Últimas histórias

  • Sobre ,

    Altas temperaturas podem piorar varizes

    Sabe aquelas veias dilatadas que incomodam e que surgem com mais frequência no calor?! Pois é, são varizes, e que podem piorar o quadro e os sintomas nesse período mais quente. Dor, ardência, inchaço, sensação de peso, coceira, queimação, dormência e cansaço são algumas das queixas mais comuns entre os pacientes.

    As varizes vão além dos fatores estéticos; são veias superficiais dilatadas, sendo mais comuns nos membros inferiores e que apontam problemas de circulação. No verão, devido às altas temperaturas, há piora dos casos, uma vez que o calor provoca a dilatação dos vasos, principalmente em veias e linfáticos.

    Segundo a cirurgiã vascular, Dra. Nara Medeiros (CRM/RN 4887), é possível aproveitar a estação com segurança seguindo algumas dicas. “Evitar o excesso de sal, beber bastante líquido, praticar exercícios físicos, manter as pernas elevadas durante o repouso, evitar muito tempo em pé, preferir horários com temperaturas mais amenas (no início da manhã ou fim de tarde) para caminhadas, estão entre as medidas de precaução”, cita Dra. Nara e acrescenta “as meias de compressão também fazem parte, e requer orientação médica. Elas ajudam bastante na redução dos sintomas e no controle dos desconfortos causados pelas varizes”.

    Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), há um aumento de 20% a 30% no número de queixas por esse tipo de problema nas pernas durante o verão. E, embora seja mais comum aparecer em pessoas acima dos 40 anos de idade, a doença também atinge jovens na faixa dos 20 e 30 anos, principalmente aqueles com predisposição genética. “O tipo de trabalho e estilo de vida da pessoa também podem influenciar. Ficar muito tempo na mesma posição, por exemplo, dificulta o retorno do sangue das pernas para o coração, aumentando a pressão venosa”, explica a Dra. Nara Medeiros.

    Para reduzir os riscos, a indicação é se movimentar e manter seu Check-up vascular em dia. Consulte um médico de sua confiança.

  • Sobre

    Bombeiros orientam banhistas sobre como evitar afogamentos

    A alta temporada de verão chegou e com ela os turistas lotam as praias e lagoas do Rio Grande do Norte. É nesta época do ano que é registrado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do RN (CBMRN) o maior número de orientações, advertências e salvamentos aquáticos. Durante quase todo o ano, de janeiro a novembro, por exemplo, o Grupamento de Busca e Salvamento Aquático do CBMRN (GBS) contabilizou 28.500 orientações, 12.400 advertências e 157 salvamentos aquáticos.

    Para garantir a segurança e minimizar acidentes, o Corpo de Bombeiros realiza ações educativas e atua tanto na prevenção como na prestação do socorro em caso de afogamento. Porém, de acordo com o major Roberto Oliveira, Comandante do GBS, para apreciar o verão de forma tranquila e segura, são necessários alguns cuidados, como o não uso de bebidas alcoólicas, por exemplo. “O uso de bebida alcoólica aparece com destaque entre as causas de afogamento. Ela nunca deve ser ingerida em abuso. Infelizmente temos muitos casos de afogamento em decorrência do álcool”, disse.

    Quando a pauta são as crianças, todo o cuidado é pouco. “Qualquer descuido pode ser fatal. Os pais devem manter os olhos 100% em seus filhos e ‘abdicar’ do seu próprio lazer, pois um afogamento pode acontecer em questão de segundos”, completou o major Roberto Oliveira.

    Entre as demais recomendações, o major lembrou também sobre o uso do protetor solar, que deve estar sempre presente entre os itens mais importantes na hora de se expor ao sol. “Existem frequentes casos de insolação, orientamos que o protetor seja usado de maneira abusiva”, ressaltou.

    Sinalizações

    As bandeiras vermelhas espalhadas pela extensão de areia das praias servem de orientação aos banhistas, informando sobre a condição daquele ponto no mar. A vermelha representa perigo de banho naquele local.

    Operação Verão e Praia Segura

    Para intensificar as ações educativas no objetivo de prevenir o afogamento e desaparecimento de crianças, a Corporação e vários órgãos públicos lançarão em janeiro, a ‘Campanha Praia Segura 2022’, que está inserida no cronograma da ‘Operação Verão’. Entre as ações que estão sendo ofertadas, destaque para a distribuição de pulseiras de identificação para crianças, em que se pode colocar o nome completo e o número de telefone do responsável para facilitar a localização em uma eventual perda.

  • Sobre

    Dezembro Laranja: cuidados para prevenir o câncer de pele

    A campanha Dezembro Laranja foi criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia como parte de um movimento para prevenir o câncer de pele no país. De todos os cânceres diagnosticados, o câncer de pele responde por 27%, sendo o mais incidente no Brasil. São aproximadamente 180 mil novos casos do tipo não melanoma por ano.

    Como forma de prevenção, além do uso regular e adequado do filtro solar, as orientações também incluem: uso de roupas com fator de proteção ultravioleta, uso de chapéus, evitar exposição ao sol entre 10h e 16h – quando predominam os raios UVB – e sempre escolher ambientes ao ar livre que ofereçam sombra de forma eficiente. Estas são algumas das recomendações feitas pela dermatologista do Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol-UFRN/Ebserh) Maria do Carmo Palmeira Queiroz.

    A profissional é mais uma das convidadas a participar da cartilha Dicas de Saúde do Huol. Nesta edição, a pauta Cuidados com a pele no Verão ganha destaque. O conteúdo completo da cartilha Dicas de Saúde com o tema pode ser acessado aqui.

    Um dos tumores mais malignos e com potencial risco de disseminação para outros órgãos, o melanoma é responsável por 10% de todos os casos de câncer de pele registrados no Brasil. O tumor pode ter origem a partir de pintas já existentes ou novos sinais. Quando diagnosticado precocemente, pode ter mais de 90% de chance de cura.

  • Sobre

    Urbana monta operação especial para limpeza de Natal no verão

    O verão é a estação que mais movimenta a cidade, por isso a Companhia de Serviços Urbanos de Natal – Urbana, elaborou e está desenvolvendo o projeto de limpeza para o Natal em Natal e para o Verão 2021/2022. O projeto consiste no reforço da limpeza e manutenção da orla e das principais vias de acesso da cidade, mantendo também a manutenção da programação já pré-estabelecida nos bairros. 

     Serão 100 agentes de limpeza envolvidos diretamente no projeto, contando também com seis encarregados, seis motoristas, um supervisor; com a logística de caminhões pipa, poli guindastes, coletores, lotocar, para suprir a demanda, desde as turmas que começam a trabalhar na madrugada até as turmas que estarão no turno noturno.  

    O projeto de limpeza para o verão começa com o Natal em Natal, em seguida o Carnatal, depois o Réveillon e Carnaval, com agentes de limpeza em todos os polos e eventos promovidos pela Prefeitura do Natal.  

    “A Urbana está empenhada em prestar um ótimo serviço para a cidade, montando uma logística que dê condições ao trabalho diuturno dos agentes de limpeza, sem atrasar a programação que fizemos para limpeza dos bairros de Natal, mantendo a cidade limpa e com a coleta domiciliar em dia”, diz Alvamar Vale, diretor de operações da Urbana.