Casa de Zoé apresenta “Sinapse Darwin” de 17 a 19 de dezembro em Ponta Negra

Inspirado na vida e na obra do pesquisador e naturalista Charles Robert Darwin, Sinapse Darwin é o mais recente espetáculo da CASA DE ZOÉ, com direção geral e dramaturgia de César Ferrario e direção de arte de João Marcelino. O espetáculo que teve estreia de sucesso, com ingressos esgotados em novembro no TECESOL, retorna esta semana em temporada de seis apresentações gratuitas, de 17 a 19/12, dentro do calendário do “Natal em Natal”.

O espetáculo remonta a história de Darwin de forma inusitada. A linha narrativa, desobediente ao tempo e a geografia, se faz livre nos caminhos imprevisíveis do pensamento. Nessa trajetória, fatos icônicos da vida como nascimento, formação e jornada, são espelhados e transfigurados pela memória daquele que pertencem. Requisitando a imaginação, elementos de teorias contidas em “A Origem das Espécies”, vão sendo gradualmente revelados a partir de um olhar sobre o próprio cotidiano.

No entanto, Darwin não foi o primeiro a dizer que a vida na terra é derivada de uma longa e diversa cadeia evolutiva. O filósofo mulçumano Al-Jahiz, por exemplo, escreveu mil anos antes um livro sobre como os animais mudam através do que chamou de seleção natural. Seu próprio avô, Erasmus Darwin, também já alertava sobre esse processo. Mas a história de Charles nos desperta por sua disposição as diferentes geografias, pelo respeito e admiração as diversidades étnicas e pela perspicácia em estabelecer os princípios científicos para sustentação de suas afirmações.

Com trilha sonora ao vivo – com direção musical de Caio Padilha – Sinapse Darwin é executado sobre uma estrutura autônoma de luz, som e palco totalmente pertencente a CASA DE ZOÉ, podendo ser armado em qualquer lugar, levando o teatro para outras rotas, além das previsíveis e usuais. Uma estrutura que conclama as pessoas, das grandes e pequenas cidades, para que juntas, mais uma vez, se disponham ao exercício de imaginar.

A atriz Titina Medeiros fala sobre a ideia do espetáculo e sobre a experiência de voltar aos palcos: “Em março de 2020, quando veio a pandemia e começaram também as ideias negacionistas, a gente pensou, temos que montar alguma coisa que fale de ciência, e a gente já tinha desejo, sobretudo César, de montar uma peça sobre Darwin, sobre a teoria da evolução… Darwin fala de esperança, de renascimento, de evolução, e acho que o espetáculo significa isso pra gente, superação. É uma alegria muito grande poder voltar aos palcos, encontrar nosso público, e ter os nossos ingressos da temporada de estreia esgotados em minutos é muito significativo pra nós, isso mostra que o teatro está vivo! Isso é oxigênio para seguirmos firmes em nosso propósito de fazer arte através dessa linguagem milenar, única e potente. Que as artes, a sensibilidade, a ciência e a educação tenham o valor que merecem em nosso país.”

Sinapse Darwin é uma realização da Casa de Zoé, produção da Bobox Produções e Tayó Produções, com patrocínio do Natal em Natal, Prefeitura do Natal, Programa Djalma Maranhão, Colégio CEI, Arena das Dunas, Hospital do Coração e Veneza e apoio do SEBRAE RN, Gratiare, Complexo Cultural Rampa, Casa da Ribeira e Governo do estado do Rio Grande do Norte.

SERVIÇO

SINAPSE DARWIN

TEMPORADA NATAL EM NATAL

De 17 a 19 de dezembro, às 17h30 e às 20h

Local: Praça do Gringos – Ponta Negra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Drives de vacinação funcionam até 18h neste sábado (11) em Natal

Natal perde metade dos passageiros de avião em 2020 e registra o fluxo mais baixo em 10 anos