Últimas histórias

  • Sobre

    Revista da CGU recebe até dia 18 de julho trabalhos sobre ciência de dados

    Quase 5 bilhões de pessoas usam a internet em todo o mundo. De acordo com o estudo Digital 2022: Global Overview Report, os 4,95 bilhões de usuários representam 62,5% da população mundial, que usa a rede para se entreter, ver notícias e se informar. São pessoas, empresas e órgãos governamentais produzindo informação e disseminando-a na rede. Mas como filtrar e interpretar toda informação que é produzida? Para isso surge a ciência de dados.

    No setor governamental esse trabalho aumenta a transparência na administração pública, o controle e a fiscalização social, diz a pesquisadora em Inteligência Artificial do departamento de Ciência de Computação do ICMC/USP, Solange Oliveira Rezende. Segundo ela, há um grande esforço para melhorar a Política de Dados Abertos, para disponibilizar dados abertos governamentais. Para o engenheiro da computação Alex Lopes Pereira, a ciência de dados na administração pública tem grande potencial para melhorar a efetividade da atuação do poder público e a ajudar os brasileiros a tomar melhores decisões.

    Para debater esse assunto, a Controladoria Geral da União (CGU) está colhendo trabalhos para o dossiê especial Ciência de Dados na Administração Pública: Desafios e Oportunidades. A chamada fica aberta até 18 de julho.

    Serão aceitos artigos científicos, ensaios revisionais ou relatos técnicos em áreas como: ciência de dados e auditoria governamental; ciência de dados e a avaliação de políticas públicas; inovações tecnológicas de gestão pública decorrentes da pandemia e aplicações para governo eletrônico.

    De acordo com a editora da revista, Flávia Lemos Xavier, o objetivo da publicação passa por três eixos: indutor em temas do interesse da CGU, conector com a comunidade científica e inovador ao fomentar a aplicação do conhecimento para a prática administrativa. “A revista é parte da gestão estratégica do conhecimento da CGU, com influência em toda a administração pública”, disse.

    Os interessados podem obter mais informações pelo site da revista da CGU

    Agência Brasil

  • Sobre ,

    MPRN abre processo seletivo para contratação temporária de analistas da área de TI

    O Ministério Público do Rio Grande do Norte abriu processo seletivo simplificado para contratação temporária de 16 analistas da área de tecnologia da informação para a implementação de projetos atualmente em desenvolvimento na instituição. A remuneração para o cargo é de R$ 4.801,57. Há vagas reservadas para pessoas com deficiência e negros.

    O edital do processo seletivo foi publicado na edição da quarta-feira (23) do Diário Oficial do Estado (DOE). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas entre os dias 4 e 15 de abril exclusivamente via internet, por meio da plataforma do processo seletivo (http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/servicos/contratacao-temporariaprofissional-de-nivel-superior).

    Todas as 16 vagas são para trabalhar na Diretoria de Tecnologia da Informação do MPRN, com lotação em Natal. Ao todo, são 12 vagas para o cargo de analista de Desenvolvimento de Sistemas, sendo 7 para ampla concorrência, 3 destinadas a pessoas negras, e 2, para pessoas com deficiência. Há ainda duas vagas para engenheiro de dados/Business Intelligence, ambas para ampla concorrência. E outras duas vagas para o cargo de analista Devops, também para ampla concorrência.

    A contratação é de um ano, podendo ser prorrogada uma única vez por igual período. O MPRN poderá, em caso de desistência ou de rescisão contratual, realizar novas contratações para completar o prazo total de 24 meses do contrato antecedente, observados rigorosamente os critérios de classificação.

    O processo seletivo se dará através da avaliação de títulos e da experiência profissional dos candidatos. O envio dos documentos relativos à avaliação de títulos e comprovação de experiência prévia é obrigatório.

    A carga é de 40 horas semanais, sendo possível a adoção do regime de teletrabalho a partir de solicitação do interessado, concordância da chefia imediata e autorização da Procuradoria Geral de Justiça, conforme regulamento do MPRN.

    Clique aqui para ler a íntegra do edital.

  • Sobre

    Plataforma Jerimum Jobs da UFRN anuncia 50 vagas de trabalho em empresas de TI

    Jerimum Jobs, plataforma de empregos do Parque Tecnológico Metrópole Digital, está com inscrições abertas para 50 oportunidades de trabalho. Desse número, 35 são de empresas credenciadas ao Parque, as quais oferecem vagas para empregos (PJ e CLT) e estágios, com remunerações que chegam a R$ 4,2 mil.

    Os cargos ofertados pelas instituições credenciadas abrangem áreas como análise de requisitos, desenvolvimento de software, suporte técnico, vendas, atendimento ao cliente, controladoria, marketing, análise de sistemas SCRUM, entre outros.

    Para candidatar-se a uma das vagas, o interessado deve se cadastrar ou fazer login, por meio da conta SIGAA-UFRN, na plataforma Jerimum Jobs. As vagas foram lançadas ao longo dos últimos meses e os prazos de inscrição variam conforme o processo de seleção das empresas.

    Demanda

    O grande número de oportunidades de emprego e estágio em TI é refletido pela crescente necessidade de mão de obra tecnológica em todo o país. Segundo um estudo publicado no final de 2021 pela Brasscom, o mercado tecnológico do Brasil demanda, anualmente, cerca de 159 mil profissionais de TI – dado que, frente ao número de 53 mil formados todos os anos, reflete um déficit de 106 mil pessoas.

    Intitulado Demanda de Talentos em TIC e Estratégia ΣTCEM, o estudo também prevê que empresas de tecnologia necessitarão de cerca de 797 mil talentos até 2025.

    Para auxiliar o setor local nesse aspecto, o Parque Tecnológico criou o Jerimum Jobs, portal que visa conectar empreendimentos de TI – bem como outras iniciativas, como projetos de pesquisa – a profissionais e estudantes de diferentes áreas e formações, publicando anúncios de emprego e oportunidades diversas.

    A plataforma também divulga vagas de empresas externas ao Parque ou de áreas fora da TI, desde que as vagas ou a empresa sejam do setor tecnológico e os locais de trabalho estejam situados no Rio Grande do Norte.

  • Sobre

    UFRN: Mestrado Profissional em TI abre vagas para seleção de novos alunos

    O Mestrado Profissional em Tecnologia da Informação do Instituto Metrópole Digital (PPGTI/IMD) está com inscrições abertas até o dia 21 de março. São ofertadas 26 vagas, sendo 12 para ampla concorrência, 12 para funcionários ou sócios de instituições atuantes no setor e duas para capacitação interna de servidores efetivos da Universidade. O curso para mestrado profissional apresenta três linhas de pesquisa: Engenharia de Software, Inteligência Computacional e Infraestrutura de TI.

    O coordenador do PPGTI, Eiji Adachi, aponta que a importância do mestrado profissional é que, nesse tipo de pós-graduação, a abordagem prática e o foco aplicado são voltados à solução de problemas em um contexto de vida real. “O nosso mestrado tem como interesse atrair profissionais de TI, de modo bem amplo, e trabalhar em problemas reais e específicos que ocorrem dentro das empresas, instituições e organizações de modo geral, para, a partir de uma problemática real e prática do dia a dia, fazer com que o aluno atue em dois papéis diferentes: identificar o problema e solucioná-lo”, explica.

    Ele diz ainda sobre o principal objetivo do curso: “Vamos formar uma pessoa que vai ter uma maneira mais rigorosa de como enxergar um problema e compreendê-lo melhor e, dentro do contexto de trabalho, o aluno irá saber formas de propor uma solução que será testada e validada seguindo uma metodologia puramente baseada no método científico. Com essa característica profissional, o retorno para as empresas e órgãos públicos que vão empregar essas pessoas vai ser, além de positivo, imediato”.  

    Os interessados deverão acessar o Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), preencher o formulário de solicitação de inscrição e anexar documento de identificação com foto; diploma, certificado de colação de grau ou certificado de conclusão de curso de graduação reconhecido pelo MEC na área de Computação, Engenharias ou em outras áreas; proposta de trabalho; currículo Lattes; e planilha do anexo IV/V, que pode ser vista no edital do processo seletivo. A taxa de inscrição é de R$ 180. Candidatos em situação de vulnerabilidade socioeconômica podem ter isenção do pagamento do valor. 

    O processo de seleção acontecerá em quatro etapas: homologação das inscrições, análise da proposta de trabalho, avaliação da apresentação da proposta de trabalho e análise curricular. A data prevista para divulgação do resultado final é 14 de abril e os aprovados deverão confirmar interesse pelo e-mail ppgti@imd.ufrn.br, com assunto Interesse em Matrícula no Mestrado Profissional do PPGTI, até o dia 22 de abril.

  • Sobre , ,

    Inscrições para bolsa integral de estudos em cursos da área de TI do Senac seguem até domingo (28)

    Interessados em se qualificar ou aprimorar os conhecimentos em Tecnologia da Informação, podem contar com o Programa Senac de Educação 4.0, que irá ofertar novos cursos de qualificação na área com maiores tendências atuais de empregabilidade. As inscrições podem ser feitas no site do Senac.

    Com o objetivo ofertar capacitação profissional de excelência para a população de baixa renda, parte das vagas do Programa Senac de Educação 4.0 serão ofertadas gratuitamente. Para concorrer a uma bolsa integral de estudos, os interessados deverão se inscrever on-line, no endereço https://lp.rn.senac.br/bolsas até às 23h59 do dia 28 de novembro. A seleção será realizada considerando a ordem de inscrição (data e horário) no curso escolhido pelo candidato e comprovação da documentação exigida para a matrícula: RG, CPF, comprovante de escolaridade e comprovante de residência. O resultado preliminar será divulgado no site do Senac RN, no dia 29 de novembro de 2021.

    O novo programa conta com nove opções de capacitações, sendo três cursos de qualificação profissional, direcionado a quem deseja ingressar no segmento: Administrador de Redes; Programador de Sistemas e Administrador de Banco de Dados; e outros seis cursos de aperfeiçoamento, destinados aos profissionais que já atuam na área:  Arquitetura de Sistemas Cloud Computing; Proteção de Dados em Segurança de Redes de Computadores; Tecnologias para Big Data; Lógica de Programação; Gestão de Banco de Dados e Aplicações web e Phyton.

    Os cursos serão ministrados no formato presencial nas unidades do Alecrim e Zona Norte, com duração de 10 dias a três meses, a depender da carga horária.

    Informações podem ser obtidas no telefone e WhatsApp (84) 4005-1000.

  • Sobre

    SENAC RN está com matrículas abertas em mais de 60 cursos nas áreas de TI, Comunicação, Beleza, Moda, Gastronomia e Gestão

    O Senac RN está com matrículas abertas em mais de 60 cursos de capacitação profissional em diversos segmentos. São cerca de 840 vagas disponíveis nas unidades da instituição em Natal e Mossoró. Os interessados podem efetuar a matrícula em qualquer unidade do Senac ou on-line, no site www.rn.senac.br.

    O portfólio inclui uma variedade de títulos, com valores a partir de R$ 99,00 e possibilidade de parcelamento em até 12 vezes. Entre os cursos disponíveis, estão: Assistente Administrativo, Assistente Financeiro, Depilador, Maquiador, Barbeiro, Costureiro, Gestão de Pessoas, Excel para Executivos e muitos outros.

    A instituição dispõe de diversas opções de oficinas na área da Gastronomia, com duração e metodologia que estimulam o empreendedorismo entre os participantes, tais como: Culinária Natalina, Petiscos para final de ano, Bebidas e Coquetéis para Reveillon, Culinária Vegana, Marmitas Congeladas, Menu Lowcarb, Culinária Mineira, entre outros.

    “O propósito do Senac é capacitar os alunos para que eles estejam melhor preparados para concorrer a vagas de emprego dentro da área escolhida e subsidiar, por meio de teóricos e práticos, aqueles que desejam investir em um negócio próprio”, explica o diretor regional do Senac RN, Raniery Pimenta.

    Todos os cursos ofertados até o final do ano serão ministrados no formato presencial, com capacidade reduzida por sala. Informações podem ser obtidas pelo telefone e WhatsApp (84) 4005-1000 ou no site do Senac RN.