Fecomércio RN lança projeto para fortalecer comércio do Alecrim e Cidade Alta

A Fecomércio RN fez o lançamento do projeto de Ecossistemas de Competitividade e Inovação em Comércio e Serviços (ECICS) para os bairros do Alecrim e Cidade Alta. Os momentos fazem parte da Semana do Comércio 2022, com ações previstas até esta sexta-feira (22). A primeira entrega do ECICS para os dois bairros comerciais foram as pesquisas sobre hábitos de consumo e opinião dos empresários, ouvindo consumidores e empreendedores no início do mês de julho. 

Os números foram levantados pelo Instituto Fecomércio Rio Grande do Norte e apresentados durante o lançamento do nesta semana. De acordo com o IF RN, no Alecrim, circulam nas mais de 5 mil empresas, 3,1 milhões de pessoas por mês. O bairro é responsável por 25 mil empregos diretos. O gasto médio é de R$ 186,25. 

A maioria dos consumidores que frequentam o bairro são da zona Leste (26,5%) e Norte (25,5%), dos quais 76,7% utilizam o comércio e os serviços do Alecrim como primeira opção. O dia de maior movimentação para o consumo é o sábado (33,3%), onde se buscam peças de vestuário (66,3%), calçados e acessórios (38%) e alimentação (27,5%). 

O maior motivo de comprar no Alecrim para 54,2% dos entrevistados é o preço e 79,3% pesquisam os valores antes de efetuar a compra. 

Na Cidade Alta, as mais de 2,6 mil empresas instaladas no são responsáveis por 13 mil empregos diretos. No bairro, circulam 1,5 milhão de pessoas por mês que gastam, em média, R$ 149,33. 

Os consumidores da zona Norte da capital são os que mais frequentam a Cidade Alta, com 42%, e tem como sábado o dia preferido para a compra (30%). O principal meio de transporte para fazer compras (67,7%) e ir ao trabalho (58%) é o ônibus (52,8%). 

Para os dois bairros, tanto os empresários como os consumidores apontam como principais problemas o estacionamento e a segurança pública. 

Os dados foram apresentados pelo diretor de Inovação e Competitividade da Fecomércio RN, Luciano Kleiber. “O trabalho do ECICS nesses dois bairros tende a ter efeitos positivos e muito grandiosos na circulação do comércio como um todo. Avaliamos os números levantados pelas nossas pesquisas de forma muito positiva. Também estamos identificando problemas históricos e começando a aprofundar tecnicamente os debates em torno desses problemas como, por exemplo, a questão dos estacionamentos, para então levá-los ao poder público e articular soluções viáveis”, afirmou.  

ECICS 

Além das entregas das duas pesquisas para cada um dos bairros comerciais, o ECICS irá oferecer produtos, serviços e ações da Fecomércio, Sesc e Senac Rio Grande do Norte aos empresários e trabalhadores do comércio.   

Do portfólio do Senac RN, serão disponibilizadas vagas para cursos gratuitos de Ferramentas de Marketing Digital, Excel, Gerência de Loja, Formação de preços de Venda e Comunicação e Vendas. 

Já o Sesc, voltado a saúde e bem estar do colaborador, terá ações de ginástica laboral, aulões de dança, funcional e grupos de corrida, palestras e ações educativas em saúde, e a credencial do Sesc que permite acesso a clínica odontológica, escola e restaurante. 

Depois de três meses de projeto, a Fecomércio fará novas pesquisas de mercado com consumidores e empresários, além de oferecer serviços como valor diferenciado em Certificação Digital e aproximar de parceiros como Banco do Brasil, Sicoob, Associação Potiguar de Energias Renováveis e do Sindicato dos Corretores de Seguros do RN. 

“Após o sucesso que tivemos com o projeto-piloto em Pajuçara, sentimos a necessidade de implantar nos principais polos comerciais do nosso estado. Esse foi o primeiro passo, traçamos o diagnóstico do comércio no Alecrim e na Cidade Alta e já apresentamos algumas das soluções. Vamos buscar também o poder público, apresentar os pleitos. É um trabalho de apoio perene. Mas ressalto que o sucesso do ECICS depende dos empreendedores, da adesão às nossas ações. Precisamos do apoio e engajamento de todos”, reforçou o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. 

O presidente da Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA), Matheus Feitosa, ficou entusiasmado com os números apresentados e afirmou que o ECICS será importante para aqueles que fazem o comércio no bairro. “Agradeço a atenção da Fecomércio, Sesc e Senac e o ECICS será muito importante, com as capacitações, os serviços oferecidos. Peço aos empresários para fazermos isso juntos, convocar outros empreendedores, trabalhadores para ajudar a AEBA e o Alecrim”, disse. 

Para o presidente da Associação Viva o Centro, Rodrigo Vasconcelos, as inciativas chegam em boa hora. “Estamos trabalhando uma nova reformulação, tentando atrair novos empreendedores para o Centro de Natal. Esse ano será o ano da virada e esta é a oportunidade perfeita para pegarmos essas pesquisas desenvolvidas pela Fecomércio, estudá-las e, com isso, mostrar aos empreendedores o direcionamento que deve ser feito nos seus comércios e estabelecimentos. É hora de arregaçar as mangas e, conjuntamente, trabalharmos pelo desenvolvimento do comércio local”. 

Semana do Comércio 

A Semana do Comércio 2022 teve início na segunda-feira (18), com a realização de capacitações gratuitas oferecidas pelo Senac RN, que já contaram com mais de 200 inscritos.  

Os detalhes da programação estão disponíveis no site Página principal – Fecomércio RN (fecomerciorn.com.br)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Programa “Nosso Som Nas Escolas” lança concurso de redação para alunos da Grande Natal

Hospital Walfredo Gurgel busca familiares de paciente internado