Sebrae entrega Prêmio Educação Empreendedora aos destaques no RN

O Sebrae do Rio Grande do Norte realizou na manhã desta quarta-feira (9) a entrega do Prêmio Educação Empreendedora a professores de instituições de ensino da educação básica e ensino superior que se destacaram com a elaboração e execução de projetos de empreendedorismo na área educacional. Concorreram à etapa estadual, professores representantes das redes de ensino municipal, estadual e federal, públicas e privadas de todo o estado chegando à final, além de Natal, os municípios de Mossoró, Santa Cruz e Macau.

Com o projeto “Caderno de Pesquisa e Práticas Empreendedoras” a professora Patrícia Vital de Lima, da Miguel Lula de Farias, em Santa Cruz, foi classificada em 1º lugar na categoria Ensino Fundamental – Anos Iniciais. Na categoria Ensino Médio o grande vencedor foi o professor do Centro Avançado de Ensino, Paulo Victor Alves de Souza, com o projeto “1° Encontro Virtual de Educação Empreendedora: Empreendendo Para a Solidariedade”.

Na categoria Educação Profissional Técnica de Nível Médio o 1º lugar ficou com o professor Cesimar Xavier de Souza Dias, do IFRN – Campus Zona Norte de Natal, que inscreveu o projeto “Agência Web Escolar”. O segundo lugar na mesma categoria ficou com o professor do IFRN Campus Macau, André Freire Mastrorocco, com o projeto “Empreendedorismo Social e Negócios de Impacto”.

Na categoria Ensino Superior o primeiro lugar foi conquistado pela professora da UERN, Campus Mossoró, Ana Augusta da Silva Campos, com o projeto “Sensibilização para o Empreendedorismo Inovador” e em segundo lugar ficou a professora Francisca Noeme Moreira de Araújo, da Universidade Potiguar, UnP Campus Mossoró, com o projeto “Programa de Desenvolvimento de Pequenos Negócios – PDPN”.

O diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, lembrou que a educação empreendedora é uma prioridade do Sistema Sebrae em todo o Brasil e, especificamente no Rio Grande do Norte. “Nós consideramos a educação empreendedora muito importante para a formação das novas gerações. É um grande desafio tornar a educação empreendedora acessível para todos, sobretudo pelo meio digital, através de aplicativo e sistemas que gerem soluções para o setor produtivo e a sociedade em geral”, afirma Melo.

A criação de um prêmio que reconhece e valoriza projetos de empreendedorismo criados no ambiente escolar é, segundo o professor Guilherme Guerra, essencial para extrapolar o ecossistema da área do ensino, beneficiando todo o setor produtivo e econômico do estado.  Para enfatizar a importância do ensino público ou particular, o professor citou um educador que disse que “Educação não é prioridade. Educação é premissa e tem que vir antes de tudo”.

Contemplado com um dos troféus do Prêmio Educação Empreendedora, o professor do IFRN/Campus Macau, André Mastrorocco, afirma que a premiação é de fundamental importância para o fortalecimento da cultura empreendedora dentro da região da Costa Branca potiguar, mais especificamente no campus Macau do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

“Este prêmio marca a história do nosso Campus, como uma unidade que aposta na educação empreendedora como força motriz para o desenvolvimento regional. Toda a nossa equipe de professores e estudantes recebe esse prêmio com muita alegria e satisfação como uma instituição que sempre acreditou na educação empreendedora”, comemora.

Foto: Luana Tayze

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Detran realiza nesta sexta leilão virtual com 221 lotes de veículos

Estação do Cordel comemora 5 anos com muita música e poesia neste final de semana (11 e 12)