RN tem 07 carros fumacê para todo o estado e alerta para cuidados contra a dengue

Leio na Tribuna do Norte que a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) aumentou a frota de carros fumacê disponíveis e agora o Rio Grande do Norte conta com sete carros para operações de Ultra Baixo Volume (UBV) em combate às arboviroses nos 167 municípios potiguares.

A matéria ainda diz que um novo carro deve ser incorporado à frota em breve, perfazendo o total de 8 veículos, o dobro da quantidade de carros até recentemente.

Pela quantidade de gente que conheço que está com dengue (minha mãe, tia, professores de meu filho, amigos) e pela experiência que tive ontem (dia 26 de maio) num pronto-socorro lotado de pessoas com sintomas da doença, vai ser preciso bem mais que isso para controlar essa epidemia no estado.

Ainda de acordo com a matéria da Tribuna do Norte, algumas cidades já foram atendidas e a Sesap está avaliando as próximas operações de acordo com as solicitações e com a situação epidemiológica de cada município. As operações já foram realizadas em Parelhas, Santo Antônio, Várzea, Passa e Fica, Guamaré, Jardim do Seridó, Montanhas, Serrinha, Brejinho, Lagoa D’anta, alguns bairros de Macaíba, Poço Branco, Ielmo Marinho, Lajes Pintadas, Florânia, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra de São Bento, Riachuelo e Caraúbas. Está em andamento a operação em João Câmara, Natal (no bairro das Quintas e Alecrim) e Parnamirim (na Maria Lacerda). 

A responsável técnica pelo Programa Estadual de Controle da Dengue, Silvia Dinara, destaca que a operação de UBV é importante para interromper a transmissão, pois elimina o mosquito adulto, mas deve ser adotada como última medida. “As ações de combate e controle de criadouros devem permanecer concomitantemente e precisam se intensificar nesse momento para que não haja nova proliferação”, explica.

A Sesap reforça os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses, como manter os quintais livres de possíveis criadouros do mosquito; esfregar com bucha as vasilhas ou reservatórios de água de seus animais; não colocar lixo em terrenos baldios; manter caixas d´água sempre tampadas e cuidar de qualquer local que possa acumular água parada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Nova campanha do Hospital Varela Santiago incentiva doações mensais através de assinatura

Estrada do Santuário do Lima é restaurada e ganha calçadão