Festival MPB 84 terá concurso cultural e shows de Elba Ramalho, Fagner, Waldonys, Geraldo Azevedo e Chico Cesar

Natal vai ganhar nos dias 19 e 20 de agosto um evento que celebra a Música Popular Brasileira, o Festival MPB 84. Em um único fim de semana, 12 bandas potiguares – selecionadas a partir de edital – participarão de um concurso cultural e o grande vencedor terá a oportunidade de se apresentar em um super show que terá entre as atrações grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho; Fagner; Waldonys e Geraldo Azevedo com Chico Cesar, no projeto Violivoz.

O projeto, com patrocínio via incentivo fiscal da Lei Djalma Maranhão pela Prefeitura do Natal, da Arena das Dunas e Holliday Inn Natal; e via incentivo fiscal da Lei Câmara Cascudo pelo Governo do RN, da Sadio Temperos e Tanlux, tem o objetivo de incentivar a cultura e o surgimento de novos talentos no cenário musical brasileiro, além de fomentar as atividades culturais no Estado do Rio Grande do Norte. Um festival inédito no Estado e que vai fazer os potiguares cantarem e se encantarem, afinal de contas a MPB é a música preferida dos brasileiros.

O evento será na Arena das Dunas e terá ingressos a preços populares, a partir de R$ 40,00, seguindo o formato de festival com a democratização do acesso. Além de pista, o espaço comportará lounge e mesas, para o público que optar por mais conforto e comodidade. No dia 19 será realizado um concurso de música e no dia 20 todos os shows em uma só noite. “Nunca se reuniu tantos artistas renomados em um só festival no Rio Grande do Norte”, comemora Jarbas Filho, diretor da Viva.

Em breve será lançado e divulgado o edital para o Festival de Música que compõe o MPB84. O projeto é uma realização FF Entretenimento e tem produção cultural da Viva Entretenimento. Mais informações: @festivalmpb84 e whatsapp da Viva: 84 9601-9329.

Mais sobre o “Violivoz”:

Dois dos maiores cantautores da música popular brasileira revisitam suas obras, compõem juntos e lançam o espetáculo “Violivoz”. O novo show da dupla promove um mergulho coletivo na genialidade destes dois grandes compositores nordestinos, mostrando a força de suas canções. O repertório passeia por grandes sucessos autorais, clássicos da dupla e algumas surpresas.

“Violivoz é mais que um show para mim. É como se fosse uma espécie de portal em que entro para realizar meus sonhos de adolescente do sertão paraibano. Geraldo Azevedo é um mestre que me dá a oportunidade desse encontro”, conta Chico.

“Tão importante quanto tentar aprender algumas de suas canções, que o público de todo o Brasil canta aos brados, é observá-lo abrir-se para apreender as minhas e nos misturarmo-nos. A minha música deriva incondicionalmente da dele. Não seria de outra maneira”, finaliza.

A admiração e o respeito que Geraldo Azevedo e Chico César têm um pelo outro tornam-se evidentes quando eles se encontram para tocar e falar de música. Os ensaios para a nova turnê têm sido de pura diversão e cumplicidade – o que, com certeza, vai se refletir no palco.

“Tenho grande admiração por esse artista e por essa pessoa linda que é Chico César. Os primeiros encontros que tivemos para os ensaios foram surpreendentes e eu confirmei o grande músico que ele é. Nossa interação no palco vai ser fantástica, porque nós dois gostamos muito de tocar. Adoro a música de Chico e vejo que ele também tem uma relação muito grande com o meu trabalho”, comenta Geraldo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Assembleia Legislativa do RN reconhece Serra da Barriguda como patrimônio imaterial do RN

Gasto médio para Dia dos Namorados aumenta no RN