Últimas histórias

  • Sobre , , ,

    Caatinga é o tema da nova exposição virtual do Museu Câmara Cascudo

    O Museu Câmara Cascudo (MCC), em parceria com o Departamento de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), lança nesta quinta-feira, 20, a exposição virtual Caatinga em Foco: Biodiversidade, Ciência e Preservação. A ação é resultado de um projeto de extensão coordenado pela professora titular Raquel Giordani, do Departamento de Farmácia, e pela estudante Letícia Godim, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, e é financiada pelo edital de Museologia e Memória da Pró-Reitoria de Extensão (Proex). 

    Lançada no Dia do Farmacêutico, a nova exposição oferece um ambiente virtual no qual o visitante poderá conhecer o único bioma exclusivamente brasileiro, a floresta semiárida da Caatinga. Com uma rica biodiversidade, com fauna e flora pouco exploradas pela ciência, o bioma é tema central da exposição, que nos convida a uma jornada de aprendizado e estímulo à preservação, alertando para os riscos da desertificação, do desmatamento e da extinção de espécies na região, além de destacar o potencial para as pesquisas de produtos naturais com importância para a saúde humana.

    O roteiro virtual também apresenta as ciências envolvidas no estudo da ecologia e da química dos seres vivos, explica o processo de produção de novos medicamentos, destaca o papel da ciência e estimula os visitantes a conhecer a trajetória de cientistas brasileiros e estrangeiros. Com fotos, vídeos e textos informativos e dinâmicos, a exposição busca ainda desconstruir mitos sobre o uso de substâncias naturais para os cuidados da saúde. 

    A exposição apresenta ainda a Selaginella convoluta, popularmente conhecida como Jericó. É possível acompanhar todas as etapas e processos da pesquisa farmacêutica sobre a planta, bem como conhecer as substâncias extraídas que podem trazer benefícios à saúde. Você também pode descobrir a razão dessa plantinha ganhar o apelido de “planta da ressurreição”.

    Além dos docentes e pesquisadores do projeto, a exposição contou com a participação de especialistas do Museu Câmara Cascudo nas áreas de Museologia e Educação e o apoio de professores do Departamento de Botânica, Ecologia e Zoologia, além de estudantes e pesquisadores das áreas de Arquitetura e Farmácia. 

    A exposição conta com o apoio do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Biodiversidade e Produtos Naturais (INCT BioNat). As visitas virtuais estão disponíveis no site do MCC. O endereço é o www.mcc.ufrn.br. Pelo computador, a recomendação é usar o navegador Google Chrome. Nos dispositivos móveis, ainda é possível baixar um aplicativo para garantir a experiência completa da visitação.

    Para não esquecer
    Exposição: Caatinga em Foco: Biodiversidade, Ciência e Preservação
    Quando: a partir de 20 de janeiro
    Onde: www.mcc.ufrn.br

  • Sobre ,

    Museu Câmara Cascudo comemora 61 anos com debates e oficinas para todas as idades

    Nesta segunda-feira, 22, o Museu Câmara Cascudo (MCC), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), celebra seus 61 anos com uma série de atividades pela internet para todos os públicos. Serão oficinas, debates e uma apresentação musical distribuídos entre os dias 22 e 27 de novembro. 

    No primeiro dia, às 19h30, os convidados Reginaldo Kanindé (Museu Indigena Kanindé),  Marília Xavier (Museu de Arqueologia e Etnologia — USP) e Juliana Siqueira (Prefeitura de Campinas — SP) discutem a decolonialidade e as novas perspectivas em museus. A mediação ficará por conta de Everardo Ramos (MCC/UFRN).

    No dia 23, a partir das 10h, grandes mestres da Paleontologia apresentam detalhes da descoberta das primeiras pegadas de dinossauros no Rio Grande do Norte. A live Eles estiveram aqui: no rastro dos dinossauros do RN terá a participação do professor Giuseppe Leonardi (Instituto Cavanis, Itália), da professora Maria de Fátima dos Santos (MCC/UFRN), do professor Fernando Barbosa (UERJ) e de Claude Aguilar (MCC/UFRN), com mediação de Kleberson Porpino (UERN).

    Já no dia 25, às 20h, o show fica por conta de Patrícia Leal, que traz a estreia do seu mais novo trabalho: Improcesso 5 — Continua. São composições inéditas seguidas de uma live com os músicos que participaram do projeto, como Eduardo Taufic, Ezequias Lira e Fábio Presgrave, entre outros. 

    No dia 26, a partir das 19h, haverá um bate-papo com ilustradores, quadrinistas e divulgadores de ciência sobre o tema Quando a arte dá vida à ciência, que propõe apresentar como a arte contribui para divulgar e explicar o conhecimento científico. 

    Para fechar com chave de ouro, o encerramento fica por conta do ilustrador Felipe A. Elias, do Paleozoo Brasil, que traz uma oficina de desenho para crianças e adolescentes, com mediação de Cristiana Moreira, a partir das 16h. A ideia é explicar como montar o quebra-cabeça dos fósseis na hora de recriar as ilustrações da vida de milhares de anos atrás. Vale salientar que toda a família pode participar!

    Para participar, é simples: acompanhe o canal do Museu Câmara Cascudo no YouTube e siga as redes sociais do MCC no Instagram e no Facebook. 

    YouTube: https://youtube.com/c/MCCUFRN

    Instagram: https://instagram.com/mccufrn

    Facebook: https://www.facebook.com/mccufrn/

  • Sobre ,

    Museu Câmara Cascudo reflete sobre recomeços na Primavera dos Museus

    No longo inverno de perdas, os tempos, finalmente, convidam a pensar em recomeços. A partir desta terça-feira, 21, o Museu Câmara Cascudo (MCC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inicia a programação da 15ª Primavera dos Museus, evento promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e que mobiliza centenas de instituições em todo o país. O tema definido para este ano, “Museus: perdas e recomeços”, propõe a reflexão sobre a função dos Museus em momentos como os da pandemia da Covid-19, seja como espaços de experiências sociais, históricas ou artísticas, como repositórios de experiências e emoções ou como espaços individuais e coletivos de superação e reinvenção. 

    O Museu Câmara Cascudo aproveita o momento para pensar e preparar seu recomeço, ainda com uma programação virtual com lives, apresentações culturais e propostas de atividades infantis transmitidas pelos nossos canais do MCC Virtual, no YoutubeFacebook e Instagram. A programação segue até o domingo, 26. 

    Nesta terça-feira, 21, às 19h, um encontro de especialistas em paleontologia discute as perdas do patrimônio paleontológico brasileiro a partir do caso do fóssil do Ubirajara jubatus, um dinossauro de 120 milhões de anos, originário do Sul do Ceará e que foi levado ilegalmente para o Museu de História Natural de Karlsruhe, na Alemanha. 

    Com mediação dos estudantes Pedro Tolipan e Glaudson Albuquerque, a live conta com a participação de Flaviana Lima, Paleobotânica e professora da Universidade Federal de Pernambuco, Kleberson Porpino, biólogo especialista em paleontologia de mamíferos e professor na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, além de Renan Bantim, paleontólogo e professor na Universidade Regional do Cariri, no Ceará. A live terá, ainda, a participação do professor Claude Aguilar, do Setor de Paleontologia do Museu Câmara Cascudo, além da apresentação do Pachyarmatherium brasiliense, cujo fóssil está preservado no Museu Câmara Cascudo. A transmissão acontece no Youtube e Facebook.

    Ao longo da semana, nas redes sociais, também é possível conhecer um pouco mais do acervo da Biblioteca Setorial Veríssimo de Melo, do Museu Câmara Cascudo, com uma seleção de obras que falam do tema da Primavera dos Museus.

    A programação completa da 15ª Primavera dos Museus está disponível no site do MCC na internet, no endereço www.mcc.ufrn.br. No site, também é possível encontrar os links para inscrições em cada evento. 

    TERÇA (21/9)

    19h – LIVE: Ubirajara: fósseis, patrimônio e museus

    Mediação: Pedro Tolipan (MCC-UFRN) e Glaudson Albuquerque (MCC-UFRN)

    Convidados: Flaviana Lima (UFPE), Kleberson Porpino (UERN), Renan Bantim (URCA)

    Transmissão pelo MCC Virtual (Youtube e Facebook)

    QUARTA (22/9)

    16h – Dinos Brasileiros para crianças

    Mediação: Cristiana Moreira e bolsistas do Setor Educativo do MCC

    Transmissão pelo MCC Virtual (Youtube e Facebook)

    QUINTA (23/9)

    16h – Curso de Gestão em Museus Municipais e Comunitários

    O desafio da gestão

    Convidado: Diego Lemos Ribeiro (UFPel)

    Mediação: Moysés Siqueira (MCC/UFRN)

    Transmissão pelos canais do Youtube do Museu Câmara Cascudo e do Museu do Seridó

    21h – “Continua…”, apresentação de Patrícia Leal e músicos convidados

    Transmissão pelo MCC Virtual (Youtube) e pelo canal da Professora Patrícia Leal

    SEXTA (24/09)

    11h – Visita virtual: O incrível mundo das plantas

    Com Glaudson Albuquerque

    Transmissão pelo Youtube

    14h – Visita Virtual: Das pistas aos gigantes: os dinossauros no MCC

    Com Pedro Tolipan

    Transmissão pelo Instagram

    SÁBADO (25/9)

    10h – Planetário Barca dos Céus

    “Um ensaio sobre relações entre céu e mar”
    Especial da Primavera

    Equipe do Planetário Barca dos Céus/UFRN

    Vagas limitadas – Inscreva-se