Mesa Brasil do Sesc doará mais de 400 quilos em alimentos para desabrigados da Grande Natal

O Sistema Fecomércio RN, por meio do Programa Mesa Brasil do Sesc RN, realizará uma campanha voltada para pessoas da Grande Natal, atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias. Nesta quinta-feira, 7, a partir das 14 horas, mais de 400 quilos de alimentos estarão sendo distribuídos e até o dia 30 de julho, as unidades do Sesc estarão recebendo doações.

Parte da arrecadação do Mesa Brasil ocorrida em junho, cerca de 430 quilos em alimentos, serão direcionados para as entidades carentes cadastradas e localizadas em áreas afetadas, como: o Lar Fabiano de Cristo, em Felipe Camarão, e a paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Nova Parnamirim.

A expectativa é que outras entidades sejam beneficiadas nos próximos dias, por isso, o Mesa Brasil continuará arrecadando alimentos e material de higiene, em prol das pessoas afetadas pela chuva. Os pontos de coleta serão as unidades do Sesc da Grande Natal ou por depósito bancário, na Caixa Econômica Federal: Agência 4240, Operação 003 e Conta Corrente 902533-3 (CNPJ: 03.591.097/0001-42).

Para o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, o momento é de solidariedade e de se colocar no lugar do próximo. “O Mesa Brasil tem a missão de ajudar aqueles que precisam, então, voltamos o trabalho das equipes de coleta para os desabrigados de Natal assistidos por entidades já cadastradas. Além disso, colocamos as unidades do Sesc como pontos de coleta para quem quiser doar mais”, disse.

Serviço:

O que? Mesa Brasil doa 400 quilos em alimentos para desabrigados da Grande Natal

Quem? Entidades carentes cadastradas

Quando? Até 30 de julho

Doações: Unidades do Sesc Natal ou depósito bancário na Caixa Econômica Federal: Agência 4240, Operação 003 e Conta Corrente 902533-3 (CNPJ: 03.591.097/0001-42).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Natal: Linhas de ônibus do bairro Neópolis tem itinerário modificado

Contingenciamento de verbas da UFRN e do IFRN é debatido na Comissão de Educação da ALRN