Últimas histórias

  • Sobre ,

    Projeto Caravana REC abre inscrições para jovens da cidade de Apodi

    O projeto Caravana REC – uma iniciativa itinerante que busca promover a formação técnica, o estímulo profissional e empreendedor, a produção e difusão audiovisual no estado do Rio Grande do Norte – está realizando a sua 2ª temporada. O público-alvo são jovens de 15 a 25 anos, das cidades contempladas:  Natal e São Gonçalo do Amarante já receberam as oficinas, que ainda passarão por Apodi, Assú, Parelhas e Caicó. As inscrições para Apodi, próxima cidade a receber o projeto, estão abertas no site www.caravanarec.art até o dia 04 de maio.   A oficina acontecerá de 09 a 13 de maio, das 14h às 17h, na Casa de Cultura Popular.


    Em cada cidade por onde passa, o projeto desenvolve uma oficina de audiovisual, com foco na produção de curtas documentários, além de uma atividade de apreciação e formação de plateia para o cinema local, através da Mostra Itinerante Caravana REC. Nessa 2ª temporada a mostra será formatada com os filmes produzidos pelos participantes atendidos na 1ª edição do projeto, realizada em 2020 nas cidades de Mossoró, Currais Novos, Goianinha e Natal, resultando em quatro documentários feitos pelos jovens participantes, com total orientação e supervisão dos facilitadores Carito Cavalcanti e Fernando Suassuna.

    Com o enfoque na experiência prática e na troca de saberes, o diferencial do Caravana REC consiste em introduzir as técnicas básicas do audiovisual para os jovens beneficiários com pouco ou nenhum acesso a esse conhecimento. A partir disso, o projeto estimula os participantes a pensarem na sua identidade cultural, na sua história e nas suas raízes, investigando símbolos, conceitos e ideias que possam ser traduzidos para a linguagem do cinema. Dessa forma, os próprios participantes tiram suas conclusões acerca da melhor estratégia para representar a essência do lugar onde vivem.

    O conteúdo programado busca introduzir as técnicas básicas do audiovisual para os jovens beneficiários com pouco ou nenhum acesso a esse conhecimento. A partir disso, estimulamos os participantes a pensarem na sua identidade cultural, na história, nas suas raízes, investigando símbolos, conceitos e ideias que possam ser traduzidos para a linguagem do cinema. Dessa forma, os próprios participantes tiram suas conclusões acerca da melhor estratégia para representar a essência do lugar onde vivem produzindo, ao final, um documentário de até 15 minutos com total suporte dos facilitadores da oficina, Carito Cavalcanti e Fernando Suassuna.

    O projeto Caravana REC tem realização da Pinote Produções, com patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Neoenergia Cosern e Instituto Neoenergia, via Lei Câmara Cascudo.

    Foto: Brunno Martins

    SERVIÇO

    OFICINA DE DOCUMENTÁRIO PARA INICIANTES – Apodi

    Local: Casa de Cultura Popular
    De 09 a 13 de maio (segunda a sexta)
    Das 14h às 17h
    Público-alvo: Jovens de 15 a 25 anos que tenham interesse em conhecer e experimentar o segmento do audiovisual/cinema. Não precisa ter conhecimento prévio.

    Inscrições até 04 de maio: www.caravanarec.art
    Acesso gratuito

    Siga: @caravanarec

  • Sobre ,

    Palhaço Piruá e Kurta na Kombi levam arte a várias cidades do RN

    A alegria do circo vai se unir ao fascínio do cinema, por meio do Circuito Sesc RN de Arte, que irá percorrer várias cidades do Rio Grande do Norte até o dia 9 de abril. A programação é totalmente gratuita e contará com ações do projeto Kurta na Kombi e do artista Rodrigo Bruggemann, o palhaço Piruá, promovendo o fomento artístico potiguar e levando atração de qualidade para o público.

    Esta edição do Circuito Sesc de Arte consiste na disseminação das linguagens culturais das artes cênicas (circo) e audiovisual, com apoio do Sistema Fecomércio no estado. As ações, depois de passarem por Mossoró e Caicó, acontecerão em Nova Cruz (1º/04), São Paulo do Potengi (2/4), Macaíba (8/4) e Natal ( 05/04: Zona Norte e 09/04 em Potilândia.

    O Kurta na Kombi é um projeto itinerante que busca diversificar e democratizar o acesso ao cinema, difundindo a produção audiovisual potiguar, principalmente em cidades do interior. Já a proposta do espetáculo Piruá de Circo é apresentar, por meio da palhaçaria uma mensagem de valorização das coisas simples e humanas, familiar e com poder de emocionar.

    Serviço:

    O que? Circuito Sesc RN de Arte

    Quando? até o dia 9 de abril de 2022.

    Programação:  Kurta na Kombi e Espetáculo Piruá de Circo.

    Datas:

    1º/04 – Nova Cruz.

    • 8h30: Oficina de Palhaçaria – Unidade Sesc Nova Cruz (Inscrições: cultura@rn.sesc.com.br) – Classificação: 12 anos.
    • 18h30 – Praça da Estação Cultural – Kurta na Kombi e Espetáculo Piruá de Circo

    02/04 – São Paulo do Potengi

    • 8h30: Oficina de Palhaçaria – Unidade Sesc São Paulo do Potengi (Inscrições: cultura@rn.sesc.com.br) – Classificação: 12 anos.
    • 18h30 – Praça Monsenhor Expedito – Kurta na Kombi e Espetáculo Piruá de Circo.

    05/04 – Sesc Zona Norte (Natal/RN) – 18h30.

    08/04 – Sesc Macaíba – 18h30.

    09/04 – Sesc Potilândia (Natal/RN) – 18h30.

  • Sobre , ,

    V Mostra Sesc de Cinema tem inscrições abertas até 14 de abril

    Já consolidada como uma das principais iniciativas de incentivo ao cinema independente no Brasil, a Mostra Sesc de Cinema (MSDC) chega a sua quinta edição este ano. Realizadores e realizadoras de todas as regiões do país poderão inscrever suas obras até 14 de abril, com longas, médias e curtas metragens de temas variados. Para participar, as obras devem ter sido finalizadas a partir de 1º de janeiro de 2020 e a lista com as produções selecionadas será divulgada até o dia 31 de agosto.

    “Mesmo com o impacto que o mundo do audiovisual sofreu nos últimos dois anos em função da pandemia, podemos constatar a força da produção brasileira. No ano passado, as inscrições para a Mostra Sesc de Cinema bateram recorde e foram contabilizadas mais de 1.900 obras. Outro fator que chamou a atenção foi o protagonismo das mulheres, que pela primeira vez, estiveram, à frente da maioria das obras selecionadas. Nós, do Sesc, ficamos muito felizes e realizados em seguir com a missão de promover e incentivar a arte nacional por meio de um projeto tão relevante”, celebra o gerente de Cultura do Departamento Nacional do Sesc, Marcos Rego.

    Assim como em 2021, a edição deste ano ocorrerá em ambiente virtual – da seleção à exibição. Podem ser inscritos filmes de 23 estados e do Distrito Federal. As obras serão avaliadas por comissões estaduais formadas por profissionais do Sesc e especialistas convidados. Além das seleções estaduais e regional, para a etapa nacional serão escolhidos 24 filmes e haverá uma curadoria especial para eleger outras dez produções infanto-juvenis.

    Além do prêmio, a Mostra amplia a visibilidade das obras, uma vez que aquelas selecionadas serão exibidas em circuito regional ou nacional, que contará ainda com ações formativas como cursos, oficinas e workshops sobre os diversos ligados ao cinema.

    Sobre a Mostra Sesc de Cinema

    Lançado em 2017, o concurso busca incentivar e dar visibilidade à produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição. A MSDC contribui para a promoção e o lançamento de novos artistas de todo o país, além de priorizar a seleção de realizadores brasileiros que abordem temas ligados a realidade e a pluralidade cultural do país.

    Serviço:

    O que? V Mostra Sesc de Cinema

    Inscrições? 14/03 a 14/04

    Onde? www.sesc.com.br/mostradecinema

    Premiação: R$ 2.500 (curtas), R$ 3.500 (médias) e R$ 5.000 (longas)

    Resultado: até o dia 31 de agosto.

  • Sobre , ,

    Filmes produzidos pelo curso de Audiovisual da UFRN serão exibidos na 25ª Mostra de Tiradentes

    A produção cinematográfica do curso de Audiovisual (DECOM/CCHLA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte segue rendendo bons frutos ao professor Rodrigo Almeida Ferreira e seus alunos. Mais uma vez, quatro filmes dirigidos e produzidos por eles foram selecionados para uma importante mostra nacional. Os curtas-metragens O Nascimento de Helena (Rodrigo Almeida); Bege Euforiada estudante de Jornalismo Anália Alencar; Time de Dois, do mestrando do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPGEM) André Santos; e Cidade Sempre Nova, do concluinte em Audiovisual Jefferson Cabral, foram selecionados para a 25ª Mostra de Cinema de Tiradentes (MG), que ocorre entre os dias 21 e 29 de janeiro, de forma on-line e gratuita, na página do evento.

    Os curtas realizados pelo professor Rodrigo Almeida e por Anália Alencar serão exibidos na Mostra Foco, que é a mostra competitiva oficial de curtas; o de André, por sua vez, poderá ser conferido na Mostra Praça, depois de passar por inúmeros festivais nacionais; e o de Jefferson Cabral, na Mostra Formação. O curta realizado por este último, inclusive, foi o projeto experimental apresentado em seu trabalho de conclusão de curso, orientado por Rodrigo.

    Para o professor Rodrigo Almeida, o fato de produções do curso serem indicadas a um dos maiores eventos do cinema nacional representa o fortalecimento da produção audiovisual dentro do estado, bem como o impacto que a UFRN vem gerando em transformações e ampliações de sua realização no cenário local, estando ligando a sua expansão e reconhecimento a nível nacional.

    “A seleção desses filmes vem para legitimar mais ainda a importância e a força da produção audiovisual no estado. Eu cresci em Recife e vi esse processo ocorrer lá de maneira muito forte. Quando ele foi crescendo, se fortalecendo e gerando uma identidade cultural. Eu vejo que aqui está acontecendo isso agora. E isso é muito bom para pensarmos uma série de questões. Reafirmar o valor da cultura do Rio Grande do Norte, fortificar um orgulho de estar aqui, de produzir aqui. Há uma ideia também de se ver representado, de existir dentro do cinema nacional”, conclui Rodrigo.

    A mostra, que abre o calendário de festivais no Brasil, ocorreria de forma presencial. Mas em decorrência do avanço na nova variante do coronavírus no Brasil, a ômicron, o formato foi cancelado e a mostra se dará de maneira on-line, com a exibição dos curtas no site da mostra de Tiradentes. Segue a programação de exibição dos filmes, seguidos de um bate-papo com os idealizadores, produzidos pelos alunos da UFRN:

    Programação

    Time de Dois. Direção: André Santos

    Segunda-feira, 24/01, às 21h00m. Mostra Praça

    Cidade Sempre Nova. Direção: Jefferson Cabral

    Quarta-feira, 26/01, às 17h30m. Mostra Formação

    Bege Euforia. Direção: Anália Alencar

    Quarta-feira, 26/01, às 22h30m. Mostra Competitiva Foco

    O Nascimento de Helena. Direção: Rodrigo Almeida

    Quarta-feira, 26/01, às 22h30m. Mostra Competitiva Foco

  • Sobre , ,

    Cinesolar chega neste sábado (22) na Cidade da Esperança

    A magia do cinema movida à energia solar é a proposta do projeto Cinesolar. Após exibições no interior do estado no mês de dezembro, o projeto retorna ao Rio Grande do Norte no mês de janeiro realizando atividades em Natal, no dia 22, na Cidade da Esperança, com exibição de curtas-metragens brasileiros e do longa Cine Holliúdy.

    Lançado em 2013, o projeto Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido à energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura. Além das sessões de cinema, o projeto contempla a Oficinema Solar – uma oficina de vídeo para crianças e jovens sobre sustentabilidade. Como resultado dessa atividade, um filme é produzido com os participantes e exibido durante a sessão de cinema para comunidade local.

    Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, as exibições seguirão todos os protocolos de segurança. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos, haverá controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras; além disso, o uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

    O Cinesolar – circuito Natal é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocinio do Banco Votorantim e realizado pela Brazucah Produções e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

    PROGRAMAÇÃO:

    Natal – Data: 22/01 – Sábado

    14h30 às 17h – Oficinema solar

    18h Sessão Curtas e 19h Filme Cine Holliúdy
    Local: Praça da Igreja Nossa Sra. da Esperança – Praça Matriz
    Endereço: Rua Adolfo Gordo, s/n – Cidade da Esperança – Natal

    Local em caso de chuva: Rua da Campina Grande com Rua das Cajazeiras

  • Sobre ,

    Festival Urbanocine inicia hoje etapa presencial em diversas comunidades

    Festival Urbanocine é um projeto que utiliza o cinema como ferramenta social e de educação audiovisual, atuando através de exibições, projeção em espaços públicos e ações formativas por meio das quais se debate, desde 2013, questões sociais, geográficas e identitárias relacionadas às cidades. A terceira edição do Festival vem acontecendo em vários formatos, com programação na TV, online, além da uma etapa presencial, que acontece de 09 a 16 de dezembro.

    A etapa presencial acontecerá de forma itinerante e descentralizada, em comunidades e locais que dialogam com a proposta do Festival: Ocupação Rocas/Ribeira; Mãe Luíza; Ocupação Valdete Guerra (Leningrado); Aldeia Katu e Comunidade da África (Redinha). O objetivo principal desta etapa é de democratizar o acesso, levando arte e cultura a um público que muitas vezes não tem acesso às grandes salas de cinema.

    Além da programação da etapa presencial, as Mostras Potiguar, Brasil e de convidados seguem disponíveis no site https://urbanocine.com.br/urbanocine-play/ até o dia 15 de dezembro; e a programação da minissérie de TV/web produzida em parceria do Urbanocine com a TV Universitária e o Sebrae/RN, com 4 episódios, está disponível no link https://urbanocine.com.br/group/programacao-tv/ .

    O Festival Urbanocine tem Realização da Ilha Deserta, com patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e Fundação José Augusto, via Lei Câmara Cascudo, Cosern e Grupo Neoenergia; com apoio do Sebrae RN e apoio cultural da Inter TV.

    SERVIÇO

    Festival Urbanocine – Etapa Presencial

    Programação:

    09/12 – Ocupação Rocas/Ribeira – Emanoel Bezerra – 17h às 20h

    12/12 – Arena do Morro – Mãe Luíza +@aosolhosdofarol – 17h

    13/12 – Ocupação Valdete Guerra – Leningrado -14h às 18h

    14/12 – Aldeia do Katu – Canguaretama/RN

    16/12 – África – Redinha/RN – 16h

  • Sobre ,

    Cinema itinerante chega a Serra do Mel, Areia Branca e São Miguel do Gostoso

    A magia do cinema movida à energia solar é a proposta do Cinesolar, que chega a três municípios do RN – Serra do Mel, Areia Branca e São Miguel do Gostoso – entre os dias 07 e 14 de dezembro.  Em todos os dias, serão exibidos curtas-metragens brasileiros e o longa-metragem “O Rei Leão” (2019) – indicada ao Oscar 2020 na categoria de Efeitos Visuais, a produção dirigida por Jon Favreau é uma nova versão em live action da clássica história da Disney protagonizada pelo filhote Simba.

    Lançado em 2013, o projeto conta com o patrocínio da Voltalia desde 2019. O Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido à energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura. Além das sessões de cinema, as comunidades de Serra do Mel e São Miguel do Gostoso também receberão a Oficinema Solar – uma oficina de vídeo para crianças e jovens sobre sustentabilidade. Como resultado dessa atividade, um filme é produzido com os participantes e exibido durante a sessão de cinema para comunidade local.

    “As oficinas são atividades complementares, com uma linguagem muito simples que dialogam de forma lúdica com os jovens e as crianças da região os colocando ainda mais em contato com os temas de sustentabilidade e energia renovável, tão presentes na realidade dessas comunidades do Rio Grande do Norte”, destaca Cynthia Alario – coordenadora e idealizadora do Cinesolar.

    Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, as exibições seguirão todos os protocolos de segurança. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos, haverá controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras; além disso, o uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

    O Cinesolar – circuito Rio Grande do Norte é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocinio da Voltalia e realizado pela Brazucah Produções e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

    PROGRAMAÇÃO:  

    07/12 -Terça-feira

    Endereço: Vila Guanabara – Serra do Mel

    Local: Praça Cortez Pereira

    Em caso de chuva: Escola Municipal Vila Guanabara

    14h30 às 17h00 – Oficinema solar

    18h: Sessão de curtas-metragens

    19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

    08/12 – Quarta-feira

    Endereço: Vila Mato Grosso – Serra do Mel

    Local: Capela São Sebastião

    14h30 às 17h00 – Oficinema solar

    18h: Sessão de curtas-metragens

    19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

     09/12 – Quinta-feira

    Endereço: Vila Espírito Santo – Serra do Mel

    Local: Escola Municipal Vila Espírito Santo

    14h30 às 17h00 – Oficinema solar

    18h: Sessão de curtas-metragens

    19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

     10/12 – Sexta-feira

    Endereço: Vila Brasília -Serra do Mel

    Local: Casa Voltalia

    19h: Sessão de curtas-metragens

    11/12/21 – Sábado

    Endereço: Povoado Sítio São José – Areia Branca

    Local: Praça Povoado São José – Em frente a Escola Municipal

    18h: Sessão de curtas-metragens

    19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

    14/12/21 – Terça-feira

    Endereço:  São Miguel do Gostoso

    Local: Assentamento Antônio Conselheiro – Escola Municipal Professor Paulo Freire

    14h30 às 17h00 – Oficinema solar

    18h: Sessão de curtas-metragens

    19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

    Saiba mais sobre os filmes exibidos:

    O Rei Leão (Jon Favreau (2019) – EUA, 118 min, Ficção. Livre)

    Sinopse: A mais recente versão de Rei Leão, da Disney, dirigido por Jon Favreau, retrata uma jornada pela savana africana, onde nasce o futuro rei da Pedra do Reino, que precisa vencer a traição e a adversidade para assumir o lugar que é seu por direito.

    Açaí – Direção: André Cantuária – Brasil, 18min, Ficção. Livre

    Sinopse: O curta “Açaí” conta a saga de Dionlenon, um homem de 30 anos que está acostumado com a vida que leva ao lado da mãe, com quem mora numa periferia de Macapá. Ele sai em busca de dois litros de açaí para almoçar, mas não conta com uma viagem tão distante assim.

    Vento Viajante – Direção: Alunos da rede pública municipal de ensino fundamental de Icapuí/CE – Brasil 6min, Animação/Infantil. Livre

    Sinopse: Um dia o vento decidiu viajar para o nordeste. Pelo caminho ele fez muitas descobertas, amigos e deixou saudades.

    Plantae – Direção: Guilherme Gehr – Brasil, 10´25, Animação. Livre

    Sinopse: Ao cortar uma grande árvore no interior da floresta, um madeireiro contempla uma inesperada reação da natureza. Uma reflexão sobre as consequências irreversíveis do desmatamento e da subjugação lamentável dos humanos aos demais seres da Terra

    O Gigante – Direção:  Júlio Vanzeler & Luis da Matta Almeida – Portugal, 10 min, Animação. Livre

    Sinopse: “De todas as histórias que meu pai me contou, a que nunca esqueci foi a do rei que sempre carregou uma princesa dentro de seu coração …”

    Procura-se – Direção: Iberê Carvalho – Brasil, 10min – Ficção

    Sinopse: O filme conta a aventura de três crianças que rompem a fronteira social motivadas pelo sentimento sincero por um cachorrinho de estimação. Nossos heróis são: Camile, Didi e Gugu. Camile é uma menina de 10 anos, muito corajosa e rica, que ao perder Bolinha, foge de casa em busca do cãozinho, iniciando uma aventura cheia de descobertas, perigos e novas amizades; Didi tem a mesma idade de Camile, é pobre e vende chicletes para ajudar em casa. Ela descobre que existe uma boa recompensa pela devolução do cachorro que seu pai encontrara e dera de presente para seu irmão Gugu. Ela decide devolver o animal, mas Gugu não aceita a ideia de perder seu novo amigo, agora batizado de Panela.

    Sobre o Cinesolar:

    Lançado em 2013, o Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito a projetos culturais. 

    Ao todo, o Cinesolar já realizou cerca de mil sessões com exibição de mais de 150 filmes, entre curtas-metragens (de temática socioambiental) e longas, em 440 cidades do país, percorrendo mais de 200 mil km e chegando a 185 mil pessoas. Além disso, foram ministradas mais de 300 oficinemas, que proporcionam acesso às técnicas básicas e aos elementos que compõem a linguagem cinematográfica.

    O Cinesolar conta com o patrocínio institucional da Mercedes Benz, apoio das marcas Sices Solar, Biowash, baterias Heliar e Bio 2. O projeto realiza compensação de carbono em parceria com a Ecoar e promove ações em conjunto com a Unesco Representação Brasil e a Unipaz (Universidade da Paz).

  • Sobre

    “Cabeça de Nêgo” e “Rolê – Histórias dos Rolezinhos” dividem Troféu Cascudo na 8ª Mostra de Cinema de Gostoso

    A noite da terça-feira, 30 de novembro, em São Miguel do Gostoso – RN, foi marcada pela premiação dos filmes da 8ª Mostra de Cinema de Gostoso, que aconteceu na Praia do Maceió, de 26 a 30. Realizado pela Heco Produções e CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania; direção geral e curadoria de Eugênio Puppo e Matheus Sundfeld, o evento atraiu um grande público para o festival, proporcionando experiências e conhecimento.

    O palco principal da mostra foi a sala ao ar livre montada na Praia do Maceió, onde aconteceram a Mostra Competitiva e as Sessões Especiais, com o melhor do cinema atual, tendo, na abertura, a apresentação do longa “Marighella”, de Wagner Moura. 

    Este ano, a Mostra recebeu número recorde de filmes, totalizando 650 inscrições entre curtas e longas-metragens de todas as regiões do país. Os filmes da Mostra Competitiva, concorreram ao Troféu Cascudo, em homenagem ao folclorista potiguar Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Já o Troféu Imprensa foi escolhido por jornalistas e críticos de cinema presentes.

    Os prêmios do Troféu Cascudo, na categoria de melhor longa-metragem teve empate técnico entre “Cabeça de Nêgo”, de Emerson Déo Cardoso, e “Rolê – Histórias dos Rolezinhos”, de Vladimir Seixas (prêmio recebido pelo produtor executivo, Luis Carlos de Alencar). O melhor curta-metragem ficou para “Tereza Joséfa de Jesus”, de Samuel Costa (prêmio recebido pela roteirista do filme, Juliana Jesus). Já o Troféu Imprensa, escolhido por jornalistas e críticos de cinema, ficou para o longa-metragem “A Felicidade das Coisas”, de Thais Fujinaga. E o melhor curta-metragem foi “Sideral”, de Carlos Segundo.

    Nos dias de evento, na programação, também teve debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos, e um seminário sobre a recente produção audiovisual brasileira. A Mostra tem lugar notável no calendário cultural do Nordeste e é uma importante referência de difusão audiovisual, atraindo público de diversas regiões do Brasil, além de mobilizar moradores da cidade, que participam ativamente e estreitam contatos com a produção cultural de outras localidades.

    A 8ª Mostra de Cinema de Gostoso é uma realização da Heco Produções e do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC). Tem patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto e Lei Câmara Cascudo; Sprite e Interjato Soluções. Com patrocínio institucional da BAT Brasil. Apoio institucional da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso. Apoio da Secretaria de Estado do Turismo – SETUR, EMPROTUR; Potiporã; Laces; Itograss; Pousada dos Ponteiros; Restaurante Balica; Serveng; Marcenaria SMG; SEBRAE-RN e uZeh.

  • Sobre

    Mostra de Cinema de Gostoso tem início nesta sexta-feira (26)

    São Miguel do Gostoso recebe a 8ª Mostra de Cinema de Gostoso, de 26 a 30 de novembro, proporcionando de volta a experiência de um cinema a céu aberto e na praia, além de atividades diversas e vivências da mostra. O evento, uma realização da Heco Produções e do CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania com direção geral e curadoria de Eugênio Puppo e Matheus Sundfeld, é gratuito e conta com ampla participação da comunidade local.

    Na programação, Mostra Competitiva, Sessões Especiais, Mostra Coletivo Nós do Audiovisual, Debates e Seminários. O palco principal da mostra é a sala ao ar livre montada na Praia do Maceió, onde acontecem a Mostra Competitiva e as Sessões Especiais, com o melhor do cinema atual. Cadeiras espreguiçadeiras acomodam o público para apreciar uma projeção 2K e som 5.1 em uma tela de 12m x 5m proporcionando uma experiência imersiva como a de uma sala de cinema de alta tecnologia.

    Este ano, a Mostra recebeu número recorde de filmes, totalizando 650 inscrições entre curtas e longas-metragens de todas as regiões do país. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem ao Troféu Cascudo, em homenagem ao folclorista potiguar Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Já o Troféu da Crítica é escolhido por jornalistas e críticos de cinema presentes. Também na programação, debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos, e um seminário sobre a recente produção audiovisual brasileira.

    Site Oficial: http://mostradecinemadegostoso.com.br
    Facebook: https://www.facebook.com/pages/Mostra-de-cinema-de-Gostoso/157396617695645
    Site Heco Produções: www.heco.com.br
    Instagram: @mostradecinemadegostoso

    CONFIRA PROGRAMAÇÃO

    26 NOV – SEX | PRAIA DO MACEIÓ
    21h
    Cerimônia de Abertura

    Mostra Coletivo Nós do Audiovisual

    Papa Jerimum
    Documentário, 15min, RN, 2021, Livre
    Direção / Clara Leal, Harcan Costa

    Sessão Especial
    Marighella
    Ficção, 155min, SP, 2019, 16 anos
    Direção / Wagner Moura

    27 NOV – SÁB| POUSADA DOS PONTEIROS
    11h
    Debate com os realizadores

    Praia do Maceió
    21h

    Mostra Competitiva

    Sideral
    Ficção, 15min, RN, 2021, 10 anos
    Direção / Carlos Segundo

    Portugal Pequeno
    Ficção, 19min, RJ, 2020, 14 anos
    Direção / Victor Quintanilha

    Cabeça de Nêgo
    Ficção, 86min, CE, 2020, 14 anos
    Direção / Déo Cardoso

    28 NOV – DOM | POUSADA DOS PONTEIROS
    11h
    Debate com os realizadores

    16h
    Seminário

    Do desenvolvimento à distribuição – O caso de Cabeça de Nêgo
    Mediação: Rafael Sampaio
    Convidado: Déo Cardoso

    Praia do Maceió
    21h
    Mostra Competitiva

    Vale do Vento Eterno
    Ficção, 21min, RN, 2021, Livre
    Direção / Pedro Medeiros

    Tereza Josefa de Jesus
    Ficção, 8min, SP, 2021, Livre
    Direção / Samuel Costa

    Rolê – História dos Rolêzinhos
    Documentário, 83min, RJ, 2021, 14 anos
    Direção / Vladimir Seixas

    29 NOV – SEG | POUSADA DOS PONTEIROS

    11h
    Debate com os realizadores

    16h
    Seminário

    Diretoras em diálogo – Laís Bodanzky e Thais Fujinaga
    Mediação: Rafael Sampaio
    Convidadas: Laís Bodanzky e Thais Fujinaga

    Praia do Maceió
    21h
    Mostra Competitiva

    Céu de Agosto
    Ficção, 17min, SP, 2021, 10 anos
    Direção / Jasmin Tenucci

    Fole
    Ficção, 20min, RN, 2021, 14 anos
    Direção / Lourival Andrade

    A Felicidade das Coisas
    Ficção, 87min, SP/MG, 2021, 14 anos
    Direção / Thais Fujinaga

    30 NOV – TERÇA | POUSADA DOS PONTEIROS

    11h
    Debate com os realizadores

    Praia do Maceió
    21h
    Cerimônia de Encerramento e Premiação

    Mostra Coletivo Nós do Audiovisual

    Mestre Marciano
    Documentário, 10min, RN, 2020, Livre
    Direção / Igor Ribeiro, Rubens dos Anjos

    Sessão Especial

    A Viagem de Pedro
    Ficção, 96min, SP, 2021, 14 anos
    Direção / Laís Bodanzky

  • Sobre ,

    Mostra Sesc de Cinema exibirá treze filmes potiguares

    Nesta segunda-feira, 22, tem início a exibição dos treze títulos do Rio Grande do Norte selecionados no panorama estadual da quarta edição da Mostra Sesc de Cinema, com sessões programadas em Natal, Caicó e Mossoró. Como um dos diferenciais deste ano, o Sesc levou os filmes para dentro de escolas da rede pública, com objetivo de divulgar o cinema como arte e incentivar a criatividade dos jovens.

    A Mostra Sesc de Cinema chega em sua quarta edição cada vez mais inserida e consolidada no circuito de festivais de cinema do Brasil. Sua principal característica é incentivar a produção nacional independente que não chega ao circuito comercial de exibição, priorizando a seleção de realizadores brasileiros que abordem temas ligados a pluralidade cultural do país ou que se desdobrem em olhares exteriores que dialoguem com as realidades brasileiras.

    Serão exibidos, entre 22 e 26 de novembro, no estado os filmes: Nocaute; Cabeça de Luz; Cordel da Vila: a Rainha Louca Contra o Escandaloso; Fole; Quaerenti; Urubá; Time de Dois; A rede; Efeméride; e Impermanentes. Além dos selecionados no panorama estadual, o RN contou com um escolhido nacional, o título “A Tradicional Família Brasileira Katu”, de Rodrigo César Cortez de Sena.

    A programação completa da IV Mostra Sesc de Cinema você contra no site do Sesc RN (sescrn.com.br).

    Mostra Sesc Nacional de Cinema

    Até 30 de novembro, o canal no Youtube do Sesc Brasil irá exibir as 31 obras selecionadas para IV Mostra Sesc de Cinema. Pela primeira vez em formato 100% digital, a representação feminina é o grande destaque da edição, que bateu recorde de inscrições este ano. São oito longas e 23 curtas.

    A Mostra Sesc de Cinema reúne produções de temas diversificados, que por vezes não conseguem encontrar espaço nos circuitos comerciais de cinema. Em sua quarta edição, o projeto se consolida como um dos principais canais de incentivo e fomento ao cinema independente do Brasil.

    Serviço:

    O que? IV Mostra Sesc de Cinema – Panorama Rio Grande do Norte

    Quando? 22 a 26 de novembro de 2021

    Onde? Natal, Caicó e Mossoró

    CONFIRA:

    Programação IV Mostra Sesc de Cinema

    Sinopse dos Filmes – IV Mostra Sesc de Cinema

  • Sobre ,

    Festival Alternativo de Cinema de Mossoró tem programação neste fim de semana na Praça dos Patins

    Um marco do audiovisual mossoroense, o Festival Alternativo de Cinema de Mossoró (Facim) promove a sétima arte e valoriza as produções audiovisuais de profissionais da terra, além de promover novos talentos. A maratona de exibições, debates, exposições e oficinas já iniciou ao longo deste mês. Nos dias 20 e 21 de novembro, o Facim terá uma programação gratuita com exibição de filmes, na Praça dos Patins Sadraque Tavares. O projeto foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc, da Prefeitura de Mossoró.

    Plínio Sá, idealizador do Facim, destacou a primeira edição do festival que faz um resgate da história do cinema em Mossoró. O Festival Alternativo de Cinema de Mossoró surgiu do anseio do ator, diretor e produtor em democratizar o acesso e a produção audiovisual.

    “É um festival todo trabalhado em cima do resgate histórico do cinema mossoroense, das casas de cinema locais, tanto que todas as categorias da nossa mostra são nomes de cinemas antigos aqui de Mossoró e vai acontecer na praça pública aberta ao público totalmente gratuito”, ressaltou Plínio Sá.

    A programação será aberta ao público a partir das 17h30 e segue até as 22h nos dias 20 e 21 com intervenção artística, exibição de filmes, roda de bate-papo sobre assuntos relacionados ao cinema com produtores e produtoras de audiovisual de Mossoró. Ainda serão realizadas rodas de conversa com profissionais de audiovisuais da cidade, abrindo as noites do Festival. Evelyn Freitas, Wigna Ribeiro, Lígia Kiss, Madson Ney, Esdras Marchezan estarão presentes nos bate-papos.

    O Facim tem seis categorias de seleção de filmes, sendo que todas foram nomeadas em homenagem aos cinemas antigos da cidade: Cine Cid (categoria competitiva para filmes de ficção); Cine Imperial (categoria competitiva para a produção de documentários); Cine Rivoli (competitiva para videoclipes); Cine Pax (não-competitiva livre); Cine Caiçara (competitiva livre); e o Cine Centenário (categoria destinada à produção mossoroense).

    Festival Alternativo de Cinema de Mossoró
    Dias 20 e 21 de novembro, a partir das 17h30
    Local: Praça dos Patins Sadraque Tavares

  • Sobre ,

    8ª Mostra de Cinema de Gostoso divulga programação e Marighella é destaque na primeira noite

    De 26 a 30 de novembro, São Miguel do Gostoso-RN recebe a 8ª Mostra de Cinema de Gostoso, proporcionando de volta a experiência de um cinema a céu aberto e na praia, além de atividades diversas e vivências da mostra. O evento é gratuito e conta com ampla participação da comunidade local.  Uma realização da Heco Produções e do CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania; direção geral e curadoria de Eugênio Puppo e Matheus Sundfeld. 

    Na programação, Mostra Coletivo Nós do Audiovisual, Sessão Especial, Mostra Competitiva, Debates e Seminários. O palco principal da mostra é a sala ao ar livre montada na Praia do Maceió, onde acontecem a Mostra Competitiva e as Sessões Especiais, com o melhor do cinema atual. Cadeiras espreguiçadeiras acomodam o público para apreciar uma projeção 2K e som 5.1 em uma tela de 12m x 5m proporcionando uma experiência imersiva como a de uma sala de cinema de alta tecnologia.

    Este ano, a Mostra recebeu número recorde de filmes, totalizando 650 inscrições entre curtas e longas-metragens de todas as regiões do país. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem ao Troféu Cascudo, em homenagem ao folclorista potiguar Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Já o Troféu da Crítica é escolhido por jornalistas e críticos de cinema presentes. Também na programação, debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos, e um seminário sobre a recente produção audiovisual brasileira.

    A 8ª Mostra de Cinema de Gostoso é uma realização da Heco Produções e do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC). Tem patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto e Lei Câmara Cascudo; Sprite e Interjato Soluções. Com patrocínio institucional da BAT Brasil. Apoio institucional da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso. Apoio da Secretaria de Estado do Turismo – SETUR, EMPROTUR; Potiporã; Laces; Itograss; Pousada dos Ponteiros; Restaurante Balica; Serveng; Marcenaria SMG; SEBRAE-RN e uZeh.

    Site Oficial: http://mostradecinemadegostoso.com.br

    Facebook: https://www.facebook.com/pages/Mostra-de-cinema-de-Gostoso/157396617695645

    Site Heco Produções: www.heco.com.br

    Instagram: @mostradecinemadegostoso

    CONFIRA PROGRAMAÇÃO

    26 NOV – SEX | PRAIA DO MACEIÓ

    21h

    Cerimônia de Abertura

    Mostra Coletivo Nós do Audiovisual

    Papa Jerimum

    Documentário, 15min, RN, 2021, Livre

    Direção/ Clara Leal, Harcan Costa

    Sessão Especial

    Marighella

    Ficção, 155min, SP, 2019, 16 anos

    Direção / Wagner Moura

    27 NOV – SÁB| POUSADA DOS PONTEIROS

    11h

    Debate com os realizadores

    Praia do Maceió

    21h

    Mostra Competitiva

    Sideral

    Ficção, 15min, RN, 2021, 10 anos

    Direção / Carlos Segundo

    Portugal Pequeno

    Ficção, 19min, RJ, 2020, 14 anos

    Direção / Victor Quintanilha

    Cabeça de Nêgo

    Ficção, 86min, CE, 2020, 14 anos

    Direção / Déo Cardoso

    28 NOV – DOM | POUSADA DOS PONTEIROS

    11h

    Debate com os realizadores

    16h

    Seminário

    Do desenvolvimento à distribuição – O caso de Cabeça de Nêgo

    Mediação: Rafael Sampaio

    Convidado: Déo Cardoso

    Praia do Maceió

    21h

    Mostra Competitiva

    Vale do Vento Eterno

    Ficção, 21min, RN, 2021, Livre

    Direção / Pedro Medeiros

    Tereza Josefa de Jesus

    Ficção, 8min, SP, 2021, Livre

    Direção / Samuel Costa

    Rolê – História dos Rolêzinhos

    Documentário, 83min, RJ, 2021, 14 anos

    Direção / Vladimir Seixas

    29 NOV – SEG | POUSADA DOS PONTEIROS

    11h

    Debate com os realizadores

    16h

    Seminário

    Diretoras em diálogo – Laís Bodanzky e Thais Fujinaga

    Mediação: Rafael Sampaio

    Convidadas: Laís Bodanzky e Thais Fujinaga

    Praia do Maceió

    21h

    Mostra Competitiva

    Céu de Agosto

    Ficção, 17min, SP, 2021, 10 anos

    Direção / Jasmin Tenucci

    Fole

    Ficção, 20min, RN, 2021, 16 anos

    Direção / Lourival Andrade

    A Felicidade das Coisas

    Ficção, 87min, SP/MG, 2021, 14 anos

    Direção / Thais Fujinaga

    30 NOV – TERÇA | POUSADA DOS PONTEIROS

    11h

    Debate com os realizadores

    Praia do Maceió

    21h

    Cerimônia de Encerramento e Premiação

    Mostra Coletivo Nós do Audiovisual

    Mestre Marciano

    Documentário, 10min, RN, 2020, Livre

    Direção / Igor Ribeiro, Rubens dos Anjos

    Sessão Especial

    A Viagem de Pedro

    Ficção, 96min, SP, 2021, 14 anos

    Direção /Laís Bodanzky

Carregar...
Congratulations. You've reached the end of the internet.