Últimas histórias

  • Sobre , ,

    Musical “Bye Bye, Natal” estreia nova montagem com apresentação gratuita

    O Musical “Bye Bye, Natal”, que retrata de forma cômica e inusitada o agito provocado pela presença americana no Rio Grande do Norte, nos anos 40, volta aos palcos e estreia nova montagem com apresentação gratuita no dia 24 de março. O espetáculo será apresentado no Teatro Riachuelo, às 20h30.

    Com 18 intérpretes em cena, o musical apresenta situações reais, com figuras, costumes e fatos que mudaram o cenário local da época, especialmente nas cidades de Parnamirim e Natal.

    A montagem tem roteiro e música original de Danilo Guanais, texto de Racine Santos e direção cênica de Diana Fontes. A apresentação conta ainda com trilha sonora executada ao vivo, com banda regida pelo maestro Erickinson Bezerra.

    Os ingressos para o espetáculo musical “Bye Bye, Natal” estão disponíveis gratuitamente, com a liberação de dois ingressos por CPF, no site uhuu.com.

    Tradicional espetáculo potiguar, a primeira montagem aconteceu em 2004, com centenas de apresentações realizadas. Em 2018, o Bye Bye foi remontado e, após uma temporada de sucesso na Escola de Música da UFRN, ganhou o Prêmio Brasil Musical, como melhor espetáculo do gênero no Nordeste.

    O “Bye Bye, Natal” conta com patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Rio Center, Prefeitura do Natal, Lei Djalma Maranhão, Maple Bear – Escola Canadense e Arena das Dunas. Tem apoio da Escola Estadual Professor Luís Antônio e realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

    SERVIÇO:
    MUSICAL BYE BYE, NATAL
    Dia 24 de março, às 20h30
    Teatro Riachuelo Ingressos disponíveis em uhuu.com/evento/rn/natal/bye-bye-natal-9992instagram.com/byebyenatal

    Foto: Brunno Martins

    ⚠Enquanto durar o período de pandemia, o uso de máscara facial será obrigatório durante todo o tempo de permanência no teatro. Também é obrigatória a comprovação da vacinação completa.

  • Sobre

    Filme espetáculo “Estrábica” estreia nesta terça (22) às 20h no Youtube

    A atriz e dramaturga Cláudia Magalhães estreia nesta terça-feira, 22, no Youtube da House Cultura , o filme Estrábica.

    Com roteiro e direção de João Marcelino, o filme espetáculo Estrábica conta a história de uma mulher solitária com dificuldade para se adaptar a uma sociedade onde o patriarcado é o alicerce, o índice de feminicídio é altíssimo e o desrespeito pela vida impera. Motivada por uma depressão profunda e por uma ansiedade descontrolada, ela cria personagens excêntricos que a ajudam a sobreviver, mesmo que de forma disfuncional, alimentando a sua “loucura sã”.

    Acordada com suas fantasias ou dormindo e enfrentando a realidade, Estrábica nos convida a refletir, com bom humor, esse momento caótico que estamos enfrentando.

    A live de lançamento será nesta terça às 20h com o diretor e roteirista João Marcelino @jomamarcelino.

    Na quarta-feira, 23, também às 20h, o bate-papo será com a atriz Cláudia Magalhães.

    O filme espetáculo Estrábica foi contemplado no Edital de Fomento à Cultura Potiguar de 2019, da Fundação José Augusto. Governo do RN e será retirado do ar após a exibição.

    Roteiro e Direção: @jomamarcelino
    Produção Executiva: @guga_wanderley
    Produção e Assistência de Direção: @luoest
    Direção de Fotografia: Júlio Schwantz e @rogerioferraz74
    Direção de Arte: @jomamarcelino
    Montagem: Júlio Schwantz
    Cenografia: @jomamarcelino e @rogerioferraz74
    Iluminação: @rogerioferraz74
    Contra-regras: @juca.santos.5494 e @flavioatorreao
    Maquiagem: @jaiarafontes
    Design Gráfico: Vítor Bezerra
    Desenho de Som, som direto e trilha sonora: @paolobsa
    Colorista: Júlio Schwantz
    Administrativo-Financeiro: @jeane_ataide
    Consultoria e Desenho de Projeto Edital: @anapaula___medeiros


  • Sobre ,

    “Um Presente de Natal” tem apresentações de 23 a 25 na Árvore de Mirassol

    Depois de uma edição totalmente online por conta da pandemia, em 2021, o auto natalino mais tradicional da cidade, “Um Presente de Natal” completa 24 anos de existência com o retorno aos palcos de forma presencial. A obra integra os festejos do Natal em Natal e tem apresentações previstas para o dia 23, às 19h, e dias 24 e 25, às 20h, na Praça da Árvore de Mirassol.

    Dirigido por Diana Fontes e com texto de Racine Santos e Danilo Guanais, que também é responsável pela direção musical, a montagem deste ano aposta na valorização da cidade para celebrar a fundação de Natal e contar a história do menino Jesus. Belas canções, folguedos populares natalinos e elementos lúdicos completam a obra que conta com 50 intérpretes em cena.

    “Estamos muito felizes e na expectativa para reencontrar nosso público, voltar ao olho no olho, marca dessa obra que nasceu para acontecer ao ar livre. O momento, assim como o espetáculo, nos inspira a renovar a fé e ter esperança por dias melhores”, conta Diana Fontes.

    O espetáculo é uma realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural com patrocínio do Governo do RN, Lei Câmara Cascudo, Fundação José Augusto, Agaé, Natal em Natal, Prefeitura do Natal, Programa Djalma Maranhão, Colégio CEI, Unimed Natal, parceria cultural do Natal Shopping e apoio da Escola Estadual Professor Luís Antônio.

    PRESENTE SOLIDÁRIO

    Nesta edição, a produção do espetáculo quer levar a mensagem de “Um Presente de Natal” para além do palco e realiza uma ação beneficente com a arrecadação alimentos não perecíveis durante a temporada na árvore de Mirassol.

    As doações serão destinadas ao Grupo de Apoio à Criança com Câncer do Rio Grande do Norte (Gaac), Hospital Infantil Varela Santiago e às famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas pela ONG Atitude Cooperação.

    SERVIÇO

    UM PRESENTE DE NATAL

    Dia 23, às 19h
    Dias 24 e 25, às 20h
    Praça da Árvore de Mirassol
    Acesso Gratuito

  • Sobre ,

    “O Encontro dos Três Reis Magos Na Curva do Sol” será encenado hoje (17) à tarde no Centro

    Nesta sexta-feira, você tem um encontro com “Os Três Reis Magos na Curva do
    Sol”. A peça apresenta o encontro imaginário e interplanetário de três reis magos que se
    reúnem na Curva do Sol, um oásis na esquina do continente em algum lugar do planeta
    terra.

    Os três Reis desafiam tempo e espaço para contar ao público histórias de
    personagens que trouxeram esperança ao mundo. Os magos peregrinos anunciam os
    renascimentos: da vida e da fé. O encontro mostra que, em meio aos tempos de
    adversidade, sempre nascerá um amanhecer repleto de esperança.

    O espetáculo integra a programação do Natal em Natal, sendo uma das ações
    teatrais selecionadas para ocupação de espaços públicos promovida pela Prefeitura do
    Natal. Acontece na Rua João Pessoa na Cidade Alta – Polo Centro Histórico.

    A direção do espetáculo é coletiva. No elenco estão: Liliane Bezerra, Nelson Jr.
    e Nick Oliver.

    O espetáculo é gratuito e livre para todos os públicos.

    FICHA TÉCNICA:
    Espetáculo O Encontro dos Três Reis Magos na Curva do Sol
    Direção: Coletiva
    Elenco: Liliane Bezerra, Nelson Jr e Nick Oliver
    Dramaturgia: Nelson Jr.
    Cenografia e maquiagem: Nick Oliver
    Sonoplastia: Brendon
    Fotografia: Vanusa Maria e Renan Carlos

    SERVIÇO:
    Espetáculo Teatral O Encontro dos Três Reis Magos na Curva do Sol
    DATA: sexta-feira, 17 de dezembro.
    HORÁRIO: 16h30h
    LOCAL: Rua João Pessoa – Cidade Alta – Centro. (Polo Centro Histórico)
    Classificação Indicativa: Livre
    Apoio: Prefeitura do Natal / NATAL EM NATAL 2021, IFRN Campus Natal Cidade
    Alta/Rocas
    Maiores informações / Contato: Nick Oliver (84) 99950-9494

  • Sobre ,

    “Um Presente de Natal” celebra 24 anos com espetáculo presencial

    Depois de uma edição totalmente online por conta da pandemia, em 2021, o auto natalino mais tradicional da cidade, “Um Presente de Natal” completa 24 anos de existência com o retorno aos palcos de forma presencial. A pré-estreia do espetáculo acontece domingo, dia 19 de dezembro, às 19h, no estacionamento do Natal Shopping, com ingressos gratuitos distribuídos pelo app do estabelecimento. A obra também integra os festejos do Natal em Natal e tem apresentações previstas para o dia 23, às 19h, e dias 24 e 25, às 20h, na Árvore de Mirassol.

    Dirigido por Diana Fontes e com texto de Racine Santos e Danilo Guanais, que também é responsável pela direção musical, a montagem deste ano aposta na valorização da cidade para celebrar a fundação de Natal e contar a história do menino Jesus. Belas canções, folguedos populares natalinos e elementos lúdicos completam a obra que conta com 50 intérpretes em cena.

    “Estamos muito felizes e na expectativa para reencontrar nosso público, voltar ao olho no olho, marca dessa obra que nasceu para acontecer ao ar livre. O momento, assim como o espetáculo, nos inspiram a renovar a fé e ter esperança por dias melhores”, conta Diana Fontes.

    O espetáculo é uma realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural com patrocínio do Governo do RN, Lei Câmara Cascudo, Fundação José Augusto, Agaé, Natal em Natal, Prefeitura do Natal, Programa Djalma Maranhão, Colégio CEI, Unimed Natal, parceria cultural do Natal Shopping e apoio da Escola Estadual Professor Luís Antônio.

  • Sobre , ,

    Coletivo CIDA é contemplado em editais da Funarte e comemora com a apresentação de “Corpos Turvos”

    O Coletivo CIDA (RN), formado por artistas com e sem deficiências, foi premiado pela segunda vez em  editais da Fundação Nacional de Artes – Funarte e nomeado nos editais de Dança Acessível – Prêmio Festival Funarte Acessibilidança 2021 e  Funarte Circulação das Artes – Edição Centro-Oeste, ambos com o novo trabalho da companhia intitulado Corpos Turvos.

    O edital Dança Acessível premiou em âmbito nacional, 25 companhias de dança que trabalham como concepção cênica Dança, Acessibilidade & Inclusão. Já o edital de Circulação das Artes, selecionou 15 iniciativas artísticas para executar apresentações de Artes Cênicas em espaços urbanos das capitais da região Centro-Oeste (Brasília-DF, Goiânia-GO, Cuiabá-MT e Campo Grande-MS), neste edital, apenas três espetáculos de dança foram selecionados no Brasil todo. Os contemplados devem executar os trabalhos em 2022.  

    “Ter sido contemplados pela segunda vez no Dança Acessível – Prêmio Festival Funarte Acessibilidança Virtual, por exemplo, para nós é sinônimo de reconhecimento, de trabalho bem feito. Estamos mais uma vez, em meio a grandes artistas pensadores da dança que relacionam as diferenças em seu modo de fazer, profissionais que sem dúvida foram em algum momento referências para nossos percursos para com a dança e a acessibilidade. E não para por aí! Tivemos outra grande premiação, o Edital Funarte Circulação das Artes – Edição Centro-Oeste! Sinto que nossa dança alça novos e mais desafiadores voos. Nosso percurso enquanto coletivo tem se ampliado a cada nova realização”, comenta René Loui, um dos integrantes do Coletivo CIDA e coreógrafo de Corpos Turvos. 

    Para comemorar a aprovação nos editais da Funarte, o Coletivo apresenta novamente Corpos Turvos no próximo domingo (12) às 20h através do canal do CIDA no Youtube.


    CORPOS TURVOS

    Pensado coreograficamente de modo a não excluir a pessoa com deficiência, contrariamente, se constrói a partir das possibilidades de cada corpo que dança, Corpos Turvos problematiza pela linguagem da dança os padrões de invisibilização de corpos pretos, pobres, periféricos, soropositivos, corpos pertencentes da ampla comunidade LGBTQIAP+ e ainda corpos com alguma deficiência, é também uma urgência da sobrevivência, é um pedido por empatia, é um grito de socorro para que esses corpos deixem de ser números.

    Corpos Turvos teve pesquisa iniciada no ano de 2019, a partir da residência artística na Odisha Biennale, na Índia. A obra foi inicialmente pensada como um espetáculo solo para os formatos presenciais. A partir de outra residência artística virtual entre René Loui e Jussara Belchior (SC), dois pesquisadores das diferenças na dança, o trabalho se concretiza como obra audiovisual de dança desenvolvida colaborativamente entre o Coletivo CIDA, a Ilha Deserta Filmes e a Astromar Filmes. 


    COLETIVO CIDA:

    Fundado por Arthur Moura, René Loui e Rozeane Oliveira o Coletivo CIDA é um núcleo artístico de dança contemporânea e performance, fundado no ano de 2016 por jovens artistas emergentes das mais diversas regiões do Brasil e radicados na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, com objetivo da profissionalização e subsistência através da dança.


    SERVIÇO:
    Exibição de Corpos Turvos

    Domingo (12) às 20h no Youtube do Coletivo Cida
    Classificação indicativa: 18 anos

  • Sobre , ,

    Cia A Máscara de Teatro estreia espetáculo audiovisual “Desassossegos” nesta quinta-feira (28)

    A Companhia A Máscara de Teatro terá estreia nacional do espetáculo “Desassossego” , nesta quinta-feira (28). A partir das 20h, no canal da Máscara de Teatro no YouTube. O espetáculo audiovisual aborda o universo da reflexão do que lhe incomoda, tira do sério, perde o norte e as estribeiras. Toda inquietude vivenciada pelas pessoas na pandemia compõe o enredo de “Desassossego”.

    Uma proposta inédita para o currículo da companhia, iniciada a partir da pesquisa de construção do saber piagetiano “baseado no equilíbrio e desequilíbrio e na evolução do sujeito de um conhecimento menor para o maior, e desemboca no livro dos Desassossegos de Fernando Pessoa, um título fragmentário, sempre em estudo por parte dos críticos pessoanos, havendo interpretações diferentes sobre o modo de organizar o livro. Quer desassossego maior?”, destaca a professora e atriz Luciana Duarte.

    A montagem do espetáculo buscou no incômodo silêncio das portas fechadas, nas pessoas trancadas em casa, e no temor da contaminação pelo vírus, a efervescência necessária para ser materializada em uma peça de audiovisual, “nos suspiros animadores que encontramos com a queda dos índices de contaminação e com o avanço da vacinação do elenco e equipe de montagem, avançamos nas gravações” explicou o ator Jeyzon Leonardo.

    O ator também aponta que grande parte do trabalho acontecia de maneira remota via plataformas de videoconferência entre o elenco e o diretor Marcelo Flecha, que embora estivesse em São Luís –MA, coordenava os trabalhos com a mesma maestria de sua presença física.

    Para Marcelo Flecha, “Desassossegos” é “uma obra que apresenta as possibilidades, competências e qualidades que o coletivo tem para entregar arte nas condições impostas pela pandemia”.

    Segundo o diretor, o trabalho não está encerrado, o que será apresentado é o que o diretor chama de abertura de processo, e o espetáculo presencial é um projeto urgente para uma obra que tem a valentia “em evitar o atrito entre teatro e audiovisual, e se entregou às necessidades demandadas pela peça, sem buscar a roçadura incômoda do enquadramento, se teatro remoto, se audiovisual, se teatro gravado, se processo. Cada um de nós deve sentir a certeza da qualidade entregue, e a profunda satisfação de ter realizado um trabalho honesto, digno, e muito, muito potente”, afirma Marcelo Flecha.

    A estreia nacional de Desassossego acontecerá nesta quinta-feira (28), às 20h, no canal da Máscara de Teatro no YouTube. Após a exibição, o diretor e elenco aguardam o público para um bate-papo on-line e aberto a todos os espectadores interessados em discutir o trabalho em uma videoconferência pela plataforma Google Meet, o link será disponibilizado na descrição do vídeo.

    O projeto está sendo executado com recursos do Prêmio Fomento de Incentivo à Cultura Maurício de Oliveira 2019, da Prefeitura de Mossoró, via Secretaria Municipal de Cultura e no edital de Fomento à Cultura Potiguar 2019.

    FICHA TÉCNICA
    Direção:
     Marcelo Flecha
    Produção Executiva: Luciana Duarte
    Dramaturgia: Marcelo Flecha, Luciana Duarte e Jeyzon Leonardo
    Elenco: Luciana Duarte, Jeyzon Leonardo, Marcelo Flecha e Andreilson de Castro
    Captação de Imagens: Andreilson de Castro (Marcelo Flecha – Leitura da justificativa)
    Edição de Vídeo e Áudio: Andreilson de Castro
    Designer Gráfico: Jeyzon Leonardo
    Realização: Cia A Máscara de Teatro

  • Sobre ,

    Conexão Elefante Cultural retoma espetáculos presenciais a partir desta quarta-feira

    Depois de um ano de atividades remotas e adaptações, a Edição 2021 do projeto Conexão Elefante Cultural volta a ocupar as ruas e cidades do interior do Rio Grande do Norte. Começa nesta quarta-feira, 22, a primeira etapa de circulação da Trupe da Luz, que irá levar arte, educação e cidadania a 7 municípios do estado.Monte Alegre, Poço Branco, Passagem, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Serra Caiada e Brejinho são as primeiras cidades a receber as atividades presenciais do projeto, que chega a sua 6ª edição.

    Durante a turnê, serão realizadas oficinas gratuitas de teatro, reciclagem e audiovisual, uma intervenção visual urbana, além de intercâmbio com grupos artísticos locais. Para fechar a programação, haverá ainda uma apresentação pública da Trupe da Luz, com a participação dos artistas de cada cidade.

    “Foi muito importante a articulação e interesse dos municípios, para que pudéssemos voltar para a estrada. Com apoio local, conseguimos divulgar as oficinas para crianças e adultos e vamos poder realizá-las com todas as orientações sanitárias que o momento ainda pede. O mesmo deve acontecer com as apresentações da Trupe em praça pública”, explica Diana Fontes, idealizadora do projeto.

    A segunda etapa de circulação do Conexão deve acontecer em outubro, passando por mais 7 cidades. O projeto é patrocinado pela COSERN, Instituto Neoenergia, através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado, com realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

    TRUPE DA LUZ

    Este ano a Trupe da Luz é formada por 5 artistas independentes ligados ao audiovisual, dança, circo, teatro, contação de histórias e customização plástica, sob a coordenação de Diana Fontes e Joana Patino. Participam do grupo André Rosa, Cissa Cortez, Giovanna Araújo, Joriana Pontes e Rodrigo Bico.

    SERVIÇO
    CONEXÃO ELEFANTE CULTURAL 2021
    22 A 29 DE SETEMBRO
    APRESENTAÇÃO TRUPE DA LUZ

    22/09 | Quarta-feira
    Monte Alegre
    19h – Praça Pedro Alves

    23/09 | Quinta-feira
    Poço Branco
    19h – Praça do Sagrado Coração de Jesus

    24/09 | Sexta-feira
    Passagem
    19h – Praça Senador Dinarte Mariz

    25/09 | Sábado
    Monte das Gameleiras
    19h – Praça Luiz Teixeira Pinheiro

    26/09 | Domingo
    Serra de São Bento
    19h – Praça do Turista

    27/09 | Segunda
    Serra Caiada
    19h – Praça de Eventos ao lado do Hospital

    28/09 | Terça
    Brejinho
    19h – Ginásio Poliesportivo Avelino Matias Xavier