Turismo e desenvolvimento regional são destaque em publicação da UFRN

As pesquisas no âmbito do Turismo permitem estabelecer conexões com as mais diversas áreas do conhecimento científico, gerando visões diferentes e diálogos acerca dos fenômenos, objetos e sujeitos de estudos no campo. Pensando nisso, a revista científica Turismo, Sociedade & Território, publicação da Faculdade de Engenharia, Letras e Ciências Sociais do Seridó (Felcs), divulgou um dossiê temático sobre as conexões entre as pesquisas brasileiras dentro da área, associando-as ao desenvolvimento regional.

O trabalho, que tem como título Turismo e Desenvolvimento Regional: Diálogos entre pesquisas brasileiras, é publicado na quarta edição da revista, que recebe artigos em fluxo contínuo. O número é resultado da articulação dos professores Mabel Guardia e Marcelo Taveira, da Felcs, Rodrigo Silva, do Instituto Federal de Brasília, e Aylana Borges, da Universidade de Brasília. 

Os textos buscam identificar conexões teóricas e empíricas entre elementos locais e regionais que fazem parte da esfera de estudo, como o crescimento econômico, a criação de atrativos, a proteção do patrimônio e a promoção do capital social para ampliação da atividade. O dossiê apresenta quatro textos produzidos por docentes, pesquisadores e estudantes.

Eduardo Hass, editor da série de documentos, aponta o turismo como um espaço interdisciplinar, no qual se percebe a integração de assuntos nas disciplinas fundamentadas em outras áreas, como Economia, Administração e História. Ele adiciona que, a partir dessa percepção, existe uma mobilização para enxergar o turismo e a evolução de uma região enquanto influência para um desenvolvimento mais sustentável em diversas esferas, podendo ser econômicas, sociais e ambientais. “Mobilizar esse conjunto de saberes para pensar o desenvolvimento regional para além da importância científica é de importância social também para o curso de Turismo”, aponta.

Para Hass, esses textos articulam a temática do Turismo e do desenvolvimento regional do Rio Grande do Norte em consonância com outros estados brasileiros. As discussões trazem reflexões que vão de possibilidades econômicas, sociais e políticas de aglomerações de empreendimentos, passando por instituições que se relacionam com o Turismo e atividades regionais e locais, até a valorização e ressignificação de patrimônios.

Fotos: Cícero Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Senado aprova PL de Zenaide que põe fim à tese de ‘legítima defesa da honra’ em feminicídios

RN segue exemplo do Canadá para impulsionar produção em campos maduros