Últimas histórias

  • Sobre

    Governadora autoriza novo concurso público para a UERN

    A governadora Fátima Bezerra assinou nesta quarta-feira (29) a autorização para a realização do novo concurso público para professores e técnicos administrativos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e

    Ao lado da nova reitora Cicília Maia e do vice-reitor Francisco Dantas, com toda a equipe administrativa da Universidade, Fátima determinou que a instituição juntamente com a Secretaria de Planejamento e Finanças (Seplan) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) iniciem as providências para a realização do concurso.

    Durante solenidade realizada na noite desta terça-feira (28), que marcou a posse da nova reitoria, Assembleia Universitária e o aniversário de 53 anos da Uern, a governadora sancionou a Lei que extingue a lista tríplice nas eleições da instituição, quando também anunciou o projeto de autonomia financeira da Uern que será enviado para a Assembleia Legislativa. 

    A UERN está presente de forma direta em 17 municípios potiguares, tem sete campi, 11 núcleos, 32 cursos de graduação, cerca de 12 mil alunos, mais de mil estudantes na pós-graduação, dois cursos de residência médica e quatro de doutorado. 

  • Sobre ,

    Governo se instala em Mossoró e anuncia autonomia financeira da UERN

    A governadora Fátima Bezerra (PT) e o vice-governador Antenor Roberto (PCdoB) instalaram no início desta terça-feira (28) a sede temporária da administração estadual em Mossoró. A transferência do Governo para a segunda maior cidade do estado foi autorizada pela Assembleia Legislativa e é realizada no período de 28 a 30 de setembro como uma forma de aproximar a gestão e as políticas públicas do cidadão. Também é uma forma de comemorar os 138 anos de libertação dos escravos que ocorreu no município em 30 de setembro de 1883, cinco anos antes da Lei Áurea. 

    Na sede da reitoria da Universidade Estadual do RN (Uern), a governadora destacou a agenda a ser cumprida nas diversas áreas da administração – desenvolvimento rural e agricultura familiar, saúde, educação, ação social, cultura, direitos humanos, segurança e administração – e anunciou que, após sancionar o projeto de Lei aprovado pelo Legislativo estadual que acaba com a lista tríplice na eleição para reitor da UERN, vai enviar nos próximos dias projeto de Lei para conceder autonomia financeira à universidade estadual.

    “Isto significa estabilidade. A Uern que tem 53 anos de existência, 15 mil alunos, mais de 40 mil formados, vai poder gerir os próprios recursos. Diante da grandeza destes números, quero dizer que a maioria atendida pela nossa universidade é de filhos e filhas de gente pobre, que tiveram o direito de se preparar para a vida e para o mundo do trabalho. É preciso continuar prestando serviço tão relevante”, considerou a governadora.

    A governadora destacou as iniciativas tomadas no enfrentamento à pandemia da covid-19. Lembrou da rede montada com 850 leitos, o que equivale a 8 hospitais de campanha e com a vantagem destes leitos ficarem incorporados ao SUS.
     
    Ela também se referiu à recuperação fiscal, financeira e da capacidade de investimentos. “Estamos atraindo cada dia mais novos investimentos. O RN está assumindo o protagonismo na área de energias renováveis. Somos hoje o maior produtor nacional em energia eólica, temos 190 parques em instalação, em 2021 captamos R$ 13 bilhões em investimentos eólica e solar. O Idema agiliza licenças ambientais e pode ser o primeiro estado a produzir energia eólica offshore (no mar), pois já temos projeto piloto para produzir hidrogênio verde e para armazenamento e energias”, disse.
     
    Principais eventos em Mossoró
     
    – Posse na UERN
     
    Assembleia Universitária e posse da reitora Cicília Maia e do vice-reitor Francisco Dantas eleitos pela comunidade acadêmica.
     
    – Visita ao Hospital Regional Tarcísio Maia, referência para região Oeste, em especial para atendimento de urgência/emergência.
     
    – Visita ao Hospital da Mulher.

    – Regularização Fundiária
     
    Governadora assina Termo de Autorização para Regularização de 6.315 moradias, beneficiando 25,3 mil pessoas que moram nos conjuntos habitacionais Liberdade I e II, Santa Delmira I e II,
    Redenção II, Resistência, Independência I e II e Abolição I, II, III e IV.
     
    – Agricultura Familiar (CredMais)
     
    Em Mossoró, a governadora Fátima Bezerra fará entrega R$ 200 mil em microcréditos do Programa Estadual de Microcrédito da Agricultura Familiar (CredMais); assina termo de fomento e entrega carro para a Rede Xique Xique. As iniciativas são executadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural da Agricultura Familiar (Sedraf), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Agência de Fomento (AGN).
     
    – Desenvolvimento econômico 
     
    Entrega das licenças das perfurações de novos poços, marcando a retomada dos investimentos de Petróleo e Gás no Rio Grande do Norte. Neste ano de 2021, a empresa Potiguar E&P, que adquiriu os poços da Petrobras, investiu R$ 190 milhões nas operações de extração, gerando mais de 230 empregos, R$ 250 milhões em arrecadação de impostos e R$ 90 milhões em pagamento de royalties.
     

  • Sobre ,

    Sessão solene homenageia 53 anos da UERN

    A emoção marcou o pronunciamento da deputada Isolda Dantas (PT) ao abrir o ato solene realizado na tarde desta segunda-feira (27), por sua proposição, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, para comemorar os 53 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) que transcorre amanhã.

    “É muita emoção. Passa um filme na minha cabeça lembrando essa luta em favor da UERN desde os tempos de estudante. Sei no fundo da minha alma o que significa para mim e para os estudantes de hoje. Minha vida foi transformada por esta universidade. Uma história que se consolidou ao longo desse tempo promovendo o desenvolvimento de todo o Rio Grande do Norte. Em todos os 167 municípios do Estado têm estudante desta Universidade”, disse a deputada Isolda.

    A parlamentar disse ainda que a UERN abre caminhos para a Liberdade e para a Educação e que os estudantes não precisam apenas entrar na Universidade, mas fazer parte dela, porque a UERN se preocupa com isso. “Sou filha da UERN e hoje uma professora do Rio Grande do Norte formada por esta Universidade. Quem é contra ela é contra Mossoró e o Rio Grande do Norte”, enfatizou a deputada.

    Falaram ainda na solenidade, o presidente da Câmara, vereador Lawrence Amorim e o vice-prefeito de Mossoró João Fernandes de Melo, que também destacaram o papel da Universidade no cenário educacional do Rio Grande do Norte.

    Ainda na solenidade foram entregues placas comemorativas a professores, dirigentes e estudantes da UERN. Em nome dos homenageados falou a Reitora eleita e nomeada para o quadriênio 2021-2025, professora Cicília Raquel Maia Leite que destacou que a Universidade é uma máquina realizadora de sonhos. “Vamos continuar fazendo a diferença em um trabalho coletivo” afirmou.

    A história

    Criada em 1968 como uma Universidade Municipal, a UERN é hoje uma referência no ensino universitário do Estado, oferecendo 32 cursos de graduação onde estão matriculados cerca de 12 mil alunos, de vários estados, notadamente do Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba distribuídos no Campus Central, em Mossoró e nos campi avançados em Assu, Pau dos Ferros, Patu, Natal, Caicó e Apodi, que foi criado mais recentemente. 

    A Universidade conta ainda com 11 núcleos de Educação Superior que se localizam em Areia Branca, Apodi, Caraúbas, Umarizal, São Miguel, Alexandria, João Câmara, Touros, Macau, Nova Cruz e Santa Cruz.  A cada ano, a Instituição admite cerca de 2,5 mil alunos, distribuídos pelas 90 opções de entrada.

    A UERN tem hoje 32 cursos de graduação, nos quais estão matriculados quase 12 mil alunos e oferece diversos cursos de pós-graduação, frequentados por mais de mil estudantes, 12 cursos de mestrado (Física, Ciência da Computação, Letras, Ciências Naturais, Educação, Ciências Sociais e Humanas, Saúde e Sociedade, Ensino, Serviço Social e Direitos Sociais, Bioquímica e Biologia Molecular, Profissional em Letras, Planejamento e Dinâmicas Territoriais do Semi-árido), dois cursos de Doutorado (Bioquímica e Biologia Molecular, Letras) além da oferta de dois cursos de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade, Ginecologia e Obstetrícia e uma Residência Multiprofissional.  

    Na área de pesquisa, a instituição conta com 64 grupos cadastrados, envolvendo 430 professores-pesquisadores. A UERN é mantida pela Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – FUERN.

  • Sobre , ,

    Câmara Municipal de Mossoró homenageia os 53 anos da UERN

    A Câmara Municipal de Mossoró vai realizar uma sessão solene em homenagem aos 53 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, na quinta-feira, 23, às 9h da manhã. Na ocasião, os vereadores e vereadoras vão homenagear com medalhas, troféus e títulos de cidadão mossoroense 22 pessoas que contribuem ou contribuíram com a instituição de ensino ao longo dos anos.

    Além dos 22 homenageados, a reitora em exercício, professora Fátima Raquel, o reitor licenciado professor Pedro Fernandes, a reitora eleita para o quadriênio 2021/2025, professora Cicília Maia e o vice-reitor eleito professor Chico Dantas receberão menção honrosa em nome dos vereadores da Casa.

    A solenidade é uma proposição do vereador professor Francisco Carlos em reconhecimento aos relevantes serviços que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte realizou e realiza em Mossoró e região. A instituição é responsável por realizar pesquisas acadêmicas em diversas áreas como educação, saúde e cultura e pela formação de estudantes que se tornam professores, enfermeiros, médicos, advogados, turismólogos, comunicadores entre outras importantes profissões que enriquecem o mercado de trabalho e estimulam o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte.