Parque das Dunas comemora 44 anos de existência com vasta programação a partir desta sexta-feira (19)

A primeira Unidade de Conservação do Rio Grande do Norte faz aniversário neste mês de novembro. O Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves”, um dos atrativos naturais da capital potiguar, completa 44 anos de existência no próximo dia 22.

Para celebrar a data, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, por meio da gestão do Parque, preparou uma programação durante os dias 19, 20 e 21 de novembro, com o intuito de sensibilizar a população para a importância da Unidade, oferecendo atividades culturais, literárias, de saúde, e que relembrem a necessidade de se preservar a área verde de grande simbologia para o Rio Grande do Norte, responsável por abrigar variadas espécies florística e faunística da Mata Atlântica.

De acordo com a gestora do Parque das Dunas, Mary Sorage, celebrar o aniversário do Parque com uma programação voltada para práticas esportivas e de qualidade de vida, além da biodiversidade potiguar, faz todo sentido no trabalho de conservação da natureza e no foco da saúde das pessoas e dos demais seres vivos.

“O Parque completa 44 anos e apesar das restrições sanitárias é um momento que gostaríamos de celebrar, de festejar e mostrar o quanto a Unidade é importante. Lembrando que a data também serve para ressaltar que é um momento de luta pela conservação da Natureza, de debates sobre a necessidade de coexistirmos junto a ela, e que somente com a sua sobrevivência é que podemos pensar em um futuro possível para todos nós. O Parque das Dunas exala a essência da vida”, ressaltou Mary Sorage.

Um dos destaques da programação é o lançamento do E-book do Parque das Dunas, que será disponibilizado gratuitamente nos sites institucionais do Idema (idema.rn.gov.br) e do Parque (parquedasdunas.rn.gov.br). O material elaborado pela equipe técnica do Parque das Dunas, a obra possui mais 250 páginas e escrita em formato bilíngüe, será um guia a fim de apresentar as espécies da fauna encontradas na Unidade de Conservação e Posto Avançado da Biosfera em território Potiguar, com fotografias feitas por biólogos e dados sobre a diversidade biológica. Um trabalho de pesquisa e catalogação feito em mais de dois anos.

Além do lançamento do Guia Fotográfico, outras atividades estão programadas para celebrar o aniversário, em parceria com a Universidade Potiguar-UNP, serão realizadas ações de massagens, avaliação física, orientações voltadas para a temática de educação ambiental, dança, aferição de pressão arterial e glicemia, alongamentos, entre outros.

Parque das Dunas

Espaço para caminhadas, brincadeiras, trilhas, atividades ao ar livre de todos os tipos e para todas as idades, o parque também é lugar de produção de mudas nativas, de pesquisa, ciência, disseminação de conhecimento e também onde acontecem renomados projetos culturais, como o Dançando nas Dunas, Bosque Encena, o Som da Mata, feiras de livros, quadrinhos, artesanato e muito mais.

O Parque das Dunas, apesar de oferecer um ponto de encontro das pessoas, o contato com a natureza, espaço para a prática de atividades físicas e realização de eventos, ele vai muito além dessas possibilidades. É um local que ocupa uma área de aproximadamente 1.172 hectares, um fragmento do Bioma da Mata Atlântica brasileira, fundamental para a qualidade de vida da população, contribuindo tanto na recarga do lençol freático da cidade, quanto na purificação do ar. O setor de uso público é o “Bosque dos Namorados”, ocupando uma área aproximada de sete hectares, com mais de mil e quinhentas árvores nativas da Mata Atlântica.

Outro fato é que o Parque das Dunas abriga uma fauna e flora de grande valor biológico, e entre as espécies, muitas estão em processo de extinção, por isso a importância de se falar sobre a necessidade de preservação.

Som da Mata

O projeto voltou ao formato presencial, no próximo domingo (21), a partir das 16h30, apresentará o saxofonista Anderson Pessoa, que estará acompanhado dos músicos Jow Ferreira (guitarra), Eduardo Taufic (piano), Júlio Melo (baixo) e Cleber Campos (bateria).

Nascido em Brasília, Anderson formou-se bacharel em saxofone clássico pela UnB. Apesar de nunca ter abandonado o seu lado erudito, foi no jazz e na música brasileira que construiu sua carreira. Radicado em Natal há mais de dez anos, coordena o Grupo de Improvisação Livre da UFRN e o combo Jazz Pandemia.

Confira a programação:

Dia: 19/11 (sexta-feira)

Auditório Tocandira

– Lançamento do eBook da Fauna do Parque das Dunas e entrega dos certificados de Gratidão, às 9h

Dia: 20/11 (sábado)

Espaço Folha das Artes

– Manhã:

Avaliação física – 9h às 11h

Zumba – 9h às 10h

Recreação (atividades lúdicas) – 10h às 11h

– Tarde:

Avaliação física – 14h às 16h

Alongamento – 15h às 16h

Recreação (atividades lúdicas) – 15h às 16h

Espaço Oficina de Artes

Orientação de higiene bucal e entrega de kit´s

– 9h às 12h

Anfiteatro Pau-brasil

Aferição de pressão arterial e glicemia

– 9h às 12h

– 14h às 16h

Informativo sobre Novembro Azul

– 9h às 12h

– 14h às 16h

Orientação nutricional

– 9h às 12h

– 14h às 16h

Espaço da trilha, próximo ao Viveiro

Massagem relaxante (pés e mãos)

– 9h às 12h

– 14h às 16h

Atividades vinculadas ao Parque (orientação voltada para Educação Ambiental)

– 9h às 12h

– 14h às 16h

Dia: 21/11 (domingo)

Anfiteatro: Orquestra D’Amore, às 10h

Anfiteatro: Som da Mata, às 16h30

Espaço Folha das Artes: Eco Feira, das 8h às 17h

Espaço Oficina de Artes: Lançamento do livro Musical, 8h às 12h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Lei regulamenta exploração de serviços de quadriciclos em Pipa e todo município de Tibau do Sul

Macaíba organiza encontros para tirar dúvidas sobre novo edital da Lei Aldir Blanc