Últimas histórias

  • Sobre , ,

    Filarmônica UFRN recebe violonista Fábio Zanon neste sábado (09)

    A Filarmônica UFRN sobe mais uma vez no palco e novamente recebe público presencial. O Concerto Brasileiro acontece neste sábado, 9, em duas sessões, às 18h e às 20h, no auditório da Escola de Música da UFRN. A entrada é gratuita. A grande atração da noite é o violonista brasileiro, reconhecido internacionalmente, Fábio Zanon, que ao longo de sua trajetória, apresentou-se em mais de 40 países e está pela primeira vez em Natal. 

    Quem é?

    Um dos maiores violonistas brasileiros de todos os tempos e um dos mais influentes da atualidade. Fábio Zanon representa para os violonistas clássicos brasileiros do início do século XXI o que Américo Jacomino representou para sua geração, no início do século XX. 

    Em 1996, aos 30 anos de idade, consagrou-se vencedor dos dois principais concursos, o 30º Concurso Tarrega, na Espanha, e o 14º GFA (Guitar Foundation of AmericaGuitar Competition, nos Estados Unidos. Em menos de um ano, Zanon gravaria seus três primeiros CDs: Sonatas Latino Americanas para Violão (EGTA), Guitar Recital (Naxos) e Villa-Lobos Complete Works for Guitar (Music Masters).

    Com os prêmios e os CDs, seu nome foi ficando cada vez mais conhecido tanto fora quanto dentro do Brasil, onde lhe foi concedido o Prêmio Moinho Santista, em 1997. Esse e outros motivos familiares o fizeram retornar definitivamente ao país logo em seguida, no início dos anos 2000, após um período de dez anos radicado na Inglaterra.

    Fábio Zanon já tocou em dezenas de países, em quatro continentes diferentes, apresentando-se em salas importantes como Royal Festival Hall e Wigmore Hall (Londres, Inglaterra), Carneggie Hall (Nova York) e Concertgebow (Amsterdam). Como camerista, destaca-se seu duo de longa data (mais de duas décadas) com o flautista Marcelo Barbosa, com o qual já gravou CDs e se apresentou em vários países. Após ser professor do principal festival de música do Brasil, o Festival de Inverno de Campos do Jordão, Zanon foi indicado como diretor artístico desse evento em 2013. Nesse mesmo ano, lançou pela Revista Concerto um CD com obras dos compositores espanhóis Albeniz, Granados e Malats.

    Concerto Brasileiro

    Data: sábado, 09/10

    Local: Auditório da Escola de Música da UFRN

    Horário: às 18h e às 20h

    Entrada gratuita

    Retirada de ingresso: https://eventos.lais.ufrn.br/e/concertobrasileiro

    O ingresso é pessoal e intransferível. A pessoa deve estar com – pelo menos – a primeira dose da vacina.

  • Sobre ,

    Filarmônica da UFRN retoma espetáculos presenciais com o concerto “Beethoven com Humor”

    Juntar a 5ª Sinfonia de Beethoven com um solista comediante é no mínimo inusitado. É com essa combinação inédita, leve e divertida, que a Filarmônica da UFRN volta, depois de quase dois anos, a ter público presencial em sua apresentação.

    O concerto Beethoven com Humor acontece no próximo dia 2 de outubro, às 20h, no anfiteatro do Papódromo, na UFRN. Para esse encontro, o solista convidado que vai desconstruir tudo o que o público entende de música erudita é Ticiano D`Amore. O comediante, que é também professor de guitarra da UFRN, promete fazer um concerto com bastante humor e muitas surpresas.

    O ingresso pode ser adquirido gratuitamente, no portal de eventos do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde), até a próxima quinta-feira, dia 30 de setembro. Além de seguir os protocolos de biossegurança no local, podem fazer parte do evento apenas pessoas que tenham tomado pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. 

    O professor da UFRN e maestro André Muniz garante que “o público vai ser surpreendido do começo ao fim do concerto. Além disso, todo o humor é a tradução da felicidade de voltarmos a ter plateia em nossos concertos”. 

    Sobre Ticiano D`Amore

    Ticiano D’Amore é guitarrista e professor da Escola de Música da UFRN. Atua nos grupos Diogo Guanabara e Macaxeira Jazz e Banda Café. É endossado pela empresa de encordoamentos Solez. É formado em Música Licenciatura pela UFRN, bacharel em Administração pela UNP, é mestre em Administração pela UFRN e é doutor em Administração pela UFRN. E ainda faz piada com tudo isso.

  • Sobre

    Orquestra Sinfônica do RN se apresenta neste domingo no Papódromo

    O mês de setembro inspira recomeços para os potiguares apreciadores da música de concerto. Após mais de um ano com apresentações virtuais, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, através do projeto Movimento Sinfônico, retorna aos palcos no dia 26 de setembro, às 17h, sob a regência do maestro Linus Lerner, no anfiteatro do Espaço Cultural João Paulo II- Papódromo, com realização da Fundação José AugustoFJA. Este será o primeiro evento após a reforma do local, que possui palco, camarim, salas de ensaio, camarote, arquibancadas, banheiros e estacionamento.

    A retomada acontece no estilo Soft Opening, ou seja, de maneira controlada e restrita, para garantir a devida segurança requerida pela situação atual. O evento segue as normas de biossegurança, e tem entrada gratuita mediante cadastro pelo Sympla, a partir das 9h do dia 23 (quinta-feira). Os ingressos são limitados (300 unidades).  

    “Após o mais crítico período da pandemia, a nossa querida Orquestra reencontra presencialmente o grande público através de um concerto especial, que entrega o histórico Papódromo para a sociedade potiguar, mais um espaço resgatado pelo Governo do Estado para abrigar as produções artístico-culturais do RN”, declara o diretor geral da FJA, Crispiniano Neto.

    “A vida pulsa ao vivo. Retomar o encontro com o público é reintegrar a missão mais importante da OSRN: levar a música de concerto ao vivo e, presencialmente, para a população do RN”, expressa Tatiane Fernandes, diretora de produção da Orquestra. E, sem dúvida, um momento de expectativas também para o maestro: “Foi um ano e meio de grandes projetos online, pioneirismo de nossa parte no Brasil e, até mesmo, no mundo. Estou muito contente de poder estar de volta e em um novo espaço cultural, com novo palco”, comemora Linus.

    No repertório, grandes obras orquestrais. “Escolhemos músicas que mostrem o poder da orquestra tocando de forma presencial novamente, algo que não fazíamos desde o início da pandemia, devido a impossibilidade de nos reunirmos. E também que nos trazem alguma mensagem, a exemplo da música de abertura “La Forza del Destino”, de Giuseppe Verdi. Se alinharmos ao momento atual, remete a reflexão do destino que nos leva às coisas que não controlamos, como a pandemia. E, além disso, pela comemoração dos 180 anos de nascimento de Antonín Dvorák, com a “Sinfonia do Novo Mundo”, representando, aqui, um ‘novo mundo’ que esperamos pós-pandemia”, revela Linus Lerner e acrescenta “podem aguardar música brasileira também”.

    Além dessas, estão na programação George Bizet, com a ópera Carmem Suite 1 & 2 (1875); Jules Massenet, em Meditação de Thais (1894), a ser executada pelo solista da OSRN, André Kolodiuk; Batuque (1891), de Alberto Nepomuceno, considerado o pai do nacionalismo na música erudita brasileira e um dos primeiros a empregar elementos do nosso folclore em suas composições; West Side Story Selections (1957), de Leonard Bernstein, inspirada na obra de Romeu e Julieta; Dança Eslava (1878), de Antonín Dvorák e, uma das maiores músicas brasileiras, a bossa nova Garota de Ipanema (1962), composta por Antônio Carlos Jobim e letrada por Vinícius de Moraes.

    A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte tem o Governo do Estado do RN como seu principal mantenedor. A temporada 2021 é realizada através do projeto Movimento Sinfônico por meio do patrocínio via incentivo fiscal da Neoenergia Cosern e Instituto Neoenergia, mediante Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do RN, da Unimed Natal, Hospital do Coração e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão; Apoio G7 Comunicação. O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN / Fundação José Augusto e da MAPA Realizações Culturais.

    Serviço:

    Movimento Sinfônico 2021 – Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte

    RETOMADA

    Quando: 26 de setembro (domingo)

    Onde: Papódromo (no dia do evento, o acesso ao local será pelo portão principal do Centro Administrativo, na BR-101)

    Horário: 17h

    Ingressos: O público pode reservar ingresso gratuito através do Sympla, a partir das 9h de quinta-feira (23). Será permitido um por CPF.

    No dia do concerto, a entrada só será permitida mediante apresentação do voucher e comprovante de vacinação. É obrigatório o uso de máscara no local e aconselhável levar o seu próprio álcool em gel.