Semana Lixo Zero RN inicia atividades

A partir de hoje (22) até o dia 31 de outubro, o Rio Grande do Norte se junta aos outros estados brasileiros para realizar a Semana Lixo Zero. O evento é organizado por voluntários e embaixadoras locais em parceria com o Instituto Lixo Zero Brasil (ILZ), idealizador da iniciativa. Neste ano as ações têm como tema “Dignidade”, com foco na conscientização de que cada indivíduo é responsável pela solução dos problemas causados pelos resíduos.

Já são mais de 10% de cidades potiguares participantes: Natal, Mossoró, Parnamirim, São Miguel do Gostoso, Touros, Tibau do Sul, Lagoa Nova, Santo Antônio, Lucrécia, Barra de Cunhaú, Riacho de Santana, Nísia Floresta, Caicó, Santana do Seridó, são algumas das cidades que confirmaram participação na Semana Lixo Zero RN. A meta nacional é que 250 cidades brasileiras façam parte da mobilização no período de 22 a 31 de outubro.

A programação contará com diversas ações voluntárias como lives, webinars, oficinas, limpeza na praia, lagoa e rios, atividades culturais, além de diversos ecopontos para recebimento de lixo eletrônico, pilhas, baterias, vidros e coleta de óleo usado. 

Entre algumas ações estão as oficinas presenciais no Espaço Xanana (Natal), Limpeza na Lagoa de Carcará e praia de Tabatinga (Nísia Floresta), Ecoponto para coleta de vidros (Caicó), rodas de conversa (São Miguel do Gostoso), live sobre Coleta Seletiva (Riacho de Santana), limpeza dos rios Cajupiranguinha e Pium e ações em escolas (Parnamirim), e iniciativas do setor privado . Os interessados em participar das atividades podem encontrar a programação completa no perfil @rnlixozero no Instagram.

SERVIÇO

Semana Lixo Zero RN 2021 – 22 a 31 de outubro

Programação completa e mais informações:
https://linktr.ee/rnlixozero

@rnlixozero

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Bloquíssimo abre primeiro lote de vendas e divulga atrações

Festival “Eita Camarão Gostoso!” promete movimentar turismo gastronômico