Últimas histórias

  • Sobre ,

    Assembleia Legislativa aprova Selo para produtos da agricultura familiar no RN

    Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou na sessão plenária desta quarta-feira (29) o projeto de lei que institui o Selo dos produtos da Agricultura Familiar do Estado (SAF/RN). A proposta do deputado Souza Neto (PSB), aprovada por unanimidade, prevê uma certificação para os produtos oriundos deste setor, com o objetivo de fomentar a sua comercialização e consumo pelos potiguares.

    O Selo dos Produtos da Agricultura Familiar do RN tem como objetivo possibilitar aos agricultores e familiares a agregação de valor à produção agropecuária, às atividades de pesca, aquicultura e extrativista vegetal, com vistas ao desenvolvimento rural sustentável, à promoção da segurança alimentar e nutricional da população e ao incremento à geração de trabalho, emprego e renda. O SAF/RN será coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (SEDRAF).

    O projeto foi constituído em parceria com o Idiarn, Emater e outros órgãos que atuam no setor, após consulta a vários técnicos especialistas na área. “Com essa certificação poderemos avançar mais na comercialização desses produtos”, acredita Souza. 

  • Sobre ,

    Sessão solene homenageia 53 anos da UERN

    A emoção marcou o pronunciamento da deputada Isolda Dantas (PT) ao abrir o ato solene realizado na tarde desta segunda-feira (27), por sua proposição, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, para comemorar os 53 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) que transcorre amanhã.

    “É muita emoção. Passa um filme na minha cabeça lembrando essa luta em favor da UERN desde os tempos de estudante. Sei no fundo da minha alma o que significa para mim e para os estudantes de hoje. Minha vida foi transformada por esta universidade. Uma história que se consolidou ao longo desse tempo promovendo o desenvolvimento de todo o Rio Grande do Norte. Em todos os 167 municípios do Estado têm estudante desta Universidade”, disse a deputada Isolda.

    A parlamentar disse ainda que a UERN abre caminhos para a Liberdade e para a Educação e que os estudantes não precisam apenas entrar na Universidade, mas fazer parte dela, porque a UERN se preocupa com isso. “Sou filha da UERN e hoje uma professora do Rio Grande do Norte formada por esta Universidade. Quem é contra ela é contra Mossoró e o Rio Grande do Norte”, enfatizou a deputada.

    Falaram ainda na solenidade, o presidente da Câmara, vereador Lawrence Amorim e o vice-prefeito de Mossoró João Fernandes de Melo, que também destacaram o papel da Universidade no cenário educacional do Rio Grande do Norte.

    Ainda na solenidade foram entregues placas comemorativas a professores, dirigentes e estudantes da UERN. Em nome dos homenageados falou a Reitora eleita e nomeada para o quadriênio 2021-2025, professora Cicília Raquel Maia Leite que destacou que a Universidade é uma máquina realizadora de sonhos. “Vamos continuar fazendo a diferença em um trabalho coletivo” afirmou.

    A história

    Criada em 1968 como uma Universidade Municipal, a UERN é hoje uma referência no ensino universitário do Estado, oferecendo 32 cursos de graduação onde estão matriculados cerca de 12 mil alunos, de vários estados, notadamente do Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba distribuídos no Campus Central, em Mossoró e nos campi avançados em Assu, Pau dos Ferros, Patu, Natal, Caicó e Apodi, que foi criado mais recentemente. 

    A Universidade conta ainda com 11 núcleos de Educação Superior que se localizam em Areia Branca, Apodi, Caraúbas, Umarizal, São Miguel, Alexandria, João Câmara, Touros, Macau, Nova Cruz e Santa Cruz.  A cada ano, a Instituição admite cerca de 2,5 mil alunos, distribuídos pelas 90 opções de entrada.

    A UERN tem hoje 32 cursos de graduação, nos quais estão matriculados quase 12 mil alunos e oferece diversos cursos de pós-graduação, frequentados por mais de mil estudantes, 12 cursos de mestrado (Física, Ciência da Computação, Letras, Ciências Naturais, Educação, Ciências Sociais e Humanas, Saúde e Sociedade, Ensino, Serviço Social e Direitos Sociais, Bioquímica e Biologia Molecular, Profissional em Letras, Planejamento e Dinâmicas Territoriais do Semi-árido), dois cursos de Doutorado (Bioquímica e Biologia Molecular, Letras) além da oferta de dois cursos de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade, Ginecologia e Obstetrícia e uma Residência Multiprofissional.  

    Na área de pesquisa, a instituição conta com 64 grupos cadastrados, envolvendo 430 professores-pesquisadores. A UERN é mantida pela Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – FUERN.

  • Sobre ,

    Cristiane Dantas alerta para situação das terceirizadas nos hospitais estaduais

    A deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) externou preocupação, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte desta quarta-feira (22), com a situação dos funcionários vinculados às empresas terceirizadas JMT e SAFE que, segundo ela, estão em greve há uma semana reivindicando direitos que estão sendo desrespeitados.

    As empresas prestam serviço de alimentação aos hospitais do Estado, além de serviços de limpeza e maqueiros. A parlamentar conta que os funcionários da JMT estão com os salários atrasados desde agosto, sem auxílio transporte e, por essas razões, atualmente as equipes encontram-se reduzidas, com 30% dos funcionários trabalhando. Consequentemente, de acordo com ela, os acompanhantes e pacientes do Hospital Walfredo Gurgel estão sem alimentação e os funcionários do Hospital só estão tendo alimentação à noite.

    Cristiane Dantas aponta também que os funcionários terceirizados da SAFE estão com quatro férias atrasadas, além de vales transportes e salários. “Estão trabalhando nessas condições e sem datas para receber os seus proventos”, contou.

    “Nós viemos aqui para solicitar que a Secretaria estadual de Saúde tenha um olhar para esses funcionários, que precisam receber os salários e ter os direitos respeitados. Esta situação precisa ser urgentemente regularizada, é um a questão de humanidade com os servidores e uma questão de prioridade com a saúde”, opinou.

  • Sobre ,

    Francisco do PT ressalta comemoração pelos 100 anos de Paulo Freire

    O deputado Francisco do PT usou o tempo das lideranças parlamentares na sessão desta terça-feira (21), para destacar a data considerada importante para a Educação do povo brasileiro e do povo do Rio Grande do Norte. Ele se referiu ao centenário do educador Paulo Freire, comemorado no último domingo (19).
     
    O parlamentar lembrou a importância de Paulo Freire pela sua “pedagogia libertadora através da experiência das 40 horas de Angicos”, nos anos 60, quando ele alfabetizou 300 adultos do município de Angicos em apenas 40 horas. “Experiência realizada no Rio Grande do Norte no Governo de Aluízio Alves”, afirmou Francisco do PT, lembrando que o RN também está vivenciando o centenário do ex-governador.
     

    Deputado Francisco do PT enaltece centenário de Paulo Freire – Foto ALRN/João Gilberto

    Francisco do PT enalteceu o evento realizado no domingo em Angicos, quando o Governo do Estado inaugurou uma escultura em homenagem a Paulo Freire, assinada pelo artista Guaraci Gabriel, e instalada às margens da BR-304. “Um monumento para eternizar e lembrar sempre a importância de Paulo Freire para a educação do nosso País”, afirmou o deputado, comentando sobre o que a educação identifica como ‘pedagogia freiriana’.
     
    O deputado lembrou da prisão de Paulo Freire, pouco tempo depois do marco das 40 horas, quando se deu o golpe de 1964. “O ato realizado em Angicos diz muito de nossa gratidão ao Patrono da educação brasileira”. Francisco do PT enalteceu ainda em seu pronunciamento, o lançamento do Programa Nova Escola Potiguar, para contribuir com a erradicação do analfabetismo no Rio Grande do Norte, onde o Governo do Estado vai investir R$ 400 milhões na construção de institutos estaduais de educação.
     
    O parlamentar também comentou sobre o Projeto de Lei que transforma o ano de 2021, ano do centenário de nascimento do educador, no ‘Ano Paulo Freire da Educação Potiguar’, conforme lei aprovada pela Assembleia, e já sancionada pela governadora Fátima Bezerra. O deputado encerrou o pronunciamento comentando a participação na solenidade de aniversário de 112 anos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). “Vida longa aos que acreditam na Educação como instrumento de transformação social”, encerrou o deputado Francisco.