Últimas histórias

  • Sobre ,

    Projeto Tocando a Vida com D’Amore recebe a pianista Sylvia Thereza neste sábado (20) de manhã

    O projeto Tocando a Vida com D’Amore, da Atitude Cooperação, realiza neste sábado, dia 20 de novembro, às 10h30, mais uma edição do “Falando de Música, uma ação que convida músicos, instrumentistas, entre outros, que vivem no âmbito musical, para uma troca de experiências e informações junto aos alunos da Instituição. O Tocando a Vida tem patrocínio da Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão e Unimed Natal.

    Desta vez, o projeto tem a honra de receber a pianista brasileira, Sylvia Thereza, uma das mais destacadas pianistas da sua geração. Sylvia possui uma grande carreira internacional com apresentações por diversos países da Europa, Américas, Oriente Médio e Ásia. Mestres como Maria da Penha, Myrian Dauelsberg, Bella Davidovich, Allan Weiss e Maria João Pires (de quem foi professora assistente na Chapelle Musicale Reine Elisabeth na Bélgica, entre os anos de 2012 e 2016), a proporcionaram a cultura pianística que permitiu despontar no cenário internacional.

    O evento seguirá todas as medidas de segurança para adequação às restrições sanitárias vigentes devido a pandemia da COVID-19. Portanto, a presença do público será limitada.

    Sobre a Pianista Sylvia Thereza

    Natural do Rio de Janeiro/RJ, a jovem pianista Sylvia Thereza já possui em seu currículo uma vasta experiência como solista e camerista. Tendo estudado com renomados nomes do cenário mundial, logrou atingir desde cedo um notável grau de maturidade pianística. Camerista entusiasta, se apresenta regularmente com Maria João Pires, com o violoncelista Alexandre Debrus e com um Trio integrado por Ning Kam, violino e Judith Ermert, violoncelo.

    Foi premiada na “Edição Martha Argerich” do Concurso Internacional de Piano de Vigo, na Espanha em 2019 que teve Martha Argerich, Nelson Freire, Tamas Vasary e Sergio Tiempo no júri e em 2004 foi vencedora do Concurso Nelson Freire, realizado no Rio de Janeiro.

    Como parte do seu compromisso social e filosofia musical, Sylvia desenvolveu um projeto pioneiro que introduziu a música clássica para mais de 12 mil crianças que vivem em condições sociais menos favorecidas, trabalho esse que contou com o apoio da atriz Malu Mader e do Ministério da Cultura.  É co- fundadora e diretora artística da Uaná – Association for the Arts, na Bélgica, organização que está trazendo cultura para crianças pobres e deficientes. Reuniu para isso grandes nomes do mundo musical que, com sua valiosa contribuição, participam como educadores, levando a cultura para estes segmentos sociais através da educação musical, concertos, exposições e gravações.

  • Sobre ,

    Inscrições em programa de capacitação para jovens em situação de vulnerabilidade social seguem até domingo (07)

    As inscrições para o último ciclo de cursos do Coletivo Online, seguem até domingo, dia 07 de novembro. Um programa de empregabilidade 100% digital, do Instituto Coca-Cola Brasil, que conecta jovens ao mercado de trabalho através de uma grande rede de parceiros empregadores. Em Natal, uma das colaboradoras do Instituto Coca-Cola é a Atitude Cooperação, instituição mantida pela Unimed Natal, atuante na zona oeste da cidade, a qual oferece toda a estrutura necessária para o desenvolvimento dos cursos. O público-alvo do programa Coletivo, seja ele presencial ou online, são os jovens de comunidades carentes.

    As vagas são limitadas. Para realizar a inscrição, basta acessar bit.ly/felipecamarao20214 e preencher os dados solicitados. Além da faixa etária, o outro requisito para participar dos cursos é ter concluído o ensino médio ou estar cursando o mesmo. Dúvidas ou mais informações sobre o Coletivo, entrar em contato com o educador, Matheus Monteiro através do número (84) 99819-2220 – WhatsApp.

    Como funciona

    O conteúdo do Coletivo Online conta com 11 videoaulas curtas e objetivas, focadas em temas do mundo do trabalho, elaboração de um plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e como se preparar para entrevistas e processos seletivos. Os participantes terão até 5 semanas para assistir as videoaulas e fazer as atividades práticas. Ao final do curso, recebem um certificado de conclusão e se cadastram nas comunidades de vagas do programa, podendo se candidatar aos processos seletivos de uma rede de parceiros empregadores.

    Sobre o Coletivo Online

    A iniciativa faz parte da Plataforma Coletivo Jovem, que tem como foco a empregabilidade de jovens de 16 a 25 anos, em situação de vulnerabilidade social. Desde o início de sua implementação, em 2009, a Plataforma, nos formatos presencial e online, já impactou mais de 280 mil jovens em comunidades brasileiras espalhadas por todos os 26 estados do país e o Distrito Federal, chegando a 1.200 municípios. Do total de beneficiados, mais de 77 mil tiveram acesso ao mercado de trabalho. Apenas em 2021, 25 mil jovens se formaram nas aulas do programa online, sendo 69% negros e 69% mulheres. De acordo com a pesquisa da Plan Avaliação, 95% dos jovens certificados na versão online avaliam o curso como muito bom e 85% consideram que a iniciativa contribui para seu desenvolvimento.