (EMEP). Podem realizar a inscrição, de forma online ou presencial, estudantes que tenham até 17 anos, nas modalidades de futebol, futsal, handebol e vôlei.

    De maneira online, o aluno realiza a pré-inscrição, preenchendo todas as informações necessárias, com o deslocamento à sede da Secretaria de Esporte e Lazer (Sel) num segundo momento, para assinar a documentação e formalizar o processo.

    Para realizar a inscrição, tanto pelo site quanto na própria Secretaria de Esporte e Lazer, serão necessários os seguintes documentos:

        • RG e CPF – (aluno e responsável);
        • Declaração escolar – (aluno);
        • Comprovante de residência – (responsável);
        • 2 fotos 3×4 – (aluno).

    A Sel fica na Rua Tenente Medeiros, 83, no centro da cidade. O horário de funcionamento é das 8h às 13h30. Qualquer dúvida ou esclarecimento pode ser obtido pelo contato (84) 3644-3223.

  • Plantio de mudas marca Dia da Árvore no Parque das Dunas

    Nesta terça-feira (21), data em que se comemora o Dia da Árvore, o solo do Parque das Dunas receberá novas mudas. O grupo Rotary, em parceria com a gestão da Unidade de Conservação, organizou uma ação de plantio, a partir das 9h, como forma de celebrar a data por meio de uma atividade ambiental e de perpetuação à vida. A atividade representa a VI edição da Campanha Bosques da Memória.

    A ideia é que cada pessoa plante uma árvore, marque o @rotaryreismagos e o @parquedasdunas nas redes sociais para inspirar mais pessoas e acompanhe o crescimento da planta ao longo do tempo.

    Para esta ação, foram doadas 30 mudas do Viveiro do Parque, nativas da Mata Atlântica. Entre as espécies temos ipê roxo, peroba rosa, pau-brasil, jatobá, quiri, maçaranduba, entre outras. 

    Para o engenheiro florestal do Parque das Dunas, Giliard Santos, “essa será uma ação com três significados: combate às espécies exóticas, homenagem às vítimas de Covid-19, e sensibilização sobre a importância de se plantar uma árvore”, disse.

    A campanha é uma atividade voltada à preservação do meio ambiente, com o objetivo de incentivar a prática da cidadania e sensibilização da população. O local do plantio acontecerá em uma área no Bosque dos Namorados, onde está sendo feito um trabalho de substituição das espécies exóticas por nativas.

    As árvores são indispensáveis na natureza por possuírem diversas finalidades, inclusive, o reflorestamento é uma das principais estratégias para combater o aquecimento global. 

    A gestora do Parque das Dunas, Mary Sorage, fala que, dentre os inúmeros benefícios, elas auxiliam na purificação e umidade do ar, pois agem como sequestradoras de CO2, capturando gases tóxicos e devolvendo oxigênio para a atmosfera. “Além disso, elas protegem a biodiversidade: cerca de 80% de todas as espécies de plantas e animais dependem das árvores. O desaparecimento de algumas florestas em regiões do planeta foi responsável pela extinção de vários animais, insetos e de outras plantas”, concluiu Mary.

    Dia da Árvore

    O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro. A criação da data surgiu da necessidade de conscientizar a população da importância das árvores para o meio ambiente, inclusive para a vida dos seres humanos. A data foi escolhida em razão de coincidir com a chegada da primavera no Brasil.

Voltar ao Topo

Entrar

Esqueceu a senha?

Esqueceu a senha?

Insira os dados da sua conta e nós lhe enviaremos um link para redefinir sua senha.

Seu link de redefinição de senha parece ser inválido ou expirou.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.